Novos começos de encontros

Lista de CopyPastas do r/futebol

2020.12.01 23:34 ahdesistocara Lista de CopyPastas do r/futebol

Usem com moderação. Aberto a sugestões.

Originais do futebol

Aqui é futebol brasileiro, abraço
aqui é futebol brasileiro, abraço 
Obs: Seguindo a tradição do sub, essa pasta deve ser sempre downvotada.

E o cruzeiro, hein?
E o cruzeiro, hein? 

Sobre o excesso de posts sobre o Flamengo no sub
Sobre o excesso de posts sobre o Flamengo no sub Galera, pelo amor de Deus, vamos ter consciência do que vocês fazem ai, Flamengo foi campeão de duas competições seguidas? Beleza, tranquilo, merece discussão mesmo, mas tem muito conteúdo aqui que pode muito bem ir pro /Flamengo e ninguém aqui sentiria falta. Então, a partir de hoje, vou ter que começar a deletar alguns posts que teriam lugar melhor no próprio sub do clube, me desculpem. 

Outros

Fala, Zezé. Bom dia, cara.
Fala Zezé, bom dia, cara. Deixa eu te falar uma coisa. Eu estou pensando aqui, sei que está difícil para vocês aí arrumarem recursos, sei que está correndo atrás, mas estou falando por mim, não falei com ninguém tá, do time. Vê se você não consegue pelo menos pagar esses outros 60% antes do jogo de quinta-feira, que aí não precisa nem ter bicho, entendeu, para ganhar jogo. É uma motivação a mais para a gente cara, acertar o salário aí. Aí você não precisa arrumar uma premiação pra ganhar o jogo, porque a obrigação nossa é ganhar esse jogo. Tá louco! Se a gente não ganhar do CSA, pelo amor de Deus. Pô, faz esse esforço para a gente aí, até quinta-feira, tentar acertar esses 60% que estão atrasados do salário. 

Infelizmente acabou a competitividade
Infelizmente acabou a competitividade, não existe mais nenhum adversário a altura do Flamengo no Brasil e na América do Sul. Talvez, a exemplo da Austrália, que se mudou da Oceania para o futebol asiático em busca de maiores desafios, talvez esteja na hora do Flamengo ir para Europa e jogar o campeonato inglês ou se filiar a FIFA como uma seleção para disputar a copa do QATAR em 2022 

O Flamengo é isso aí mesmo
Eu sei que grande parte da torcida do Flamengo começou a torcer em 2019, então vou explicar pra vocês, o Flamengo é isso aí mesmo, sempre foi uma piada em todas as competições, já foi eliminado de forma vexatória várias vezes e perdeu final pro Santo André. Esse time é uma piada. 

Ficou acordado até tarde secando o mengão?
Ficou acordado até tarde secando o Mengão? Fiquei piranha, o Flamengo tomou no cu, se fodeu tomar no cu (vai tomar no cu) 🎵Tomar no cuuuu🎵 

Real Madrid das Américas/Acabou a brincadeira
Acabou a brincadeira na minha opinião, hein. Palmeiras não quer brincar mais com ninguém, acabou a brincadeira. Ganha tudo de novo. Vai ganhar tudo que disputar, vai ser campeão brasileiro outra vez. Trazendo o Borja, vai ter o melhor elenco do futebol brasileiro e pra mim, o melhor time do futebol brasileiro. Minha opinião. 

Apaga agora pelo amor de deus
apaga agora pelo amor de deus tá todo mundo pedindo pra apagar tem criança chorando aqui já tá todo mundo engatilhado por favor essa informação eh muito pesada traz traumas horríveis pra muita gente que fica com gatilho que passa mal desmaia apaga isso pelo amor de deus apaga isso por favor tem gente que realmente passa mal vendo isso apaga ta todo mundo pedindo pra apagar isso eh gatilha pra muita gente por favor apaga eh serio meu deus apaga isso as pessoas vão morrer tem gente sendo internada ja apaga pelo amor de deus to te pedindo apaga 

Tem noite que é dia
Tem noite que é dia 

Continuo sendo o culpado?
Continuo sendo o culpado??? 🤔 

Eu confio no meu grupo
Eu confio no meu grupo 

E O CARA JANTANDO
 PUTA QUE PARIU, O TIME NESSA SITUAÇÃO E O CARA JANTANDO 

O novo treinador do Flamengo é o Sr. Waldemar
O novo treinador do Flamengo é o Sr. Waldemar 

Lá vem o Abelão
HAHAHAHA 🤣😂😂🤣😂🤣 LÁ VEM O ABELÃO 🇦🇹🍷🇦🇹🍷🇦🇹🍷🇦🇹🍷🇦🇹 CHEIO DE PAIXÃO 😘🥰😍😘🥰😍😘🥰😍 TICATA TICATA TICATA 🎵🎶🎵🎶 EU QUERO QUE O ABEL 🍷🍷🍷🍷 ME AQUEÇA NESSE INVERNO ❄️❄️❄️❄️❄️❄️❄️ E QUE O COUDET VÁ PRO INFERNO 👺👿👺🔥🔥 

Acabou. Essa foi a gota d'água.
Acabou. Essa foi a gota d'água. Eu não sou mais torcedor do Flamengo. Eu tenho torcido desde 2019 e vou a todos os jogos desde 2019. Eu não vou mais acompanhar esse time e não vou renovar meu sócio torcedor. Vou começar a torcer pro São Paulo , aonde eles sabem jogar futebol. 

BOM DIA O CARALHO, HOJE É DIA DE GUERRA
ACORDEI NÉ E TALS, AÍ FUI NA COZINHA TOMAR UM CAFÉ E MINHA SOBRINHA VEIO CORRENDO ME ABRAÇAR PRA ME DAR BOM DIA, DEI LOGO UM CHUTÃO, JOGUEI NA PORTA, BOM DIA O CARALHO, HOJE É DIA DE GUERRA PORRA, DIA DE LIBERTADORES, MANÉ BOM DIA, PILHADÃO E A CRIANÇA VEM ME DA BOM DIA PIOR QUE TA TODO MUNDO ME OLHANDO DE CARA FEIA, FALANDO QUE SOU MALUCO KKKKKKKKKKKKK MALUCO ELES VÃO VER QUANDO O (JOGADOR 1) DER AQUELE LANÇAMENTO MAGESTRAL E O (JOGADOR 2) COMPLETAR PRO GOL, MANÉ BOM DIA 

BOM DIA O CARALHO, AQUI É A TORCIDA JOVEM DO FLAMENGO
Mermão bom dia é o caralho parcero, isso aqui é o grupo da torcida jovem, entendeu? Tu quer dar bom dia tu cria um grupo de merda, e fica "bom dia", "boa tarde", "boa noite", ou então tu cria um grupo pra tua família, aí tu fica dando bom dia. Aqui é psicopata, ladrão, bandido, cheirador, vendedor de droga, polícia maluco, polícia assaltante, aqui tem a porra toda mermão, isso aqui é a Torcida Jovem do Flamengo! Bom dia é o caralho, rapá! Toma no cu... 

O Vasco é o novo pior time do mundo
O Vasco é o novo pior time do mundo, o árbitro apita o começo da partida e 1 segundo depois a gente leva gol. Os treinos devem ser piores que os treinos do Corinthians quando o Coelho comandou o time, não é possível que o Vasco fica de quatro pro Ceará PRO CEARÁ O CEARÁ É O REAL MADRID NOS OLHOS DO VASCO!!! Eu sei que era pra ter percebido isso há muuuuuuito tempo, mas é o fim do futebol carioca. Daqui à 5 anos, só vai restar o Flamengo. O Botafogo não existe mais, só é questão de tempo pro Fluminense sair do G6, eu nem preciso falar do Vasco, né? Desisto, o tetra rebaixamento vem aí. Esquece o jogo de quinta que nós vamos levar pirocada do Defesa e Justiça. Vou começar a torcer pro América Mineiro que é BEM melhor que torcer pro Vasco. O Ribamar fez gol enquanto eu estava digitando. Era melhor não ter perdido o pênalti, ou eu iria criar um livro inteiro falando mal deste time que acha que Série A é pelada de rua. Esquece, o Ceará fez outro gol. VAMOS, COELHÃO!!! 

IMPRESSIONANTE A CAPACIDADE QUE ESSE TIME TEM PRA SER HUMILHADO
IMPRESSIONANTE A CAPACIDADE QUE ESSE TIME TEM PARA SER HUMILHADO, E DESSA VEZ EU FALO SEGURAMENTE. DEIXEI ISSO NO COMENTÁRIO NA RÁDIO BANDEIRANTES, ISSO ESTÁ REGISTRADO NACIONALMENTE NA HISTÓRIA DO RÁDIO, O PALMEIRAS DEU O MAIOR VEXAME DE SUA HISTÓRIA, E NÃO VAI TER UM VEXAME PIOR DO QUE ESSE. SER REBAIXADO PRA SEGUNDA DIVISÃO DO PAULISTA NÃO VAI SER PIOR DO QUE SER HUMILHADO, EXECRADO, SER PISOTEADO, TER A HISTÓRIA CUSPIDA E ESCARRADA POR UM TIME DE VÁRZEA, O TAL DO ÁGUA SANTA É UM TIME DE V-Á-R-Z-E-A, LITERALMENTE DE V-A-R-Z-E-A, O ÁGUA SANTA NÃO EXISTIA NO CENÁRIO DO MUNDO ATÉ 2002, ERA UM TIME V-Á-R-Z-E-A-N-O, UM TIME QUE DISPUTADA DESAFIO AO GALO, COPA CYNAR, COPA KAISER, TROFÉU DO BAIRRO DO PCC, O PALMEIRAS PERDEU PRA UM TIME DE V-Á-R-Z-E-A, PERDEU NÃO, PERDER É DE 1X0, O PALMEIRAS FOI HUMILHADO, O PALMEIRAS TEVE A INSTITUIÇÃO SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS DENEGRIDA, O ESTATUTO DO PALMEIRAS, SEI LÁ, QUALQUER COISA QUE QUE A GENTE POSSA DIZER ASSIM, AQUELAS LEIS INTERNAS LÁ, TO TÃO PUTO QUE ATÉ ESQUECI O NOME, A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO DO PALMEIRAS FOI RASGADA, O PALMEIRAS TEM QUE NASCER DE NOVO COM OUTRO NOME, ACABOU, ACABOU, AI VEM O CUCA COM ESSA HISTÓRIA DELE, ESSE IDIOTA, ESSE FILHA DA PUTA DESSE BRUXO COM ESSA HISTÓRIA DE AINN SANTO, PORQUE JESUS, JESUS NÃO AJUDA SE VOCÊ NÃO TREINA, SE SEU TIME É UMA MERDA NEM JESUS DÁ JEITO, JESUS TEM QUE SE PREOCUPAR COM OS PROBLEMAS DO MUNDO, JESUS TEM QUE SE PREOCUPAR COM A PAZ MUNDIAL, NÃO SE PREOCUPAR COM ESSA MERDA CHAMADA PALMEIRAS, ISSO NÃO TEM QUE SER PREOCUPAÇÃO DE NOSSA SENHORA DO BRASIL, DA QUAL O CUCA TAVA NO PEITO, ELE ACHA QUE A NOSSA SENHORA DA JEITO NO PALMEIRAS, ESSE CARA TA DE BRINCADEIRA, AI ELE FEZ O TIME ENTRAR ABRAÇADO “NÃO, SE VOCÊS ENTRAREM ABRAÇADOS HOJE A GENTE VAI MOSTRAR QUE TEM UNIÃO QUE O TIME JOGA BOLA” AAAHHHH VAI PRA PUTA QUE PARIU CUCA, VAI TE CATAR VOCÊ E ESSE TIME HORROROSO, VAI TE CATAR VOCÊ E O ROBINHO, O AROUCA, ESSE FILHA DA PUTA DESSE THIAGO SANTOS, ESSE ROGER CARVALHO ESSA VERGONHA, O CARA TAVA NA SEGUNDA DIVISÃO DA SÉRIE B, O TIME É O A PIOR DEFESA DO ANO EM 2015 E CONTRATA UM ZAGUEIRO DA SÉRIE B, VAI TOMAR NO CU, O EDU DRACENA, AHH O EDU DRACENA É O MENOS CULPADO, É UM COITADO, ELE É GENTE BOA E TÁ VELHO, NÃO PODE PEGAR UM TIME QUE NÃO TEM VOLANTE, O RESTO TEM QUE FUDER, ESSE ERIK, 13 MILHÕES NUM FILHA DA PUTA, NUM IDIOTA, ESSE MAGRELO BURRO, ESSE JOGADOR FOMINHA É UM IDIOTA, O CARA NÃO SABE QUE TEM OUTRO JOGADOR DO LADO DELE E NÃO TOCA A BOLA PRA NINGUÉM, 13 MILHÕES EM UM JOGADOR DO GOIAS! 13 MILHÕES NUM JOGADOR DO GOIAS! NEM O REAL MADRID PAGARIA 13 MILHÕES NO CRISTIANO RONALDO SE ELE ESTIVESSE NO GOIÁS. O QUE QUE É ISSO? ESSE ALEXANDRE MATTOS, ESSE FILHO DA PUTA DESSE ENGOMADO, COM AQUELA BIXA DAQUELE PRESIDENTE QUE TEM UM PORCO ROSA NA MESA, ESSES DOIS TEM QUE SE COMER, ELES TEM QUE SER INTERNADOS NUMA SURUBA ETERNA, TEM QUE FICAR UM COMENDO O OUTRO A VIDA INTEIRA PRA ACABAR, SAIR DO FUTEBOL, PELO AMOR DE DEUS PAULO NOBRE, VOCÊ DEU 200 MILHÕES PRO PALMEIRAS NA MÃO DO ALEXANDRE MATTOS PRA ROUBAREM VOCÊ, VOCÊ É MUITO BURRO, PAULO NOBRE, VOCÊ É A ESCÓRIA DA PRESIDÊNCIA DO PALMEIRAS, VOCÊ E O BELUZZO, VOCÊS SÃO TUDO FARINHA DO MESMO SACO, VOCÊS NÃO MONTARAM PLANEJAMENTO NÃO, VOCÊS NÃO SABEM NADA DE FUTEBOL, O PALMEIRAS ACABOU, O PALMEIRAS TEM QUE NASCER DE NOVO COM OUTRO NOME, ESSA É A SOLUÇÃO. OBRIGADO A TODOS E É O ÚLTIMO: VAI TOMAR NO CU PALMEIRAS. 

EU NÃO JOGO MAIS
Mas vocês não né? Ganham 500 pau por mês, estão cada dia com um carro. A torcida ganha quanto? 800 reais por mês. Vocês estão de brincadeira, vocês tinham que ter vindo a pé. Comendo aquele lanche que eu comia. Aqueles pão Seven Boys, como é aquela marca, é Pullman né… Pão de forma. Aquele queijo que está lá há uma semana, grudado. Parecia até gorgonzola. E o presunto, aquele presuntão, não Sadia. VOCÊS TÃO DE SACANAGEM! VOCÊS NÃO CORREM - para não falar outra coisa, para não tomar processo por causa de vocês - VOCÊS VÃO PERDER O CAMPEONATO PARA O PALMEIRAS! AÍ SABE QUEM VAI AGUENTAR!? EU QUE VOU AGUENTAR! Aí no meu condomínio os caras: 'Aí, chupa, Neto'. EU NÃO JOGO MAIS! NÃO SOU EU QUE JOGO! SEUS ZÉ-RUELA DESGRAÇADOS! Eu que tenho que aguentar chegar na Band, e o porteiro: 'E aí, como é que foi?' Como é que foi a sua mãe. SOU EU O CULPADO!? EU QUE PERDI O JOGO!? Ô CARILLE, PARA COM ESSA CONVERSA MOLE DE QUE VAI DAR! NÃO VAI DAR! O Palmeiras vai ser campeão, infelizmente. 

Meu avô fumou a vida inteira
Meu avô fumou a vida inteira. Eu tinha uns 10 anos quando minha mãe lhe disse, "Se você pensa em ver seus netos se formarem, você tem que parar imediatamente". Uma lágrima escorreu dos olhos dele quando entendeu exatamente o que estava em jogo. Ele parou na hora. Três anos depois ele faleceu de câncer de pulmão. Foi muito triste e me deixou completamente sem chão. Minha mãe me disse "Nunca fume. Por favor, não faça sua família sofrer do jeito que seu avô nos fez". Eu obedeci. Aos 28, eu nunca sequer encostei num cigarro. Mas devo dizer, eu sinto um leve arrependimento por nunca ter feito isso, por que esse jogo me deu câncer mesmo assim. 

Questão de Respeito
Sim, eu sei que esse post não faz sentido, afinal, zoeira é parte do futebol, mas acho que dessa vez é meio desnecessário. Tava vendo um post sobre o nome do mascote do Flamengo ser José Roberto Wright e eu notei um comentário perguntando se o Atlético seria o Botafogo de Minas. Até aí tudo bem, deu pra notar a zoeira no comentário, só que havia um comentário lá de um cara (cujo nome não vou revelar) falando que o Botafogo ao menos forneceu bons jogadores a seleção, algo que é verdade, mas pra mim começou a desandar quando ele desviou do assunto e falou que o Atlético ganhou a Libertadores de forma cagada enfrentando 3 times pipoqueiros. Para quem foi atleticano na época de 2013 sabe como foi sofrido e já ouvi casos de torcedores rivais até torcendo pelo Galo, mas é claro, a mente clubista do nosso amigo faz pensar que Atlético foi horrível na Libertadores só porque pegou o Olimpia na final, mas claro vamos ignorar o fato de que o Olimpia já passou por 7 vezes na final. Outra coisa que ele falou é que ele falou é que jogadores como Marcos Rocha, Jô e Bernard eram ídolos do Galo, e isso eu rebato com a minha opinião que é, Marcos Rocha não era um bom lateral, no máximo melhor que o Guga, todos sabiam que Jô era baladeiro por isso eu ao menos olhava ele com um olho torto e Bernard não era ruim, porém não era mil maravilhas. Ao menos pra mim parece que poucos de 2013 viraram ídolos, sendo eles Vitor, Ronaldinho e Léo Silva (na minha opinião), e outros que participaram mas tiveram brilho mais tarde, como Dátolo se eu não me engano. Não me levem a mal, não estou achando ruim que a gente foi comparado com o Botafogo, até acho boa essa comparação quando o assunto é título, mas a minha surpresa é como nesse sub as pessoas podem só menosprezar um time que não é ruim só por ódio ou algo do tipo. E antes que me perguntem, eu não achei que o jogo de 81 foi roubado e sim equivocado. Outra coisa é que eu não consegui dizer se esse comentário foi zoeiro ou não. Espero que tenham lido esse texto todo e que entendam a minha opinião. 

Diguinho
Puta que pariu como esse Diguinho joga bola, merece seleção já a muito tempo, desde os tempos de Botafogo. Um volante que joga futebol com uma facilidade incrível. Marca muito, apóia bem o ataque, chuta, dificilmente erra um passe, ninguém passa dele e além de tudo marca na bola. Muitos contra-ataques ele salva o Fluminense, tem uma malandragem e conseguir ver onde está o jogador que pode receber o passe e cercar, se o cara tocar ele estica o pé e recupera a bola, se o cara tentar driblar ele rouba. 

Clássicos

Coragem, Felipão!
Coragem, Felipão! O meio-campo da Alemanha não marca muito. Escala o Willian. Deixa os 3 volantes para depois. Joga sem medo. Como Brasil... 

Encontrei o Ronaldinho no Sambola?!
Tava ele e mais um amigo. Fiquei revoltado quando vi ele, pois o cara só quer saber de festa e o futebol até agora nada, foi quando eu falei: Cadê o futebol Ronaldinho? Você só quer saber de festa, não ta jogando merda nenhuma, vtnc... Ele olhou assustado e logo disse: Quem é você pra me mandar tnc cumpadi? Olha o respeito. Eu falei: Cadê aquele Ronaldinho que o povo tava acostumado a ver? Infelizmente acho que o futebol tá acabando pra você Ronaldinho, você não faz nem mais diferença, virou apenas um jogador normal. Ele olhou pra mim e logo vi que lágrimas desciam do rosto dele. Ele veio de encontro a mim e disse: Você acha isso mesmo de mim garoto? Eu disse, também com os olhos marejados: Não Ronaldinho, eu sei que você é o cara, vai lá quarta e acaba com eles. Se cuida viu? Ele chorando, me deu um abraço e disse: Pode deixar, quarta é meu dia. Vou dar alegria para a nação... Deu a entender que quarta ele vi acabar com o jogo. Vamos esperar pra ver... 

DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA
Talvez, isso explique a razão do jogador Leonardo ter declarado a seguinte frase: "Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo, ficariam enojadas". Todos os brasileiros ficaram chocados e tristes por terem perdido a Copa do Mundo de futebol, na França. Não deveriam. O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of America e o Gazzeta dello Sport e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos. Fato comprovado: O Brasil VENDEU a Copa do Mundo para a Fifa. Os jogadores titulares brasileiros foram avisados, às 13:00 do dia 12 de julho (dia do jogo final), em uma reunião envolvendo o Sr. Ricardo Teixeira (na única vez que o presidente da CBF compareceu a uma preleção da seleção), o técnico Mário Zagallo, o Sr. Américo Faria, supervisor da seleção, e o Sr. Ronald Rhovald, representante da patrocinadora Nike. Os jogadores reservas permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel. A princípio muito contrariados, os jogadores se recusaram a trocar o pentacampeonato mundial por sediar a Copa do Mundo. A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios, US$70.000,00 para cada jogador, mais um bônus de US$ 400.000,00 para todos os jogadores e integrantes da comissão, num total de US$ 23.000.000,00 vinte e três milhões de dólares) através da empresa Nike. Além disso, os jogadores que aceitarem o contrato com a empresa Nike nos próximos quatro anos terão as mesmas bases de prêmios que os jogadores de elite da empresa, como o próprio Ronaldo, Raul da Espanha, Batistuta da Argentina e Roberto Carlos, também do Brasil. Mesmo assim, Ronaldo se recusou a jogar, o que obrigou o técnico Zagallo a escalar o jogador Edmundo, dizendo que Ronaldo estava com problemas no joelho esquerdo (em primeira notícia divulgada às 13h30 no centro de imprensa) e, logo depois, às 14h15, alterando o prognóstico para problemas estomacais). A sua situação só foi resolvida após o representante da Nike ameaçar retirar seu patrocínio vitalício ao jogador, avaliado em mais de US$90.000.000,00 (noventa milhões de dólares) ao longo da sua carreira. Assim, combinou-se que o Brasil seria derrotado durante a prorrogação, porém a apatia que se abateu sobre os jogadores titulares fez com que a França, que absolutamente não participou desta negociação, marcasse, em duas falhas simples do time brasileiro, os primeiros gols. O Sr. Joseph Blatter, novo presidente da Fifa, cidadão franco-suíço, aplaudiu a colaboração da equipe brasileira, uma vez que o campeonato mundial trouxe equilíbrio à França num momento das mais altas taxas de desemprego jamais registradas naquele país, que serão agravadas pela recente introdução do euro (moeda única europeia) e o mercado comum europeu (ECC). Garantiu, também, ao Sr. Ricardo Teixeira, através de seu tio, João Havelange, que o Brasil teria seu caminho facilitado para o pentacampeonato de 2002. Por gentileza passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas, para que todos possam conhecer a sujeira que ronda o futebol! Desde, já agradeço. Um abraço. 

PEDRINHO DO VASCO - Me encontrei com ele hoje
Fui na Barra resolver umas paradas da minha faculdade (Estudo na Veiga de Almeida), depois que vi tudo, fui dar uma passada na praia. Quando to atravessando a rua, uma bmw me atropela HEUIAHSIEU, meio que me dá uma porradinha e eu caio no chão. Ai eu levanto na fúria, quando desce do carro, advinha quem é???? - Caralho Pedrinho, é tu mesmo???????? PEDRINHO: shhh, fala baixo porra. E ai, maluco, se machucou? EU: Claro que não cara, to sangrando aqui na perna mas ta tranks, porra me dá um autógrafo. PEDRINHO: Olha a ideia do cara, ta com a perna sangrando e quer autógrafo... É vascaíno pelo menos? EU: Claro que sou porra. Peguei meu chaveiro do Vasco e mostrei pra ele. PEDRINHO: Porra, tu é gente boa, podia estar aqui me xingando por ter te atropelado, mas me pediu um autógrafo. Entra no carro aí que vamos fazer um curativo nessa porra. EU: SÉRIO MANÉ? Nisso entrei no carro né, lá dentro tinham 3 mulheres gatíssimas, no banco de trás. Nisso já soltei uma no ouvido do Pedroca: - Caralho, pedroca, quem são essas 3 gostosas aí? PEDRINHO: Minha mulher e minhas duas filhas, seu filho da puta. ... PEDRINHO: TO ZUANDO LEKE, É TUDO VAGABUNDA. PORRA TU ME DIVERTE MUITO, NA MORAL, TU É UM MLK SAGAZ. AE PATTY, ESTÉFANI, TIO MAIA, ESSE É MEU AMIGO... COMO É TEU NOME MESMO? EU: É André Lima po... PEDRINHO: ESSE É O ANDRÉ LIMA, GENTE BOA, E VAI TOMAR UMA GELADA HOJE COM A GENTE. Nisso já fomos direto pro Novo Leblon, um dos condomínios mais picas da Barra. Rapaz, pra resumir a história, cheguei no apartamento 507 do bloco 3, meu amigo, o ap era um luxo. Entramos o Pedrinho e as 3 gatas. PEDRINHO: Ae mané, comigo é papum, tu já sabe né? EU: To vendo, mal me conhece já me trouxe pra boa. PEDRINHO: Mermão, e o Felipe Maestro, meu parceiro de Vasco... Quer conhecer? EU: CARALHO MAESTRO TA AQUI???? ELE: Ta porra, quer ver?????? EU: CLARO PORRA, KEDE ELE??? Nisso ele me mostra a trolha dele HEUIAHSUIEHAUISEHUIAHSUIEHAUISEHA pqp, mó cacetão cabeçudo - AQUI O MAESTRO AQUI FILHO DA PUTA. Móóóó pirocão! Comecei a rir, HEAUIHSEUIAHUISHEAUIHSE EU: VAI TOMAR NO CU PEDRINHO, HEUIAHSEUIAHEUISA! Ele já veio chamando a mulherada. PEDRINHO: AE MANÉ, ESCOLHE UMA E SE SENTE A VONTADE. Nisso peguei a Estéfani, comecei a meter forte nela, no sofá do Pedrinho. Meti mt. E o Pedrinho só nas duas, comendo as mulheres. Quando eu olho pro lado mané, vi o Pedrinho comendo a mulher... EU: COÉ PEDRINHO, TU TA FAZENDO A MESMA CARA DO REBAIXAMENTO DO VASCO EM 2008, HEIUAHSUIEHAUISE O PEDRINHO COMIA A MULHER CHORANDO VIADO HEUIAHSEUIHAUISHEUIAHUISEHAUIS CARALHO, COMECEI A RIR, QUASE BROCHEI Soquei bem na mulher. Gozei. Pedrinho gozou também. EU: AE PEDROCA, TENHO QUE IR LÁ... PEDRINHO: JAÉ, vou te dar meu número, qualquer coisa to me liga, tu é parceiro. EU: ESSAS PIRANHAS SÃO ÓTIMAS. PEDRINHO: Pois é, to cheio de dor nas costas. EU: CARALHO PEDRINHO, JÁ SE CONTUNDIU DE NOVO??? ATÉ FUDENDO TU É DE VIDRO, CHINELINHO DE FODA, HEUIAHSUIEHAIUSEHUIAHSUIEHAUIS PEDRINHO: HEUIAHSEUIAH SAI MLK. Aí me passou o número dele. Caralho, mt mt mt gente boa! 
submitted by ahdesistocara to futebol [link] [comments]


2020.11.07 16:01 dorondoritus Passei quase uma década fechado para relacionamentos. Decidi mudar, conheci uma menina, me apaixonei, mas ela não.

Conheci ela em julho, pelo Tinder. Foi um lance de muita sorte, a gente se deu muito bem muito rápido.
Ficamos o primeiro mês só conversando até decidirmos começar a nos encontrar apesar da quarentena. Foi uma coisa maravilhosa. Passamos 2 meses muito intensos até o começo de outubro, quando tivemos que nos afastar por causa de um caso confirmado de COVID na casa dela.
Passei o mês muito ansioso pra vê-la novamente, e percebi que estava apaixonado, algo que não me acontecia há muito tempo.
Voltamos a nos ver, eu cheio de expectativa pelos próximos encontros, e na segunda vez que nos vimos, exatamente uma semana atrás, ela terminou. Disse que para ela o sentimento não tinha aparecido, e que a gente não conseguiria ter mais do que a gente tinha naquele ponto.
É difícil resistir à tentação de me fechar de novo. Difícil aceitar que buscar um relacionamento significa me sujeitar a mais situações como esta. Parece mais fácil voltar à minha vida de hermitão, que não era feliz mas também não tinha decepções.
Só queria desabafar. Conte aí também sua experiência, seus aprendizados, seus conselhos ou o que der na telha.
submitted by dorondoritus to relacionamentos [link] [comments]


2020.11.03 03:18 inmaskin Eu perco o interesse fácil

Uns dias atrás, eu e minha mãe estávamos conversando sobre a minha irmã e como ela é iludida facilmente por homens. Até hoje que eu saiba, todos os caras com quem ela se envolveu, acabou machucando ela de alguma forma, e esse era o assunto. Aí minha mãe falou que isso é coisa da vida e que as pessoas te iludem e a gente tem que se acostumar com isso. E foi nesse ponto que algo me tocou.
Quando ela falou isso, eu me dei conta que eu fui esse tipo de cara, que brinca com os sentimentos das pessoas, com duas garotas que eu conheci no Tinder com quem eu me envolvi recentemente. Há um tempo atrás, eu vi um post aqui de alguém desabafando falando de sua raiva por pessoas que iludem as outras, as vezes usando até seus problemas como desculpa pra isso, e eu lembro que quando li isso, parecia que era pra mim.
A primeira delas era tipo, uma pessoa incrível, foi a menina mais especial que eu conheci no Tinder (o que eu não imaginava encontrar lá). A gente saiu e foi bem daora, ela era bem tímida e eu que tive meio que controlar a situação kkk, mesmo não sendo bom nisso, e isso me encantava nela. A gente marcaria de sair de novo, porém ela morava um pouco longe de mim e a rotina dela era bem fechada, ela fazia uns cursos e não sobrava muito tempo, mas não era nada que não seria fácil de lidar. Por conta disso com o tempo eu simplesmente me afastei e não respondi ela no Wpp, sem dar motivo eu só sumi, e isso foi há um pouco mais de um ano. Eu sinto que eu perdi uma chance de poder ter alho com uma das melhores pessoas que eu conheci.
A segunda, era super bem humorada, uns três anos mais nova que eu, mas já era até madura pra idade dela. Eu conheci ela na época que eu ainda conversava com a primeira, e conhecer ela também foi um motivo pra eu deixar de falar com a primeira. A gente saiu e conhecer ela pessoalmente foi bem melhor que nas redes sociais. Depois desse encontro, a gente ainda conversou bastante e até tentamos nos encontrar de novo, mas nunca dava, nossa disponibilidade nunca era compatível, o que me desanimou bastante. E depois da pandemia nossa relação só foi decaindo, até chegar um ponto que esses dias eu não respondi a última mensagem dela, sumi e virei só mais uma visualização no status do Whatsapp.
Eu não me sinto nem um pouco bem com isso, muito pelo contrário, e eu sei que pra mim mesmo eu uso meus problemas comigo mesmo pra justificar meu sumiço, e eu sei e consigo ver claramente que eu sou o problema, que minha falta de interesse repentina e falta de empatia é que causa isso. Vendo como minha irmã está se sentindo ultimamente por conta de outro cara, fez eu me perguntar como essas duas garotas estão se sentindo ou como elas se sentiram por minha causa. Eu até tentei por algum tempo nem pensar nisso, mas eu só tava tentando esconder o fato de eu poder ter cagado na vida e no psicológico de alguém por conta das merdas que eu sinto, mas que ainda são problemas meus.
Pedir desculpas não adianta, como eu vi nesse posto que eu citei, e nada que eu fale ou que eu faça vai mudar o fato de eu ser um merda que sai da vida de pessoas achando que vai ficar tudo bem, sendo que não vai. Hoje eu percebo isso e em muitos dias eu me odeio só de pensar que talvez (eu espero que não) eu tenha feito pessoas que nem tem a ver com o que se passa comigo, sofrerem. Independente do que eu fale com elas ou comigo mesmo, nada vai mudar, pelo menos não mais.
Hoje eu sinto como se eu não merecesse alguém, e eu tenho medo de voltar a fazer o mesmo. Eu comecei a me envolver com outra garota, e eu gosto dela, mas por uns motivos, já tem uns dias que a gente não se fala, e eu começo a pensar que eu tô voltando a fazer o mesmo, então o pensamento de que eu deva ficar sozinho começa a me perturbar. Enfim, as vezes é difícil dormir comigo mesmo.
Eu não sou nenhuma vítima e nem quero ser egocêntrico demais, então qualquer crítica ou xingamento, vai ser normal pra mim, eu mesmo já faço isso sempre. Eu só precisava falar isso pq tá me sufocando cada dia mais.
submitted by inmaskin to desabafos [link] [comments]


2020.10.29 10:18 nofimnaime Palavras Somente.

Eu não aguento mais conversar comigo mesmo, e como não tenho mais pessoas para isso, essa é a melhor solução. Minha vida só desanda, e desde 2017 eu não consigo segurar as pontas, tive perdas que até hoje me doem, e escolhas nas quais eu me arrependo toda a noite antes de dormir. Consegui afastar esses pesos algumas vezes durante esse tempo, mas ele volta com mais carga, cargas atuais, e isso sempre vem a calhar na semana do meu aniversário. Mas esse peso não é a dor que quase me fez ser atropelado no meu aniversário ou a entrar em pânico na frente de um mercado. Uns meses atrás conheci uma pessoa, e eu naquele momento só queria sair com alguém, aproveitar uma nova amizade e ter aquele lance casual, era só isso, eu estava no meu canto escuro do quarto, já acostumado com esse peso no meu peito, e não queria mais dor de cabeça. E infelizmente eu conheci ela, eu não dava nada pra aquela desgraçada, as mensagens trocadas porém, me fez sentir algo por ela, aquele tipo de sensação "Ok, quero ser seu amigo", e desse jeito eu descobri que ela também não estava bem, tinha acabado de sair de um relacionamento complicado de 5 anos (3 anos de namoro, mas já sofria por 5 anos), e eu botei aquilo na minha cabeça, só queria ter uma pessoa pra conversar, conviver e aproveitar tudo que dava, e depois de uma longa espera de dois dias de conversa, resolvemos se encontrar, morávamos perto do outro, na qual no meio do caminho tinha um parque, perfeito meio termo para ambos, e quando eu vi ela, tudo que eu tinha montado sobre ela mudou. Aquele mesmo sentimento que você olha e admira aquela pessoa no trem, acha tudo incrível e pensa "e se...", o diferencial mesmo foi já conhecer ela, e a cada detalhe, conversa e risadas daquele dia, eu tive a infelicidade de nutrir um sentimento por ela... Não demorou muito para as coisas rolar entre a gente, tínhamos um entrosamento perfeito, e estávamos lá, indo pra minha casa no nosso primeiro encontro, e o que eu achei disso? Eu realmente tinha me apaixonado pelo brilho do olhar dela, o sorriso dela me trazia pás e a voz dela me acalmava, era tudo que eu queria até o momento, chegando lá ela me explicou que o ex relacionamento dela ainda pesava naquele momento, lógico que eu me desapontei um pouco, mas era apenas uma apaixonisse de momento, dava para reverter, e fiz o que tinha que fazer, falei que não iria servir de ponte para ninguém superar ninguém, acabou que ela dormiu na minha casa... Foi uma das melhores noites da minha vida? CLARO PORRA, E AINDA ELA FOI A PROTAGONISTA DE UMA DAS CENAS MAIS MEMORÁVEIS DA MINHA VIDA. No outro dia, conversamos ainda mais, e na dúvida que eu estava, esperei pelo movimento dela, pra mim tudo é um jogo, cada detalhe e ação conta, e o turno dela foi pedir um Uber pra minha casa, pra passar outra noite comigo, e ela estava incrivelmente linda... maquiada com uma delicadeza... vestido que abraçava a arte corporal dela... e a boca que porta o melhor dos sorrisos...
Foi nesse momento que eu cometi o maior erro de todos, depois de uma noite incrível (outra), eu falei que queria ela pro resto da minha vida, ela ainda estava afetada pela outra, mas o coração dela já sentia alguma coisa por mim, além do relacionamento passado dela, tinha a minha ex...
E então eu entro no meu primeiro inferno.
Sim, é isso mesmo que você está pensando, 4 dias de conversa e eu já estava pedindo ela em namoro, eu não conhecia ela direito, e muito menos ela me conhecia, só que aqueles momentos foram ótimos, e foram por bastante tempos, mesmo com autos e baixos, só que cada vez que ela deitava no meu peito, e a gente conversava fica mais nítido que os dois se amava, e saiu dela, o primeiro "te amo", na qual terei a dor de nunca esquecer, e foi assim que depois de 6 dias de conhecer ela, resolvemos entrar em um relacionamento, depois dela ter completado um mês de sair do dela, e eu de ter tentado incontáveis vezes de retorna com minha ex. Aliás, minha ex... todos nós temos problemas, e o problema dela sempre foi se depender demais de mim, morávamos juntos, e depois de perceber que a gente não daria certo, terminei e voltei pra casa, porém ela era destruída psicologicamente, uma vontade de suicídio constante, e eu tinha medo de isso se torna uma realidade, mesmo terminando com ela, a moça nunca deixou de ter minha importância, antes de sermos namorados, eramos amigos, e isso não acabou, sempre vou me importar com ela, como a grande amiga que ela é. E nossa protagonista não entendia isso, até tentou compreender a gente guardar por um tempo, mas ela queria nos anunciar para o mundo... E no começo eu não entendia o "pra que?" só tentava explica que isso poderia acabar com a vida de uma pessoa, e depois de uma semana nisso, se encontrando todos os dias com ela, resolvi conversar com minha ex. Expliquei pra ela o que estava acontecendo, e que eu tinha encontrado outra pessoa, que não queria perder o contato dela, sendo ela uma das pessoas mais importantes da minha vida, acabou que minha ex entendeu, e ficou ressentida, ela sentia muita coisa, e queria voltar... mas ela seguiu o caminho dela e me deu apoio, ela simplesmente me queria feliz, era só eu correr pro abraço da minha então amada e vocês teriam lido o começo de uma linda história de amor...
E então eu senti pela primeira vez a chama silenciosa do primeiro inferno.
A pessoa cujo eu já chamava de "Vida", não achou isso o bastante, mesmo já declarando nosso namoro, ela queria mais, pediu pra eu cortar contato com minha ex, vulgo melhor amiga, dizia que não daria certo e me pressionou a prometer isso pra ela, e nesse meio termo, eu tive que ver ela tentando reconstruir uma amizade com a ex dela e falhando miseravelmente no mínimo, mas BELEZA, segui deixando a minha ex de lado e fui construir o que eu queria com a pessoa que eu desejava, e nas primeiras semanas, foi maravilhoso, eramos a melhor combinação do mundo, dava pra sentir os outros casais invejando, a gente era mais entrosado que Romário e Bebeto, mais bonito que o sol se pondo em um céu laranjado, muito mais divertido que o todo o elenco dos Barbixas fundido com o Hermes e Renato, se você não entendeu que éramos incríveis, coloca todas as referências ao seu gosto que você vai entender. Só que eu descia mais para o inferno e não sabia.
Os outros níveis do inferno.
Todo mundo briga, não é nenhum erro discordar com alguém, e os lados se alterarem, mas o meu pavio estava curtíssimo... Eu não me aguentava, imagina então os erros das outras pessoas? E eu falava com ela o que me incomodava, e não era coisa básica do tipo "aí não gosto do seu sotaque" tava mais pra "você poderia falar menos putaria no meio da rua entre as pessoas?". E isso foi piorando, e eu não sou nenhum santo, muito pelo contrário, sei que errei de ter falado com ela daquele jeito, e então foi aí que o MEU jogo começou a trocar de estilo, eu percebi que tinha que mudar meu jeito, meu comportamento e minha forma de tratar algumas coisas. Sou explosivo, se tem que brigar, eu brigo, mas cara, eu não queria perder ela, e nessas foi me tocando que poderia ser melhor eu me trancar na fúria e dialogar na calma, e sim, eu me moldei a ela. Não, não errei só nisso, fiz coisas na qual eu não me orgulho e nem sei como aconteceu, porém, eu estava lá, ouvi o dela, e mudei, é um mérito meu, eu quero que você que está lendo tenha sua própria resposta para isso, pois a minha resposta é, não, isso não é um mérito, se você percebe que está errado, você muda, ok! Ok? E eu infelizmente não vou te dar um Plot Twist e falar que estamos vivendo lindamente, pois a gente desceu mais os degraus... No nível de começar a culpar o jeito no qual a gente conversava no whats para poder brigar, ela falava que eu era outra pessoa no whats, que respondia seco e era monossilábico, eu nunca vi isso, para começo de conversar, e ninguém nunca reclamou isso de mim, o que eu achei mais estranho, porém ela falou que outras pessoas que ela mostrava minha conversava concordava com ela, e tentei mudar isso, mandava mas áudio no intuito de ser mais confortável pra ela, e então chegou nosso primeiro mês de namoro...
Eeeeeh laiá, se quiserem numerar os infernos, fiquem à vontade, pois eu não tenho saco.
Eu sempre odiei isso, de mêsversario, maluco, ninguém quer saber que seu bebê feio está fazendo 8 meses, ou então seu relacionamento que ninguém liga está no terceiro mês, sabe quem se importa pro seu relacionamento, você e sua companheira, e... era importante para nós dois... pra mim pelo menos...
Chegou o cujo dia, e eu tinha planejado uma coisa simples, porém de coração. Vinho, uma pizza, janela aberta com iluminação da lua, era um momento especial na qual queria deixar ainda mais especial. Não falei nada, só deixei as coisas acontecer, e eu não sei por qual motivo, mas ela não estava me ajudando para isso (descobri depois o porquê) e meio que ficava "aí vc quer me ver ou não", meio que se não fosse óbvio que SIM, não só pela vontade de ver ela todo o dia, como pela data, e eu falava que queria, porém ela achou que faltou "vontade" nas minhas palavras, e resolveu ir em uma festa no dia que marcava um mês no nosso relacionamento, eu não acreditei, fiquei encabulado, cara, era nossa noite, noite na qual você optou por passar com pessoas que eu nem sabia quem era, e sem mais nem menos, e vamos discutir de novo... Mas dessa vez foi diferente. Fui na casa dela, já tínhamos conversado sobre o que aconteceu pelo telefone, ela falando que eu não fui direto e parecia sem vontade de ver ela, e eu explicando que não, e que ela cagou pra mim e foi pra uma festa como se fosse nada de mais... Acabou que ela me falou que estava muito cansada pra um relacionamento sério, e que achava melhor a gente dar um tempo, até ela se sentir confortável para estar em outro relacionamento... Tudo que eu queria, era não perder ela, concordei como um desesperado, porém falei que não iria aceitar algumas coisas, entramos em um consenso, e agora sim estamos felizes até agora, claro que não...
Depois desse episódio, resolvi me dedicar ainda mais, fazia tudo que dava pra ela, andava pra qualquer canto com ela, ia buscar, levava ela, talvez vocês nem acredita, mas eu mudei a direção do vento só pra ver o vento tirar o lindo cabelo dela da frente do mais belo rosto, e isso não foi o bastante. Ela buscava mais coisas para a gente discutir, com coisas do tipo "não se mexe no celular na companhia de alguém" é até verdade, mas dá pra você abrir uma excessões quando você passa o dia inteiro com a pessoa, mas eu aderi, e continuei me mudando por ela, era meu foco a melhora dela, e ter nossas alianças de volta "sim, eu comprei alianças, e ela tirou quando pediu o tempo". Mas foi aí que as coisas começaram a mudar pra mim, não vou esquecer que a gente passou mais um tempo de boas, mesmo depois dela ter pedido o tempo dela, a gente brigou muito, e nisso eu estava pensando "será que é bom pra nós dois?" só que quando a gente passava a tarde juntos, eu perdia esse pensamento, pois eu amava ela de verdade, cogitei terminar sim com ela, mas a gente conversava e se resolvia, porém foi nessa que eu percebi que só uma pessoa mudava, eu...
E então, chegamos no último inferno.
Essa epopéia estava no fim, e eu nem percebi, mas vamos logo para o último capítulo. Eu já conhecia a família dela, pelo menos a parte que ela sente alguma coisa, e chegou a vez dela conhecer a minha, meu irmão que tava em Brasília veio com a minha prima e era o momento perfeito, minha mãe ia preparar um almoço especial, chamou até minha tia e meu tio, tava tudo perfeito, só não esperava por uma coisa importante, ela não ir... Então vamos lá, bora começar uma semana antes, ela estava mal, se sentindo triste, fui na casa dela e troquei meu melhor amigo (que estava fazendo aniversário) pra ficar com ela, ele simplesmente me implorou para ir, e eu só falei "me ocorreu um imprevisto", era ela o imprevisto, e dei a força que ela precisava, beleza, no outro dia ela saiu com a amiga dela (coisa que me incomodava, já que a amiga dela incentivava ela ficar com outras pessoas, mas dessa vez, eu achei que ela precisava sair da casa dela). Só que ela ainda estava meio pra baixo, e no final de semana, especificamente sábado, resolvemos sair, ela com a galera dela, e eu com meu amigo que eu tinha furado, no domingo era o almoço, beleza, a gente conversou no whats e parou em um momento da noite, eu não me lembro do restante da noite, fiquei muito bêbado (e não, não fiz nenhuma merda de bêbado, só não me recordo de como eu voltei pra casa e que horas), acordei cedo, que é estranho, e antes mesmo de mandar mensagem pra ela, 6h ela me manda um áudio, falando que tava voltando pra casa da amiga dela naquele horário e que não daria pra ir pra minha casa conhecer minha família, eu fui destruído aí, mandei um "tudo bem", esperei até às 7h, fui no mercado comprar as coisas pro almoço, e foi isso, a cada pessoa perguntando, "Hey, cadê a sua Vida", eu simplesmente colocava um sorriso falso no meu rosto e falava "tá passando mal hoje, vai ficar em casa", no meio do almoço ela me ligou, e eu falei que fiquei mal com isso, e que não queria ver ela. E lembra que eu falei que via as coisas como um jogo, foi esse momento que eu pensei em desistir de tudo, o mais forte desse sentimento. Ela veio em casa, e me ouviu dizer que não queria mais aquilo, eu tinha cancelado trabalho pra ir ver a família dela, quando ela ficou na rua pra não ver a minha, mas eu fui fraco, aceitei as desculpas dela... A mesma pessoa que fala que desculpa não é uma palavra, e sim uma ação, e foi nisso que eu me peguei. E no outro dia, ela tinha uma entrevista de emprego online, na qual o entrevistador não foi com a cara dela (e ele foi babaca, ela foi incrível na entrevista), s acabou nela não passando, ficou devastada, e eu ainda meio chateado com ela, larguei de lado esse sentimento, e fui ajudar ela, comprei bebida, a melhor pizza que eu podia pegar (dominos é claro) pra ver ela levando o vinho que peguei pra beber com a amiga dela...
Ok...
Queria muito ver ela, e na sexta foi o dia, IRRAAAAAAAA, vou ver ela, e ela vai passar o dia comigo, vamos ter a melhor noite de todas e nada disso vai acontecer... Tirando a parte de ver ela, eu fui, e passei incrível 3h lá, a amiga dela falou que tava na bad, e pediu pra ela ir lá, e fodac eu. Mas até aí tudo bem, a garota lá precisava de uma companhia, acompanhei ela até um lugar pro Uber ficar tranquilo, e trocamos mensagem até de noite, quando ela resolveu sair... E sumiu... De madrugada (umas 5h) ela falou que a noite dela foi incrível, que conheceu um cara na qual conversou bastante, e que se divertiu muito, e isso foi as últimas coisas que ela me falou no final de semana resto de sábado, domingo e começo de segunda. Então começou a semana, fui entregar currículo já pensando "isso não está acontecendo" "deve ter uma resposta melhor", a única coisa que ela deveria fazer, era me valorizar depois da pisada de bola do almoço, e não contente, ela me pisa na com os dois pés depois, eu precisava entregar aqueles currículos, eles perderiam a data de vencimento, já que no outro dia eu teria 23 anos, e foi o pior dia do meu ano, eu tava visivelmente abalado, cheguei a vomitar no meio da rua, e mandei mensagem pra ela, pra saber se como estava, e ganhei um incrível "oi, c tá bem?". Cara eu já não tava legal, estava no meio da rua mal, e ainda ganho uma dessa, como se fosse um qualquer na vida dela, mandei um áudio pra ela, falei que não tava, que ela tinha sumido final de semana e queria conversar com ela, e sim, já ia com intensão do pior, colocar todas as coisas dela na minha bolsa, e com a pior das hipóteses já terminava ali, só que fui surpreendido... ela responde a porra do áudio com um "ah, não sei oq vc entendeu, nosso lance é casual, eu tive um final de semana cheio, virei duas noites, pipipipopopo" as lágrimas do meu rosto já estava deixando de existir com a falta de senso dela, eu simplicidade liguei e a única coisa que eu consegui falar foi "Eu desisto." Falei que ia encontrar ela e levar as coisas que estavam na minha casa, e pedi pra ela levar as minhas coisas (inclusive as alianças que ficou com ela), quando ela me chega, toda sorridente, fazendo sinalzinho com a mão, e eu não querendo acreditar, não sabendo se ela não entendeu a grandeza dos acontecimentos, ou porquê eu era só um qualquer pra ela, ela sentou na minha frente e disse "aí, eu não vou mais correr atrás de você... E blá blá blá" era uma realidade horrível, eu não estava acreditando que vivia aquilo, eu pedi minhas coisas, dei a dela, e disse tchau, e ela teve a pachorra de me perguntar se eu não ia abraçar ela, será que em algum momento ela percebeu minha expressão facial? Ela olhou pro vermelho dos meus olhos? Ou então notou o tom da minha voz? Eu cheguei em casa, destruído, e desativei tudo que poderia, graças a Deus eu ainda tenho pessoas que se importa comigo, e me ligaram, falei que ia me isolar um pouco e que qualquer coisa poderia me ligar. Foi a pior noite da minha vida, não dormi nada, e não aguentava nada, quando chegou as 7h da manhã, resolvi sair, chorando que soluçava, e fui para o parque, sentei no banco, e fiquei lá, quando a primeira pessoa me liga, me dando os parabéns (sim, era meu aniversário), eu não sabia oq falar e disse que tava ocupado, na segunda eu não consegui enganar, e percebeu minha voz de choro, falei que logo ligava de novo, e na terceira, eu desabei, era minha ex, a única pessoa que eu não esperava, ela sempre sabe quando eu não estou bem, e ela me deu um pouco de energia, me incentivou a ir pra casa, ver minha mãe, e sair com algum amigo, levantei animado, as palavras dela fazia sentido, até lembrar que a única pessoa que eu realmente queria a ligação não fez questão, e aconteceu uma das piores coisas da minha vida, eu simplesmente olhei para um carro na rua, e fui em direção a ele, a sorte que eu tive do cara ter feriado hoje eu vejo que é incrível, a sorte que eu tive de só ter subido em cima do capô dele e ver ele de tão perto atrás do parabrisa só mexendo a boca não entendendo nada que ele falava, sai de cima do carro e sentei na calçada, depois de uma longa conversa entre um grupo de pessoas, um cachorro e comigo mesmo, resolvi ir pra casa, lavei meu rosto e abri a geladeira, minha mãe tinha feito uma torta pra mim e comprado pizza pra fazer de noite, a minha relação com minha mãe é de mais ou menos pra ruim, porém naquele mesmo dia, foi ela que me viu chorar depois de me desejar sorte, sendo que quem eu chamava de "Vida" me deu o pior parabéns possível pelo Instagram.
Até hoje, dois dias depois do meu aniversário, ela não apareceu pra falar qualquer coisa, e eu realmente não quero ver a cara dela, pois eu tô destruído, até agora eu tô recebendo ligação e mensagem de pessoas que realmente se importa comigo, pedindo pra me ver, e eu não conseguindo, porque essa é a pior versão de mim, e eles merecem muito mais que isso, eu tô pensando em tanta coisa ruim agora, e minha mente tá conturbada tentando simular isso como se nunca tivesse acontecido, e eu realmente não consigo acreditar como esses poucos meses, destruíram tanto minha vida.
Você que leu isso até agora, agradeço muito por reservar esses minutos da sua vida pra esse texto, eu começar ele umas 23h da noite, e tô terminando agora 6h17, depois de parar algumas vezes, e me desculpa pelo tamanho. Eu só achei que precisava compartilhar isso com alguém.
Obrigado por ter chegado até aqui.
submitted by nofimnaime to desabafos [link] [comments]


2020.10.28 02:01 phfw Estraguei completamente com meu relacionamento e possivelmente traumatizei minha ex

Bem,aconteceu faz um bom tempo mas ainda não sei lidar bem com a situação. Tudo começou com uma amiga se confessando pra mim,e eu gostava dela também (até falei um monte de bobagem melosa sobre ela com um amigo kkk) e disse que também gostava dela,depois de um tempo de conversa pedi ela em namoro e ela aceitou uhuu.
Ela era bem complicada,me falou de vários de seus medos sendo uma menina,de ser abusada,desrespeitada e coisas assim. A ponto de ficar em choque e com medo de qualquer toque ou elogio de desconhecidos. Então eu realmente tava com o pé atrás de fazer qualquer coisa kk,mas também não queria que nosso namoro fosse só uma amizade.
Eu tentava fazer algo simples de um relacionamento como abraços ou beijos na bochecha,coisas aasim,e ela se sentia bem desconfortável com a situação então achei melhor ir ainda mais devagar.
Conseguimos dar nossos primeiros passos em um relacionamento e dava pra ver que ela estava muito feliz com isso,contamos para amigos e dava pra ver a animação dela com o nosso namoro,mesmo a gente concordando que era apenas uma experiência,o que me desanimava um pouco mas era melhor ser desse jeito.
Fomos a encontros juntos,dormimos na casa um do outro,nos divertimos bastante nessa época,mas como eramos novos,decidimos continuar namorando escondido das nossas familia,e até porque era meio cedo pra isso.
Até que ela veio na minha casa,estava sendo meio chato por causa que minha irmã ficava envolta não deixando nos conversarmos direito kk,comemos,olhamos filmes e fomos para a cama e eu tentei agir mais no nosso namoro e deitei com ela e deu tudo certo! Conseguimos nos beijar de verdade naquela noite,mesmo sendo meio ruim no começo por não sabermos como se fazia aquilo kkk.
Dia seguinte o mesmo,conversamos bastante,fomos a uma pizzaria e voltamos para a casa,foi ai que deu tudo errado. Fui agir novamente mas parecia que ela estava com mais atitude e queria que eu também tivesse então eu tive,e esse foi meu erro,estavamos indo longe demais para nossa idade e decidimos parar achei que estava fazendo algo de errado até que ela começou a chorar. "Pqp pqp pqp pqp o que eu faço" era a única coisa que vinha em mente,tentei acalma-la e entender o que fiz de errado mas ela não foi nenhum pouco clara,então não sabia o que fazer. Após um tempinho de conversa fomos dormir(porque era a única coisa que podíamos fazer depois daquilo) Dia seguinte ela foi pra casa e ela claramente estava mal.
Conversarmos sobre tudo pelo whats e ela disse que estava tudo bem,que foi apenas um crise de pânico,perguntei se realmente foi só aquilo e...sem resposta,nosso namoro ficou bem estranho depois disso,ela não se sentia mais confortável comigo então aconteceu o inevitável, terminamos. Não fiquei mal porcausa do termino,mas sim de ter sido eu que estraguei tudo e não pude arrumar.
Nós continuamos amigos depois disso,até porque não passou de uma "experiência",mas nem tocamos mais no assunto,tivemos mais conversas sobre "aquela noite" mas nada que explicasse o que ela sente sobre o que aconteceu. E seila parece tudo muito estranho depois disso e era óbvio que seria assim. Me arrependo de muita coisa mas isso é o ápice,ela tem seus problemas e acho que eu fui um dos grandes.
É isso,espero que tenham gostado da história
submitted by phfw to desabafos [link] [comments]


2020.10.27 16:41 Dull-Ticket-51 Desabafo

Tô aqui ansioso, pq???? Pq tô vendo todo mundo saindo, indo pra todos os lugares, indo na academia, muay thai, piscina, indo jogar vôlei, dando uns rolê foda.
Tô fazendo o tratamento com roacutan, tá dando certo mas tem dias que dá uns desânimo, começo do ano que vem me dissidi que vou começar na academia e muay thay, cansei de ser fraco, tô lendo uns livros bom para um caralho.
Amigo tenho, mas sabe, aqueles amigos que vira as costas e fala mal. Tomara que dê tudo certo, tomara que encontro amigos novos, tomara q consigo uma namorada kkkkkk, tomara que começo evoluir na academia ano que vem pq sou um magro ( até um vendo c é muito forte me leva embora ).
Percebi que o mundo n me deve nada e eu tbm não devo ah ele. Ser fraco nunca mais, tomara q de tudo certo ano que vem.
Queria ter alguém pra fala, po todos os dias iguais, tudo igual, ninguém pra trocar uma ideia. Queira ter amigos q fossem verdadeiros.
Ficar sozinho meche com a cabeça. É muito triste
É isso aí desculpa c ficou confuso
submitted by Dull-Ticket-51 to desabafos [link] [comments]


2020.10.14 08:50 PlayMoreZeppelin_ Ressaca que não passa...

Alerta de textão!! Se puder me ajudar como eu poderia tirar essa neura da minha mente, ficaria imensamente agradecida, na moral. Essa merda tá me corroendo
Quero desabafar sobre uma experiência que eu vivenciei no começo do ano e até agora, já quase no final do ano, n consigo tirar da minha cabeça. E, esses sentimentos ficam me atormentando.
Bom, nesse ano de 2020, eu concluo o ensino médio. Então, como muita gente, sabe. É o ano q tá td mundo na neura, querendo badalar e passar o máximo de tempo cm os amigos. Pq vai saber para qual caminho a vida vai levar cada um.
Logo no começo do ano, nós organizamos um churrasco para enturmar melhor o pessoal q era de outro período e mudou para a manhã. Além da galera nova q entrou. Essa tal festa aconteceu num condomínio de uns amigos meus, td planejado, os pais do menino q iriam cuidar do churrasco e td o mais, são SUPER liberais, então, na certa bebida, narguilé e outros trem td autorizado.
Eu estava bem empolgada cm a festa, td combinado pra n dar b.o. aq em casa. Táok, chegou uns dias antes da festa, tava td dando errado. Aquela bagunça q é pra organizar festa pra rapaziada, fora os meus próprios b.o.’s. Estava passando por uns momentos difíceis, deprê pra kct. Cheguei a falar para minha amiga q eu ia de carona, que n iria mais. Tava cm um puta pressentimento ruim. Mas, ela queria muito q eu fosse, pq tava de olho num carinha, q ela tava ficando. E ela n queria ficar sozinha (ela é meio tímida). Blz, ela insistiu tanto q eu acabei mudando de ideia, e deixei os meus pressentimentos de lado.
Chegamos na festa, e eu já dei de cara cm um ex-amigo meu. Nós sempre tivemos uma relação meio conturbada, pq ficamos muito próximos de repente, há alguns anos. Já tive grande carinho por ele, mas ele é uma pessoa um tanto difícil de lidar.
Flashback Quando começamos a ficar próximos, percebi q ele estava criando sentimentos mais fortes q amizade por mim. Então, decidi jogar a real, quando ele foi sincero cmg. N fui rude nem Nd, até pq o considerava muito msm. Ele, no início, pareceu levar de boas a situação. Porém, depois ele começou a forçar a barra, teve um episódio numa festa na casa dele-despedida dele, pq ele foi fazer intercâmbio por um ano(na qual, muitos amigos dele estavam, e tds eles sabiam do que tinha acontecido-pelo menos, a versão dele da história), em que ele tinha bebido uns gorós. Ele foi até onde eu estava, e eu percebi q ele já tava meio alterado. Então, já fiquei mais em alerta. Ele começou a tentar me acariciar, sabe. Falando no meu ouvido, tentando me abraçar e td. Aí, falei pra ele, q n tava curtindo. Principalmente, pq ele tava tentando forçar na frente dos amigos dele. E, basicamente, tds eles ignoraram o fato de eu estar desconfortável cm a situação td. Me despedi, rapidamente, de tds e dele. E, fui embora.
Durante esse ano de intercâmbio dele, ele sempre me ligava, e por um tempo, cheguei a acreditar como ele afirmava cm tanta convicção q ele tinha se desiludido, e queria só amizade. Acreditei, pq ele falava sobre várias minas q ele tinha pegado e td. Agora, vejo que na intenção de me causar algum ciúmes ou algo do tipo. Pois, quando ele voltou do intercâmbio, a família dele deu outra festa, e eu fui convidada.
E, por um tempo, achei q ele realmente tinha desiludido. Fiquei muito feliz, pq realmente apreciava a amizade dele. No entanto, foi só ele beber um pouco, q ele começou a fazer td q ele fez na despedida. Até msm na frente dos pais dele. Fiquei super constrangida, pq entre uma conversa cm o pai dele, ele meio q deixou a entender q a gente já tinha tido um lance mais sério*. Eu fiquei: WTF?. Já comecei a ficar puta da vida, então chamei um Uber. Ele pediu desculpas, e pediu para fazer companhia, enquanto eu esperasse. A gota d’ água foi quando ele tentou me forçar a beijar ele na garagem dele. Aí, eu surtei, falei pra ele, tudo q estava entalado. Ele falou coisas horríveis. O pior de td é q a garagem dele tem câmera, então provavelmente, td mundo lá dentro viu o nosso pequeno espetáculo. O Uber chegou e eu me mandei. Isso foi antes do ano letivo desse ano.
Quando voltamos às aulas já n éramos mais amigos. Então, foi bem tenso vê-lo na festa, assim de cara. Achava q ele n iria.
Retomando Voltando a festa desse ano, ao chegarmos fomos falar cm o pessoal. Até aí, tava td ótimo. Eu e a minha amg rachamos a conta na adega. Estava economizando para chutar o balde nesse dia.
Bebi pra caramba(bebidas suaves, Askov, Corote, algumas batidinhas) , mas como estou acostumada, nem estava tão alterada. Depois disso, oq me lembro foi de td mundo estar mais doido q td, e eu ter tomado um copão de batida de vodka de maracujá misturado cm Halls (experimentos). Foi aí, que td, absolutamente TD, começou a dar errado.
Foi quando bateu o álcool de uma vez, como já tava percebendo q tava ficando doida. Peguei e fui sentir perto dos narguileiros de plantão, trocando ideia. (A essa altura nem lembrava do paradeiro da minha amiga). Só sei q já tinha passado um pouco aquela baque da brisa, então me levantei da cadeira. Tava td okay, até alguém me pegar CM TUDO no colo, mano. TURU BOM? Era ele, o meu ex-amigo, falando: Calma, calma e meu nome.
Percebi q ele tava alterado, então comecei a entrar em pânico. E falei pra ele me colocar no chão. Mas, com o reboliço td de ele ter me levantado do chão, a brisa bateu forte de novo. Me senti fraca e impotente (por fora), por dentro? Eu estava puro pânico, pq sabia q td mundo tava doidão. Ninguém ia notar NADA. Ele me levou no colo para fora do salão, e sentou num banco lá fora. Ele me colocou no banco e sentou do lado. Ergueu as minhas pernas e colocou no colo dele. Eu estava totalmente sem forças, meio desnorteada.
Então, ele colocou a minha cabeça no ombro dele e o meu braço ao redor do pescoço dele. Um pessoal q tava perto começou a notar e perguntaram se eu queria água, ele respondeu q ss, mas q ELE queria cuidar de mim. Aí, n sei, oq deu em mim, mas, eu comecei a questioná-lo sobre o pq de ele ter feito td aquilo antes e ter me abandonado. (Eu sei, sou uma idiota. Mas, acho q até msm o meu consciente, antes daquela noite, n fazia ideia do quanto eu valorizava a amizade dele). Como ele n respondia, eu repetia e repetia. Mas, ele n me olhava nos olhos. Então, eu peguei o rosto dele para ele me olhar nos olhos. Foi, nesse exato momento, que a merda aconteceu.
Ele, simplesmente, me segurou forte e tascou um beijo de língua, daqueles de pegada msm. Eu estava enojada, n queria q ele me beijasse. N queria beijá-lo, n retribui o beijo. Tentei me desvencilhar dele, porém estava totalmente sem forças devido ao porre q eu tomei. Foi péssimo, td mundo lá. Ele alisando td ao alcance dele. Quando ele finalmente me largou. Eu disse um bom: KRL. Vc nunca muda msm. Eu estou interessada em outra pessoa. (Ele sabia disso) Msm, essa pessoa pela qual, por acaso, ainda estou apaixonada, namorava.
Então, ele ficou puto, falou q eu tinha provocado ele. E q ELE estava saindo cm outra pessoa, e que eu o tinha usado, apenas pq a pessoa q eu queria n estava disponível. Td mundo ouvindo. E eu sem forças NENHUMA para ao menos me defender. Me sentindo um nojo. Eu sei q foi “apenas” um beijo, mas para mim, foi muito mais q isso.
Como se já n bastasse, ele ligou para a melhor amiga dele, e contou td oq tinha acontecido. Me colocando óbvio como a bruxa sedutora da história. Tds ao redor observando, afinal nunca fui uma pessoa de ficar cm vários. Aí, a mãe do meu amigo q tava organizando a festa, veio e começou a gritar comigo (tb estava alterada e n era pouco). Ela gosta muito desse menino q me beijou e o defendeu, falando q ele era um menino responsável por já ter feito intercâmbio. E eu mal conseguia balbuciar algo.
Finalmente, quando ela parecia q ia voar em mim, um menino q estudou cmg há muitos anos, falou pra ela q já era demais. E me pegou e levou para longe da confusão. Foi aí, q eu desabei. Me senti suja, pelas coisas q ele falou de mim(tanto para a melhor amiga dela, quanto para as pessoas ao redor), pela forma como a mulher gritou coisas horríveis. E além disso, senti raiva de mim msm, por permitir me sujeitar àquele estado. Chorei muito, lembrando de td e dos problemas q estava passando. O beijo dele indo e vindo na minha mente. As mãos dele no meu corpo. Fiquei tão enojada, que tive que vomitar. E o menino me acalmando, dizendo q tudo iria ficar bem.
Aí, quando eu comecei a me sentir segura, pela primeira vez EM HORAS, ele perguntou se eu queria ficar com ele. N acreditei. Disse q n, e que queria q ele fosse embora. Justamente, nessa hora, minha amg chegou. Devastada.
Contando td a maior ressaca física da minha vida nesse domingo, que se seguiu, após a festa. Nd se compara ao porre q eu tive q aguentar nas semanas q se seguiram na escola. Foi horrível. Nunca dei muita importância para oq as pessoas falam sobre mim. Acho q oq me abalou mais, foi o fato de eu msm ter a msm opinião delas sobre mim. Isso me deixou no chão.
As pessoas que foram a festa contaram oq aconteceu as que n foram. Lembro de entrar no banheiro feminino e a rodinha de meninas pararem a conversa. Minhas amgs de outra sala me contavam oq elas falavam pelas minhas costas, porém sei q elas suavizavam por n quererem me ver pior do que eu já estava.
Os meninos foram os piores, principalmente, os amigos deles. Claro que n foram tds, teve até um menino q ficou puto da vida, aparentemente, ele era o único sóbrio da festa. E viu OQ realmente aconteceu. Eles ficavam me oferecendo bebidas e encontros. Além de olhares maliciosos.
Pelo menos, quando o isolamento começou eles pararam de mandar mensagens ou falar sobre nos grupos. Tive que sair da escola por motivos financeiros, oq ajudou bastante nas fofocas plm.
O meu ex-amigo teve a cachorra de me mandar mensagem, quando eu saí. Perguntando se eu estava bem, q ele ficou sabendo q eu estava saindo da escola. Para falar a vdd, acho q ele pensa q n me lembro de Nd daquela noite. Bloqueei o número dele.
Sei q foi “somente um beijo”, fico repetindo isso a mim msm, para minimizar a situação. Tento ocupar minha mente a td tempo. Mas, uma coisa difícil é vc fugir de algo q está encravado na sua memória. Quando lembro daquela noite, td a vergonha, nojo, esses sentimentos tomam conta como estivesse ocorrendo novamente naquele exato momento. Já chorei muito, muito msm. Pfv, se alguém chegou até aq e tenha algo a dizer, ficarei feliz se puder me ajudar. Tenho estado muito angustiada. N contei a ninguém esses mínimos detalhes.
submitted by PlayMoreZeppelin_ to desabafos [link] [comments]


2020.10.11 02:01 __LightningWolf__ Oque fazer?

Gente me apaixonei por uma garota , no começo parecia perfeito e tals haha conversamos sobre tudo e depois de um mês conversando resolvemos sair fomos em um parque nos divertimos e tal, aí chegou na metade do passeio tentei beijar ela e ela meio que respondeu ,rolou o beijo mas não sei dizer direito parecia que ela tava tímida mas depois do beijo andamos de mãos dadas e deitamos na grama nos beijamos de novo foi melhor que o 1 mas não foi um beijo beijo haha, na hora de irmos embora fomos abraçados até em casa conversando tudo normal agora que ficou estranho, deixei ela na casa dela e mandei a mensagem perguntando se estava tudo bem e ela sumiu literalmente parou de responder e tudo (nessa época tava muito carente ) nisso acabei mandando muita mensagem que me arrependo bastante mas nada de mais tirando a parte que eu disse que realmente tava gostando dela e ela disse que só foi um encontro haha (doeu ) deixei para lá e tals só que foi aniversário dela mês passado e mandei mensagem por que gente apaixonada e idiota haha e voltamos a nos falar normalmente ai por acaso eu mandei vamos nos encontrar e ela topou , mas disse a mim mesmo que ia devagar por que descobri que ela gostava disso então fui como um amigo conversamos normal e tudo comemos voltamos para casa deixei ela ma casa dela ela esqueceu a garrafa comigo aí mandei mensagem e ela respondeu normalmente até hoje quando me tratou seco que nem deserto e sumiu e eu desta vez não mandei nada deixei quieto lá mesmo só que agora de noite ela me mandou um oi eu respondi ai ela mandou oi de novo ai respondi oi e ela mandou mais uma vez ai perguntei se estava tudo bem ai ela mandou que tinha mandando para pessoa errada na real não sei oque pensar hahahaha eu gosto da mina mas que porra e essa
Obs ( se tiver algum erro de português e porque to no trabalho hahahaha)
submitted by __LightningWolf__ to desabafos [link] [comments]


2020.10.06 02:58 Soraka30cmMOLE Hoje foi a primeira vez que senti ansiedade por "esperar" alguém e a ultima vez também.

Eu vinha conversando com uma garota há um tempo, era divertido pra caramba no começo, adorava a presença dela e a conversa era muito boa. Porém, nosso primeiro encontro foi péssimo, ela me deixou esperando no sol por quase uma hora, a gente ia no shopping ent... Eu também estava sem comer. Disse altas merdas no shopping afinal, bobo apaixonado fala muita besteira mesmo, mas ela conseguiu ser do mesmo nivel ao começar a falar dos ex dela no encontro com uma puta emoção... Logo após que eu falei que curtia ela...
Enfim... Desde esse dia ai senti um peso enorme em toda a conversa nossa, não era a mesma coisa e discutimos pra caralho, era a "minha expectativa idiota" contra a "falta de empatia" dela.
Digo isso porque dia 29 de setembro foi meu aniversario... E ela me mandou um audio de 10 minutos falando de como o trabalho dela foi uma merda no dia (isso que a gente tava a dias sem se falar) e mandou uma foto chorando... Ela não se lembrou e tenho quase certeza que falei no minimo umas duas vezes sobre...
Hoje ela disse que precisava falar urgente comigo, eu concordei, afinal achava que precisavamos falar mesmo. Ela disse que não gostava de mim romanticamente (mas tambem, como poderia ne?) E que queria explicar pra mim o porque disso mas tava no trabalho e n dava pra falar.
Dai minha tarde virou um inferno, primeiro, o odio de achar que fracassei de novo... Logo após, a dor de saber que não deu certo de novo... Foi ai que meu estomago começou a doer pra um inferno e a vontade de vomitar toda vez que eu pensava em abrir a conversa com ela começou...
Nunca senti algo assim, foi uma emoção pessima cara... Eu sentia uma mistura de "Odio, frustração e dor" de saber que alguem que eu estimava tanto me fazia tão mal, sabe?
Eu consolei ela no dia do meu aniversario, ela so me disse parabens hoje depois de eu falar que se ela tivesse pedido "desculpas" no dia, não estariam assim as coisas... Enfim.
Mandei uma mensagem pra ela dizendo que se for ela o motivo dessa minha ansiedade e dor, eu iria ignorar tudo que ela falasse pra cuidar de mim mesmo, amor proprio em primeiro lugar, pode ser quem for, se me fizer mal, vou excluir e deixar de lado pra poder cuidar do meu interior.
submitted by Soraka30cmMOLE to desabafos [link] [comments]


2020.10.02 07:50 JVAbrantes Descobri que sou Demissexual na pior hora possível.

Seguinte, eu estava assistindo um podcast onde o convidado explica sobre como é ser um demissexual (pessoa que só consegue sentir atração sexual quando há também atração amorosa, ou seja, ou estou apaixonado ou estou tragicamente na seca) e a minha ficha simplesmente caiu; todas as características batiam com minha própria forma de sentir em relação à vida sexual. Não consigo ter lances casuais, não consigo flertar pelo intuito de fazer sexo, não consigo ser safado se eu não estiver caidinho de amores pela pessoa. Basicamente, sentir amor é tudo o que me dá tesão.
E sei que isso pode parecer fofo ou romântico, mas as coisas não são bem assim...
Apesar de ser maravilhoso poder esclarecer meus pensamentos e tirar das costas o peso de acreditar que tinha algum tipo de distúrbio ou disfunção sexual, eu saí de um relacionamento amoroso no começo do ano, e puta que me pariu, como eu amava aquela mulher. Agora, em quarentena, onde as pessoas estão se satisfazendo através de nudes e flertes (ou quebrando a quarentena, infelizmente), tudo o que me resta de satisfação sexual são memórias e imaginação, porque eu não sou o tipo de pessoa que consegue amar um novo alguém sem que se passe muuuuuito tempo desenvolvendo intimidade e carinho (pra vocês terem noção, antes de dar o primeiro beijo, levamos quase um mês e meio indo a encontros sem que rolasse absolutamente nada. e ela ainda teve que me dar uma chantageada pra que eu não levasse ainda mais tempo HAHAHAH. de verdade, ela é incrível e merece um prêmio pela paciência).
Pra encerrar meu desabafo, eu só queria deixar registrado o quão frustrante é ter pessoas interessadas em você, pessoas que você sabe que são atraentes e inteligentes, mas não ter o mínimo de desejo por elas pelo simples fato de não amar nenhuma delas. É uma merda querer companhia mas não suportar dividir uma intimidade sexual onde não há nenhum laço.
ps: isso também é meio que um pedido de desculpas pra todas as pessoas que andam flertando comigo nas redes sociais. cês são absolutamente gatíssimas e eu realmente tenho que dizer: o problema sou eu.
submitted by JVAbrantes to desabafos [link] [comments]


2020.09.30 13:47 CAQUIAMASSADO Tenho pago umas mulheres por sexo(não são prostitutas) é menos legal do que eu imaginava

Começando, todas eram maiores de idade e não usei nenhum tipo de droga para convence-las foi totalmente consensual. Saí com umas 10 mulheres pagando nesse último ano, e 2 sem pagar(1 do tinder e outra que conheci na RL), tive essa ideia em usar o tinder para oferecer dinheiro para os matchs que eu tinha e facilitar os encontros, começo dando a ideia se a mulher gosta de ir comer no restaurante, passear e viajar, assim que pego o número eu falo que na verdade queria dar um dinheiro pra ela sair comigo, tem mulher que não aceita e bloqueia, tem mulher(tipo 1) que aceita de cara e só levo no motel mesmo, dou a grana e cada um vai pro seu lado até a gente marcar de novo, e tem mulher(tipo 2) que não aceita dinheiro, diz que não faz esse tipo de coisa, aí marco encontro normal (restaurante, cinema, praia,...) e só banco oq a gente gasta e normalmente transo lá para o segundo ou terceiro encontro.

Quando eu comecei a oferecer o dinheiro achei que ninguém ia topar, aí logo percebi que isso não tava acontecendo, as garotas estavam querendo sair mesmo, comecei a sair com mulheres bem mais bonitas do que eu tinha costume, porém teve o lado negativo de uns encontros serem bem ruins como a mulher só querendo saber do dinheiro, e sendo super fria.

Muitas se animam quando falo do dinheiro, conversei com bem mais que essas 10, mas por distancia de casa e outros motivos que não tem haver com dinheiro(pandemia, não querer q ninguém saiba, o foco é só no dinheiro e talvez tenham medo), acaba que não vai pra frente.

obs: eu fiz quarentena, durante a pandemia eu tava saindo com uma conhecida, acho que não teria tido a confiança pra começar a sair com ela se não tivesse fazendo isso.

Fiquei saindo de outubro até fevereiro, depois voltei agora em setembro a sair nesse esquema, atualmente to saindo com duas, e todas que eu saio eu acho elas bonitas, por acaso uma das que eu to saindo deve ser a mais bonita que ja fiquei na vida(ela é tipo 2).

O problema:

Nunca fiz tanto sucesso assim com mulheres, fazer isso me deu muito mais confiança, minhas conversas estão fluindo muito mais com outras mulheres, minha vida no geral to muito mais despreocupado e estou me dando bem em outras áreas da vida, mas as vezes sair com as mulheres só por sair é um saco, acho que essa história de sair com várias não é para todos estou pensando em parar com isso, foi divertido esse ano para experimentar coisas novas e parar de colocar o sexo como algo principal da minha vida ou muito difícil de se obter. Essa experiência me deu a oportunidade de querer focar nos meus objetivos de vida e tirar um pouco a mulher do centro de tudo ou pelo menos da ideia que andava a lado a lado.

Bom esse é meu desabafo, sexo não é tudo, precisei passar por essa experiência para valorizar menos o sexo.

obs: não trato mal, acredito que sou bom de conversar também.

edit: ahh o desabafo é porque meus amigos não sabem disso, tenho alguns amigos e amigas, porém só um dos meus amigos sabe que eu faço isso(e mesmo assim falo por cima), acredito que os outros nem desconfiam, aí nunca conversei sobre isso com tantos detalhes...
submitted by CAQUIAMASSADO to desabafos [link] [comments]


2020.09.24 05:04 DrackNael Capítulo 5 A aldeia navajo

A aldeia navajo

Em algum lugar próximo a floresta no que aparenta ser uma aldeia indígena com cerca de 30 tendas colocadas todas em forma circular deixando apenas um grande espaço na parte da frente do terreno que possuía uma enorme fogueira e dava de frente para a entrada do lugar que não possuía portões más era todo cercado apenas sem cercas na parte da entrada. Onde um homem de pele avermelhada de cabelos brancos indicando sua idade já avançada já meio encurvado por causa da idade usando uma pele simples em suas costas e uma espécie de chapéu adornada com penas e galhos fazendo a forma de um falcão, está parado imóvel bem na entrada da aldeia com o olhar distante que observa toda a estrada que vai da aldeia, atravessando toda uma pradaria e adentrando a grande floresta a frente. Quando um homem se aproxima andando calmamente pelas suas costas, esse um pouco mais jovem, más também já de cabelos grisalhos, semelhante com o outro, mas esse possuía em sua cabeça um chapéu mais chamativo, feito todo de penas brancas presas a uma tira de couro com uma faixa vermelha nela.
-O que você vê Shaman? -, pergunta o homem mais novo que acabará de chegar.
-Hum! Não sei dizer, os espíritos não me mostram com clareza -, diz ele pensativo, - uma grande luz carregando uma grande escuridão, trazendo tristeza para o nosso povo -. Continuou o homem.
-Um inimigo? Um dos mercenários da floresta? -, pergunta o outro.
-Não sei dizer, os espíritos não me mostram com clareza, mas não me mostram intenções ruins -. Termina o homem se dirigindo para uma das tendas no centro, que chama atenção por ser adornada com penas e ossos de animais na sua frente.
Cerca de algumas horas depois sai da floresta o cortejo fúnebre puxado por Drack indo em direção da aldeia.
-Olhem ! -, alerta uma das pessoas da aldeia.
-Va chamar Nuvem Branca!-, diz outra.
Pouco depois o chefe sai de sua tenda que aparentava ter apenas um totem de cada lado da entrada.
-Chamem o Shaman-, fala ele chegando a entrada da aldeia e se dirigindo a um dos que estavam ali.
Enquanto isso o grupo chega a entrada.
-Quem é você cão branco? Por que puxa nossos irmãos mortos?-, diz um dos índios mais jovem parado ao lado do chefe parecendo estar com grande raiva.
-É , hum -, diz Drack sem saber o que dizer ao certo.
-Aqui-, diz Lobo Marrom do travois.
Enquanto o jovem se dirige a Lobo Marrom.
-Por Manitu Lobo Marrom o que aconteceu?-, diz ele em estado de surpresa.
Enquanto os outros índios iam puxando os cavalos para começar a tratar dos seus mortos, enquanto algumas mulheres choravam no fundo, e crianças eram colocadas para dentro das tendas, era uma cena desagradável para todos, jovens estarem mortos daquela forma.
Nisso o Shamam vinha se dirigindo ao encontro de todos.
-Lobo Marrom está ferido , levem-no para minha tenda-, diz ele dirigindo sua atenção a Drack, o olhando dos pés a cabeça , que ainda estava montado no cavalo e nem tinha se mexido para não fazer nada suspeito.
-Tratarei de Lobo Marrom e já vou ao encontro de vocês -, diz ele dirigindo-se a Nuvem Branca que estava parado ali prestando atenção em tudo e ainda não havia dito uma palavra, -Leve-o para sua aldeia Grande Chefe ja encontro vocês-, diz ele se dirigindo a nuvem branca e indo de volta para sua tenda para tratar Lobo Marrom.
-Por favor jovem me acompanhe -, diz o Chefe com o olhar suspeito para Drack.
-Sim senhor!-, diz ele descendo do cavalo lentamente e seguindo o homem, enquanto é observado por vários índios com olhar de ódio e raiva para cima do rapaz, com certeza só esperavam a ordem do chefe para partir pra cima do rapaz.
Drack segue Nuvem Branca que entra na tenda com os totens na frente, seguido logo atrás do rapaz, 2 jovens índios que o escoltavam com receio de que o rapaz pudesse fazer algo ao seu chefe. Quando Drack entra pode ver uma tenda de tamanho mediano , com o que parecer ser uma cama de peles na sua direita , um bau do outro lado , uma fogueira no centro da tenda e alguns adornos de peles e galhos no teto. O Chefe se senta do outro lado da entrada de frente para a pequena fogueira , onde aponta para Drack fazer o mesmo de frente para ele.Drack se senta e permanece em silêncio, obviamente o homem a sua frente era importante ali e ele não queria dizer nada idiota.
-Então meu jovem, conte sua história! -, diz o homem com um tom calmo.
Então Drack conta tudo que aconteceu desde a sua saída do mosteiro até a chegada na floresta e o encontro com Lobo Marrom e seus inimigos.
-O mosteiro dos cavaleiros renegados que fica no centro do Grande Lago de Calmaria? -, pergunta o homem confuso ,-não sabia que eles tinham levado crianças quando foram construir o lugar-. Completa o homem.
-Bem, na verdade não levaram , fui deixado la quando era apenas um bebê, eles me criaram desde então -, diz o rapaz ,- mas como assim cavaleiros renegados?-, termina ele.
-É uma história antiga de um grupo de cavaleiros brancos que abandonaram seu povo e foram se exilar naquela ilha -. Diz o homem, - mas não sei se a história é verdadeira , os brancos falam com lingua dupla muitas vezes-. Termina o homem se preparando para acender uma espécie de galho com uma ponta redonda onde tem algumas ervas.
-Não sabia disso , achava apenas que eram monges reclusos-. Diz o jovem confuso.
-Se eles não lhe contaram a história deviam ter seus motivos -, indaga o homem, -os homens que atacaram Lobo Marrom e seus irmãos eram brancos gananciosos que vieram para nossa terra explora-la e destruí-la -, continua o homem tomando um tom mais sério , -Eles não respeitam nada que a natureza nos da, só sabem destruir e explorar a natureza, estão destruindo a floresta toda, cortando suas árvores, sujando seus pequenos lagos, não sabem pegar apenas o que precisam para sobreviver , eles têm que destruir tudo até não restar nada , meu povo jurou defender essas terras a muitas luas atrás , há muito tempo fizemos um acordo com o rei dos homens para que essa floresta não fosse alvo de seus lenhadores , mas um dia ele morreu e o acordo já não servia para mais nada, pois como todos os homens brancos não tinham ninguém la para honra-lo , desde então viemos expulsando todos que entravam na floresta para explora-la, até a alguns meses atrás quando os mercenários da Black Marsh vieram, destruíram a aldeia de Buprewen chefe dos Apaches que ficava ao norte da floresta, seu líder é um homem muito poderoso chamado de MURTAUGH , dizem que ele arrasou a aldeia quase que sozinho , desde então pedi para meus guerreiros não terem conflito com eles até que pensássemos em algo , estava tentando um acordo com a tribo dos Xavantes ao sul minha mensagem partiu a alguns dias atrás , mas ainda não tivemos resposta , mesmo assim não penso que tenhamos algum guerreiro que possa derrotar Murtaugh, os homens brancos se tornaram fortes de mais para o meu povo -. Termina o homem com um tom triste,
-Más como um jovem como você pode derrotar 10 deles em poucos segundo? -, continuou ele.
-É bem ... -, começou Drack.
Quando entra na tenda o Shaman.
-Desculpem interromper-, começou ele , -Lobo Marrom me contou o que aconteceu, devo dizer também que fez um bom trabalho no ferimento dele , sem dúvidas salvou sua vida -, diz ele continuando , -Ele me disse que você veio da ilha dos monges e que não conhecia nada fora dela , sem dúvidas deve estar tão confuso quanto a gente com a sua chegada-. Termina o homem.
Nisso entra na tenda um dos jovens índios, o que havia se dirigido a Drack com ódio quando chegou.
-Pai temos que atacar o acampamento daqueles malditos, veja o que fizeram aos nossos irmãos-. Diz o rapaz com uma raiva incontrolável e uma fúria nos olhos, -i esse cão branco o que ainda faz aqui? O povo dele ainda não nos trouxe desgraça o suficiente ? -, diz ele se dirigindo a Drack com um ódio gigantesco no olhar.
-Calma Raoni -, diz Nuvem Branca com tom calmo, -Drack não é nosso inimigo, ele agora é um convidado da nossa aldeia, ele ajudou seus irmãos ao contrário do que pensa , vamos esperar a resposta dos Xavantes para tomar alguma ação sobre tudo isso-. Termina o chefe.
Mas Raoni tem o sangue de guerreiro nas veias , e guerreiros jovens sempre tendem a ter a cabeça quente.
-Todos os brancos são iguais -, diz ele com um tom grave saindo da tenda.
-Sinto muito por isso -, diz Nuvem Branca se dirigindo a Drack, -você é bem-vindo para ficar na nossa aldeia o tempo que precisar, não temos como agradecer pelo tanto que fez ao nosso povo , poderíamos ter perdido mais um filho ou só ter encontrado o corpo dos nossos jovens depois de várias luas , quando à terra já tivesse se alimentado de alguma parte -. Diz o sábio chefe.
-Eu agradeço , na verdade, eu gostaria de ficar um tempo, principalmente se poderem me ajudar a conhecer um pouco mais desse mundo -, diz Drack com certa esperança de que eles pudessem ensina-lo muitas coisas , principalmente depois de ouvir que o Shaman da aldeia usava magias, quem sabe poderia aprender alguma coisa.
-Claro , você é mais que bem-vindo -, começa o chefe , - Pedirei para o Shaman lhe responder às perguntas que o deixam confuso -, diz ele se dirigindo ao Shaman que estava parado ali do lado observando toda a conversa.
-Hum! também pedirei para arrumarem uma tenda para o nosso convidado -, diz o Shaman se dirigindo a saída da tenda fazendo um sinal para Drack acompanha-lo.
-Foi um prazer conhece-lo -, diz Drack fazendo um gesto de reverência e saindo da tenda.
-Espero que não se importe com meu pedido -, diz Drack se dirigindo ao Shaman que estava do seu lado.
-Hum! dissipar a nuvem da confusão das mentes das pessoas é meu trabalho , dom dado pelo grande espirito , não cabe a mim, reclamar das tarefas que ele me passa -, diz o homem se dirigindo a um grupo de jovens que estavam sentados em volta da grande fogueira afiando a ponta das suas lanças com uma pedra.
-Vejam alguma tenda que esteja livre , e peçam para alguém arruma-la para o nosso convidado -, disse o Shaman aos jovens, que se olharam todos confusos, mas depois dirigiram olhares furiosos para Drack. Que aparentou nem dar atenção, pois afinal só estavam chateados com o fato de seus amigos terem sido mortos e seu desejo de vingança ter sido cortado por Nuvem Branca.
-Então meu jovem que dúvidas você tem? -, diz o Shaman para Drack enquanto de ajeita em uma das pedras que são usadas como banco que ficam em volta da grande fogueira agora apagada, pois ainda era dia.
Aquelas palavras eram tudo que Drack queria ouvir , pois não existia alguém no mundo com mais perguntas em sua cabeça, ele pensou em milhares para fazer de uma vez, mas se acalmou e começo a pensar em ir por partes.
-Onde estamos ? -, pergunta ele.
-Hum! aqui é a aldeia do grande Chefe Nuvem Branca chefe dos navajos, ao redor de nós, está a grande floresta do caçador , o mosteiro que você vivia era chamado por nós de mosteiro dos cavaleiros renegados que fica no centro do grande lago de Calmaria , ao norte da floresta fica a cidade dos homens de Heisemburgh , todas essas terras fazem parte do reino dos homens brancos de Camelot -, diz o Shaman já saciando outras perguntar que poderiam vir do rapaz, já que ele aparentava mesmo não saber de nada.
-O que o senhor pode me dizer sobre magias ? -, pergunta o rapaz novamente , pois essa era uma oportunidade que ele não ia desperdiçar , ter alguém pra responde qualquer pergunta que ele tivesse.
-Hum! nós do povo indígena não usamos magia , usamos o dom dado a nós pelo grande espirito, magias são usadas pelos outros povos para criar destruição -, começou o homem ,- usamos o dom do grande espirito para curar os enfermos , pedir benção para que as caças sejam abundantes e e as plantações cresçam fortes , através de nossos pedidos o grande espirito nos concede nossos desejos se for de sua vontade , talvez na cidade dos homens alguém possa lhe dizer mais sobre magias, más não é o que eu e meu povo usamos -, termina o homem.
-Entendo -, diz o rapaz levemente decepcionado , não era a resposta que queria, talvez tivesse procurando um professor para ensina-lo , mas a resposta não era de toda inutil , pois como eram de outro povo e outra cultura , mostrava o quão interessante o mundo era , com várias formas diferentes de no fim fazer alguma coisa.
-O que é o grande espirito ? -, perguntou Drack.
-Manitu , o grande espirito indigena , ele é a força da natureza , é aquele que rege nosso mundo , manitu está em tudo e em todos , não tem como colocar em palavras sua essência -, diz o sábio.
Drack então imaginou que era como a energia , que estava em tudo e todos , e decidia as coisas, mas já era a segunda entidade que ele ouvia falar , e que talvez houvesse outros seres que comandavam o mundo.
-O que é a Black Marsh? -, perguntou novamente o rapaz.
-Hum! é um grupo de mercenários vindos da cidade de Heisemburgh , foram contratados por Tucker o dono da loja de madeiras da cidade para nos impedir de expulsar os lenhadores -, então o homem começa a ficar com um olhar distante olhando para o chão enquanto começa a falar, -mas creio que nossos problemas não são devidos apenas as árvores que eles derrubam como se não se importassem com a floresta , mas o metal dourado que encontraram perto da aldeia dos Apaches, a febre do metal dourado deixa os homens brancos loucos, eles destroem tudo por ele -, termina o homem.
Então Drack pensou que ele estava falando de ouro , que fora ensinado que era a moeda de mais valor no mundo , atrás depois vinham as moedas de prata e depois de bronze.
-Se acharam lá provavelmente pensam que tem por toda a floresta também , por isso são tão agressivos -, indaga Drack.
-Sim -, diz o homem cabisbaixo, - eles não vão parar até não sobrar nenhuma árvore ou escavar cada centímetro da floresta -. Termina o homem.
-Talves possamos falar com o governador de Heisemburg -, comenta Drack , que sabia como o sistema de administração de cidades funcionava , o governador era responsável por uma cidade e em todas as terras em volta dela.
-Ja tentamos enviar alguém , mas foi capturado pelos homens de Murtaugh na estrada , foi decapitado e sua cabeça colocada em uma estaca na beira da estrada como aviso -, diz o homem , -e um índio nunca vai entrar numa cidade de brancos e sair ileso -, fala o homem quando é interrompido.
-Porque todos os brancos são animais, não podem ver nada que querem tomar a força, acham que são os donos de todas as terras e todas as vidas , mas não são, isso acabara -, diz Raoni para os dois , furioso que um branco estava sentado em sua aldeia conversando como se nada tivesse acontecido, claramente culpando Drack pelos feitos de outros da mesma cor que a sua.
-Sinto muito pelos seus amigos, mas nem todos os brancos são iguais e eu não tenho nada a ver com o que aconteceu a seu povo -, diz Drack se levantando , pois sabia que não tinha nada a ver com aquilo e Raoni já o estava irritando , ele entendia a dor do rapaz, mas não precisa destratar alguém que claramente só ajudou.
-É o que veremos ! -, diz Raoni em um tom ameaçador enquanto se afasta dos dois.
-Ele é jovem tem sangue navajo nas veias , não suporta ver seus irmãos serem mortos e não puder vinga-los -, diz o shaman.
-Tudo bem , eu entendo , só não queria que ele pensasse que poderia passar por cima de mim atoa, sinto muito se o ofendi -, diz Drack.
-Tudo bem , você é jovem também -, comenta o homem.
Naquela noite a fogueira foi acesa , e os índios prepararam uma refeição, todos estavam ou tristes, ou furiosos , os olhos eram todos para Drack que estava sentado em volta da fogueira comendo o que parecia ser uma sopa com uns pedaços de cervo que fora caçado mais cedo pelos índios, até que Nuvem Branca se aproxima e se senta do lado do jovem.
-Sinto muito pelos olhares do meu povo, não sabem esconder seus sentimentos perante os da sua cor -, diz Nuvem Branca esperando que seu convidado não fique ofendido com um ato que era vergonhoso pra ele como chefe , já que Drack tinha sido convidado a ficar por ele mesmo.
-Está tudo bem grande chefe, entendo a dor deles e agradeço por me deixar ficar, mesmo estando em guerra com as pessoas da minha cor e agradeço também por me deixar tirar minhas dúvidas com o seu Shaman -, diz Drack grato.
-Pode me chamar de Nuvem Branca, você é um amigo do meu povo, eles logo verão isso -, fala Nuvem Branca com um tom amigavel , -E estamos em guerra com Black Marsh e Tucker, meu povo tem que aprender, como é que você disse? -, diz Nuvem Branca dando uma pausa , - "nem todos os brancos são iguais” não é mesmo -, diz ele em um tom de piada.
-É acho que sim -, diz Drack olhando para o fogo da fogueira e dando uma risada discreta de canto de boca.
Naquela noite Drack teve um pesadelo um pássaro de fogo vinha e pousava em seu ombro direito , mas depois de alguns segundos os dois incendiavam e viravam cinzas, e das cinzas levantava uma sombra negra gigante que se espalhava pelo mundo e engolia tudo. O rapaz acorda e vê que ainda esta no meio da noite, então resolve sair da tenda e dar uma caminhada para pensar melhor no pesadelo, pois era a primeira vez que algo do tipo acontecia e ele acordava no meio da noite todo suado. Então mais a frente o rapaz vê o Shaman parado olhando as estrelas , o jovem resolve se aproxima , quando…
-Pesadelo ? -, diz o Shaman mesmo sem ver que o rapaz se aproximava dele.
-Como ele sabe ? -, pensa Drack , sem dúvidas esse homem tinha dons também , só era muito modesto para falar sobre eles , fora o fato de que ele tinha sentido ele se aproximar sem ter feito nenhum barulho, -Sim, como sabe? -, pergunta então o jovem.
-Os espíritos me mostraram -, começou ele , - você tem um grande poder Drack, o maior que já foi visto nesse mundo, sem dúvidas é um grande dom , mas , você também possui uma grande escuridão dentro de si, não sei como é possivel , mas se você não conseguir se controlar ela o consumira -, diz o homem em tom de transe.
-Grande escuridão? -, pensa Drack , apesar de tudo incrível que acontecia com ele , ele nunca sentiu nada maligno.
Então de repente o Shaman para de ver as estrelas e olha para Drack.
-O que faz aqui fora? Não conseguiu dormir? -, diz o homem , como se tivesse esquecido que eles recém acabara de conversar.
Drack percebe que tinha sido algo especial que tinha acabado de acontecer então não questiona o homem.
-Sim ! -, responde Drack , - Vim pegar um ar só, para ver se o sono vem -. Termina ele.
-Então cuidado para não ficar doente , a noite esta fria ! -, diz o homem enquanto se afasta indo para sua tenda.
-Grande escuridão ! -, pensa Drack enquanto fica ali olhando as estrelas também , esperando o sono vim.
Alguns dias se passam, Drack continua tentando fazer amizade com alguns índios , sua presença agora não é mais tão incomoda quanto na sua chegada, era um rapaz gentil educado logo conquistava a todos, menos Raoni que estava sempre de olho no rapaz , com o passar dos dias Drack foi aprendendo alguns movimentos de combate com os índios, como usar um arco, coisa que Drack aprendeu rapido, pois tinha dom natural para coisas relacionadas a combate, aprendeu sobre ervas, animais , como caçar diferentes tipos de animais , até suas táticas de guerra e rastreio o jovem aprendeu. Já havia conquistado o respeito da grande maioria da tribo em questão de poucas semanas, nenhum incidente tinha acontecido mais, Lobo Marrom já havia se recuperado e tinha virado amigo de Drack, coisa que Raoni achava insuportável, até que um dia.
-Ele chegou , ele chegou - , diz uma voz do lado de fora da tenda de Drack.
O jovem sai da tenda para ver do que se tratava , era o mensageiro que Nuvem Branca havia enviado a tribo dos Xavantes, quando de repente.
-GUERRA !!!! -, grita o índio que acabava de chegar.
-IAAAHHIIIIIII -, berravam todos os índios, era seu grito de guerra, a hora da retaliação havia chegado.
Nisso da saída da sua tenda Drack olha pro lado e vê Nuvem Branca parado na frente de sua tenda , com um olhar pensativo e distante, talvez a guerra não era a melhor coisa pro seu povo , mas ele não podia fazer mais nada.
Naquela noite uma fogueira enorme foi acesa , tambores ecoavam por toda a floresta, os índios dançavam e gritavam em volta da fogueira, seus corpos completamente pintados, sem dúvidas eram um povo corajoso um povo guerreiro.
-Vamos matar seu povo o que acha disso? -, diz Raoni se dirigindo a Drack que estava parado ao lado de todos enquanto assistiam os guerreiros dançarem e comemorarem.
Mas Drack não responde.
No outro dia todos estão prontos para partida , 30 guerreiros todos a cavalo incluindo Nuvem Branca, Raoni e Lobo Marrom que estava ansioso por sua vingança com os mercenários, Drack se aproxima do grupo pronto pra guerra.
-Sinto muito meu amigo , mas você não pode ir conosco essa e uma batalha do meu povo ! -, diz Nuvem Branca a drack enquanto se dirige para falar a todos , -Encontraremos Chefe Hachita e seus homens na clareira do cervo , la nos juntaremos e decidiremos como vamos atacar o acampamento dos cães brancos -, enquanto se vira para partir em disparada com o grupo em direção a floresta.
-Contaremos pra você como foi nossa vitória em cima de seu povo ! -, diz Raoni em uma última provocação para o herói enquanto parte com o grupo.
Mas Drack não estava convencido da vitória de seus amigos.
-Faça o que achar certo ! -, diz o Shaman se aproximando por de trás de Drack e colocando sua mão em seu ombro esquerdo. Ele sabia o que passava na cabeça do jovem.
Então depois de algum tempo quando o grupo de guerra já havia sumido a alguns minutos na floresta , o jovem parte da aldeia a cavalo seguindo os rastros do grupo.
submitted by DrackNael to u/DrackNael [link] [comments]


2020.09.10 16:51 Linpert GT do maromba caçador de fantasma

GT do maromba caçador de fantasma
/CC/
[G]OLD
>um amigo mexicano da academia me leva pra fazer leitura de mão >adentramos no local mais fedido que o banco do supino as 6 da tarde >com umas porra de incenso e caveira mexicana >umas vadia cigana ja tão de olho em nós >fodase, mulher não é proteina >uma delas se aproxima e pergunta quem quer ir primeiro >instinto de maromba que vê o aparelho livre e não quer revezar ativado >estendo a palma de minha mão e contraio o antebraço >a cigana faz uma cara de susto >começa a observar minha mão >olha no fundo dos meus olhos e me diz que tem algo me observando >claro vadia >olha o tamanho do meu braço >quem não quer observar essa porra >ela diz que é muito sério e pode ser uma presença maligna >o efeito do pré ja ta batendo >taco o fodase e saio daquele lugar >indo pra academia >um frangote fazendo qualquer porra no canto com uma anilha na mão >eu sou o hitler dos frango >a favor da segregação muscular >me afasto >de repente o frangote toma uma queda >frango burro >a anilha que tava com ele vem voando em minha direção >passa raspando na minha cabeça >sinto um arrepio na espinha >olho pro anilha no chão >anilha de 3kg >frango filho da puta >vem pra academia pra levantar 3kg >vai levantar saco de feijão em casa fdp >termino meu treino normalmente >chego em casa pra o pós-treino >pós-treino não é uma refeição seu frango inutil >é o treino que vem depois do treino da academia >batendo no saco de pancadas pra aquecer >minha mão erra o saco e atinge a parede >a parede quebra >apartamento antigo do caralho caindo aos pedaços >fodase >a sala enche de poeira >quando a poeira baixa vejo que a parede era oca e tinha algo la dentro >um cranio preto com uma vela enicma, sobre um tipo de estante >wtf >vou na cozinha e jogo um pouco de sal grosso nessa porra >minha vózinha dizia que sal grosso afasta os espiritos ou alguma coisa assim >fodase preciso treinar >continuo meu treino normalmente >termino o treino, como, tomo banho e vou dormir >mas antes vou ler uns artigos do hipertrofia.org no pc >do nada, a energia cai >começo a ouvir uns barulho vindo da cozinha >me aproximo >vejo uma silhueta preta sorrindo pra mim >ela vai em direção a minha sala de treino >sigo ela >chegando lá consigo observar a silhueta melhor >analise rapida >uma humanoide palido, nú e esqueletico >esqueletico >não tinha nem 30 de braço >frango filho de uma puta >sai da minha sala de treino porra >num rapido movimento pego a caveira preta e taco no frango fantasma >ela quebra e vira poeira, ele da um grito que ecoa pela casa toda >o grito é tão forte que eu tenho que tapar os ouvidos >depois disso eu não lembro de mais nada, só desmaiei >acordo no outro dia me sentindo bem depois do sono anabolizante >9 da matina >partiu academia >treino normalmente, mas na saída encontro a cigana me esperando >disse que sentiu energias muito fortes na noite anterior >e que eu incomodei o templo sagrado dos espiritos e que agora eles queriam vingança >eu incomodei o templo sagrado deles? >a sala de treino é o MEU templo sagrado >taco o foda-se e me dirijo pra casa extremamente puto >faço meu pós-treino e fico em casa assistindo tv o dia todo >não acontece nada >os fantasma ficaram com medo dos 43 de braço >começa a anoitecer >de repente, a televisão entra em estatica >começo a ouvir barulhos de gritos e risadas na casa toda >to puto >sinto um arrepio na espinha >olho pra trás >uma figura parecida com a que eu vi na noite anterior se arrastando em minha direção >totalmente desfigurada, e sem as duas pernas >sem as duas pernas >frango filho da puta >hoje é dia de perna >e vc me aparece sem as duas? >a furia começa a tomar conta do meu ser >ele parece sentir de alguma forma, e tentar recuar de uma maneira bizarra >tu não vai correr não >corro em direção a ele e dou uma bicuda no meio da fuça >ouço um grito ensurdecedor e a casa começa a tremer >as luzes apagam de novo >começo a ouvir mais gritos e risadas >além do frio na espinha >nesse momento ja to mais puto que vc depois de ver que fez o exercicio todo com o peso errado >começo a socar o nada >saio correndo pela casa toda socando o ar >sinto meus punhos encostando em alguma coisa >agora tu é meu frango fdp >dou uma surra em o que quer que seja que estivesse na minha frente >de repente a barulheira para e as luzes voltam >noto que estou suando >todo essa movimentação me fez catabolisar >agora é pessoal >pego uma cruz de madeira de minha familia que eu guardei embaixo da cama >penduro na parede da sala de treino >grito bem alto: "MEU PARCEIRO DE TREINO AGORA É O MANO JESUS" >vou dormir puto e não escuto mais barulhos >acordo resolvido a acabar com essa situação de uma vez por todas >depois da academia passo em uma loja de ocultismo ou coisa assim >fodase >se não é loja de suplemento eu nem quero saber o nome >compro todas essas coisas qualquer de ocultismo >fodase >se não é suplemento eu nem quero saber o nome >aproveito e passo no mercado pra comprar ums peito de frango >chego em casa putasso >a esse momento ja anoiteceu >entro na minha sala de treino protegida pelo filho de Arnold >pego um desses tabuleiros de Ouija >jogo no chão e mijo encima >depois pego um fosforo e taco fogo >começo a sentir frio na espinha >eu nem comecei ainda >pego umas tralha de ocultismo e jogo no chão e taco fogo >vou na cozinha e preparo um frango temperado com sal grosso >depois de comer vou no banheiro >bato uma pensando na filha de satanas, aquela puta >me limpo com uma toalha de cruz invertida >depois jogo ela na privada e queimo ela >começo a sentir a casa tremer >as luzes apagam de novo >barulhos piores que os outros começam a surgir >uma névoa escrota toma conta do apartamento >mas a sala de treino ta iluminada >me olho no espelho antes de me dirigir ao local >minha imagem no espelho estava chorando sangue pelos olhos >mas o meu peitoral continua rachado >então ta de boa >entro na sala de treino >um pentagrama surgiu no meio dela >e ta pegando fogo >me preparo >de repente, o cramunhão é invocado do pentagrama >o filho da puta parecia o leo stronda de tão forte >avança e mim e me da uma fodenda surra >não consigo revidar >Arnold me observa do céu, triste comigo >o capeta pisa na minha cabeça rindo >e diz "É por isso que crossfit sempre será superior a musculação" >o que você disse filho da puta? >o que você disse?!?! >levanto o pé dele, como levantando uma barra no levantamento militar >ele percebe que ta mais fudido que você depois de tomar suplemento vencido >dou uma surra no capeta usando todos os meus equipamentos >barra, anilha, tudo mesmo >ele se arrasta de volta ao pentagrama todo fudido >ele some, e com ele todo o clima pesado >as luzes se acendem novamente e a névoa desaparece >to extremamente machucado >me dirijo ao banheiro novamente >me olho no espelho, minha cara toda pocada >meu peitoral rachado todo arranhado e sangrando >mas ainda rachado >então ta de boa >subo na balança que tenho no banheiro >ganhei mais 2 kg de massa magra >olho pro céu com uma lagrima no olho >e agradeço ao Deus Arnold pela dádiva >desde então, não aconteceram mais fenomenos sobrenaturais na minha casa

https://preview.redd.it/9410cpdl2cm51.png?width=594&format=png&auto=webp&s=5a8c26c882927f9b0a9d8939f9a9e534440a580b
submitted by Linpert to gtsdezbarradez [link] [comments]


2020.08.18 01:59 EuRoddy Sou rejeitado por ser fora dos padrões

Amigos, preciso de ajuda.
Sou homem, carioca, tenho 28 anos, sou negro e gay. Embora eu seja uma pessoa normal, não tenho traços bonitos, meu rosto é coberto de cicatrizes e manchas de acne e foliculite, sou alto e desengonçado e sempre tive dificuldade em ganhar peso. Ou seja, sou feio. Talvez isso não seria um problema se minha vida não fosse tão triste...
Desde muito pequeno, sempre soube que era diferente. Embora gostasse de "coisas de menino", sempre percebi que a figura masculina me atraia muito mais que a feminina. Mas, por conta do enorme preconceito do ambiente familiar e na escola, tentei, por muitos e muitos anos, refrear qualquer tipo de sentimento homoafetivo. Sempre busquei me aproximar dos homens apenas como forma de amizade. Felizmente, pude ter alguns amigos ao longo dos ensinos fundamental, médio e superior. Apesar disso, o bullying foi uma constante na minha vida. Sempre fui humilhado, ridicularizado e até agredido fisicamente na minha infância e adolescência por ser um menino sensível, péssimo nos esportes e, sim, feio. Não bastasse a humilhação por parte dos meninos, também era rejeitado por muitas meninas. Na minha tentativa fracassada de tentar ser hétero, acumulei apenas frustrações. Conclusão: terminei o ensino médio, com 17 anos sem sequer ter beijado na boca.
Entre 2010 e início de 2012, passei um dos períodos mais solitários da minha vida. E foi nesse período que minha saúde mental piorou. Ao ter meu primeiro contato com a pornografia gay, me dei conta de que por mais que tentasse, era impossível mudar a minha natureza. Ou seja, eu era gay e teria que me conformar. Porém, logo me dei conta de que ser gay não seria fácil. Além de ter a certeza de que jamais poderia me assumir por conta da religião da minha família, me dei conta de que o meio gay tem um gosto em que não me encaixava: homens brancos, musculosos e bonitos. Exatamente o contrário do que sou.
Quando comecei a faculdade, felizmente encontrei um ambiente diferente de tudo que até então tinha experimentado. Mantendo minha sexualidade escondida, fiz amizades, fui respeitado, saí, me diverti. Porém, faltava algo. Nunca havia namorado. Sequer tinha ficado com alguém. Estava eu com 23 anos sem sequer saber o que era tocar em uma pessoa. Até que, por influencia de amigos, cometi um dos piores erros da minha vida. Tentei namorar uma amiga, a única pessoa que, até então, demonstrou abertamente ter gostado de mim como homem. Meu desespero em me sentir uma pessoa normal falou mais alto, e eu investi nesse relacionamento desde o princípio fadado ao fracasso. Foi nela em quem dei meu primeiro beijo. Mas foi só isso. Embora eu tentasse, não sentia atração sexual por ela. Por mais carinhosa que fosse, eu sabia que não era aquilo que eu queria pra mim. Mas eu não poderia dizer porque tinha vergonha e medo demais para assumir que era gay. Até que um dia, tivemos uma discussão por conta de um amigo que ela não gostava e nossa tentativa de ficada acabou poucos meses depois. Pelo menos eu saí da faculdade tendo beijado na boca. Mas ainda virgem. Aos 25 anos...
O tempo passa. Me limito a saciar minha sexualidade com pornografia e masturbação. Mas só quando dava, porque dividia o quarto com meu irmão. Em 2018 entro no mestrado. Pouco mais de um ano depois, começo a escrever minha dissertação, termino meu estágio numa boa empresa e agora tenho tempo de sobra pra ficar em casa. E foi aí que a coisa piorou mais ainda. Novamente solitário, vieram a ansiedade e os sintomas de depressão. Não tinha ânimo para nada, sentia apenas o desespero por viver uma vida de merda, sem emprego, fazendo algo que detestava, e sem nunca ter tido a oportunidade de ser quem eu realmente era. Até que, decido a finalmente viver minha sexualidade, criei uma conta em um app de encontros gay, o Grindr. Tentando ter minha primeira experiência sexual, já aos 27 anos, acabei dando de cara com outra realidade: a do preconceito no mundo gay. Sendo negro, pobre, magro e fora de qualquer ideal estético, só encontrei mais rejeição. Algumas poucas e raríssimas vezes, tive momentos de felicidade ao não ser bloqueado por alguns caras, a maioria desses apenas por causa do meu pênis, certamente a minha única qualidade reconhecida pelos gays. Por quatro meses, busquei me relacionar com alguém, sem nenhum êxito. Até que em 4 de março desse ano, tive a chance que mais queria. Perder a virgindade. Mas o que parecia bom, foi na verdade uma das piores sensações da minha vida. Ao chegar na casa do rapaz, que morava a uns 500m da minha casa, me foi dado apenas o direito de fazer sexo oral e receber o esperma dele. Migalhando um pouco de prazer, me arrisquei fazendo sexo sem camisinha com um cara que nunca tinha visto na vida. Não rolou beijo, não rolou conversa, não rolou carinho. Apenas tive 10 minutos de sexo e fui pra casa. Uma semana depois, conheci outro cara, de 38 anos, lindo. Definitivamente a melhor coisa que poderia acontecer. Quando nos encontramos, ele pegou na minha mão, conversou comigo e me deixou à vontade. E transamos. Ou melhor, tentamos. Dessa vez, a minha total inexperiência me brochou. Ele gozou, eu não. Aliás, também não gozei na minha primeira transa. Perguntei a esse cara se eu o tinha decepcionado, ele disse que não, que deu errado pelo nervosismo. Acreditei nisso. Até que um dia, ele me chamou para ir à casa dele, à noite. Por medo de dar errado de novo, e pra não gerar desconfiança em casa, não fui. E o cara que eu achei compreensivo, e o primeiro homem que beijei, aos 27 anos, passou a me ignorar. Semana passada, tive uma das piores crises de ansiedade que já senti. Chorei de domingo a sexta. Tentando me aproximar dele de novo, pedi sua ajuda. Disse que estava me sentindo mal. Perguntei a ele se ele tinha me achado realmente atraente, se ele sentiu tesão em mim. Ele disse que iria responder, que estava digitando e que mandaria a resposta quando pudesse. Até agora nenhuma resposta. Me senti rejeitado de novo. Mas nada está ruim que não possa piorar...
Continuando minha busca por viver minha sexualidade, encontro cada vez mais nãos. Quando inicio uma conversa enfiando foto, sou bloqueado. E nas situações em que a conversa passa do oi, todo interesse do outro lado acaba quando mostro meu rosto e meu corpo. Cada vez mais minha autoestima diminui. Me sinto um lixo. Desde janeiro faço academia, já ganhei peso (embora ainda magro), tenho cuidado da pele do rosto e já até adotei um penteado mais moderno, mas tudo que eu tento fazer para ser alguém atraente de nada adianta. Sou preterido por ser fora dos padrões. Me sinto feliz por saber que ao menos uma vez pude beijar e me relacionar com alguém. Mas a certeza de que dificilmente irei encontrar alguém com quem possa dividir bons momentos me entristece demais. Aos 28 anos, nunca namorei. Nunca soube o que é me apaixonar. Não sei o que é sair com um namorado. Não sei o que é ser amado. E por mais que eu tente ser bom nas outras áreas da minha, a solidão é dolorosa demais. Sinto vontade de morrer. Minha comunidade me rejeita.
Sou infeliz.
submitted by EuRoddy to desabafos [link] [comments]


2020.07.17 04:50 clathereum2 Contardo Calligaris, "Cartas a um jovem terapeuta", cap. IV, 2007

"Caro amigo,
Você me perguntou: 'O que faço, se me apaixono por uma paciente?'. E lhe respondi laconicamente: 'Será que é uma questão urgente?'. Você replicou: 'Desde o começo de minha formação, pratico (só de vez em quando, não se preocupe) um devaneio em que curo milagrosamente uma moça emudecida por sua loucura e, lógico, nos amamos para sempre.' Depois disso, decidi levar sua pergunta a sério.
Talvez você se lembre de que, na minha primeira carta, falei um pouco da admiração, do respeito, e, em geral, dos sentimentos que destinamos às pessoas a quem pedimos algum tipo de cura para nossos males.
Comentei que era bom que fosse assim, pois esses afetos facilitam o trabalho de um terapeuta. E acrescentei que isso é especialmente verdadeiro no caso da psicoterapia, com a exceção de que, neste caso, espera-se que o encantamento se resolva, acabe um dia. Sem isso, a psicoterapia condenaria o paciente a uma eterna dependência afetiva.
Repare que, às vezes, sentimentos negativos, como o ódio, permitem e facilitam o trabalho psicoterápico, tanto quanto o amor. Mas é certo que o amor é a forma mais comum dos sentimentos cuja presença assegura o começo de uma psicoterapia. Ou seja, é muito frequente que um/uma paciente se apaixone por seu terapeuta.
A psicanálise deu a essa paixão um nome específico: amor de transferência. O termo sugere que o afeto, por mais que seja genuíno, sincero e, às vezes, brutal, teria sido “transferido”, transplantado. Ele se endereçaria ao terapeuta por procuração, enquanto seu verdadeiro alvo estaria alhures, na vida ou na lembrança do paciente. Você já deve ter ouvido mil vezes: o amor de transferência, grande ou pequeno, é a mola da cura.
Primeiro, ele possibilita que a cura continue apesar dos trancos e dos barrancos. Segundo, ele permite ao paciente viver ou reviver, na relação com o terapeuta, a gama de afetos e paixões que são ou foram também dominantes em sua vida; essa nova vivência, aliás, é a ocasião de modificar os rumos e o desfecho dos padrões afetivos que, geralmente, assolam uma vida, repetindo-se até o enjôo. Terceiro, ele pode, às vezes, ser o argumento de uma chantagem benéfica: o paciente pode largar seu sofrimento por amor ao terapeuta, para lhe oferecer um sucesso, para ganhar seu sorriso, para fazê-lo feliz. Esse terceiro caso apresenta alguns inconvenientes óbvios: o paciente que melhorar por amor a seu terapeuta nunca se afastará dele, pois parar de amar seria para ele largara razão pela qual se curou, ou seja, voltar a sofrer como antes ou mais ainda.
Você deve também ter ouvido mil vezes que um/uma terapeuta não pode e não deve aproveitar-se do amor do paciente ou da paciente. Você pode ter carinho e simpatia por seu/sua paciente, mas transformar a relação terapêutica em relação amorosa e sexual é mais do que desaconselhado.
Por quê?
Nota: para simplificar, no que segue, falarei do terapeuta no masculino e da paciente no feminino. Mas o mesmo vale seja qual for o sexo do terapeuta e seja qual for o sexo do paciente, incluindo os casos em que esse sexo é o mesmo.
Um argumento que é usado tradicionalmente para justificar essa interdição é o seguinte: o afeto que uma paciente pode sentir por seu terapeuta é fruto de uma espécie de quiproquó. O terapeuta não é quem a paciente imagina. A situação leva a paciente a supor que seu terapeuta detenha o segredo ou algum segredo de sua vida e que, graças a esse saber, ele poderá entendê-la, transformá-la e fazê-la feliz. Ou seja, a paciente idealiza o terapeuta, e quem idealiza acaba se apaixonando.
Conclusão: o apaixonamento da paciente é um equívoco. E não é bom construir uma relação amorosa e sexual sobre um equívoco. Se paciente e terapeuta se juntarem, a coisa, mais cedo ou mais tarde, produzirá, no mínimo, uma decepção e, frequentemente, uma catástrofe emocional, pois a decepção virá de um lugar que pode ter sido idealizado além da conta.
Esse argumento, na verdade, vale pouco. Explico por quê: a paixão de transferência é, de fato, igual a qualquer outra paixão. Em outras palavras, os amores da vida são fundados num qüiproquó tanto quanto os amores terapêuticos. Quando nos apaixonamos por alguém, a coisa funciona assim: nós lhe atribuímos qualidades, dons e aptidões que ele ou ela, eventualmente, não têm; em suma, idealizamos nosso objeto de amor. E não é por generosidade; é porque queremos e esperamos ser amados por alguém cujo amor por nós valeria como lisonja. Ou seja, idealizamos nosso objeto de amor para verificar que somos amáveis aos olhos de nossos próprios ideais.
Então, se o amor de transferência não é muito diferente de qualquer amor, será que está liberado? Pois é, não está liberado: há outros argumentos contra, e são de peso; eles não se situam do lado do paciente (cujo amor é bem parecido com um amor verdadeiro), estão do lado do terapeuta.
Por que um terapeuta toparia a proposta amorosa de uma paciente? Por que ele se declararia disponível e proporia um amor quase irrecusável a uma paciente já seduzida pela situação terapêutica? Há três possibilidades.
1) A primeira é perfeitamente explicada no auto-de-fé do ex-presidente Clinton, quando, em suas memórias recentemente publicadas, ele narra e tenta entender seu famoso envolvimento com uma estagiária da Casa Branca, Monica Lewinski. Com notável honestidade e capacidade analítica, Clinton não justifica seus atos pelo transporte da paixão, mas declara que ele se deixou seduzir ou (tanto faz) que ele seduziu Lewinski simplesmente 'porque podia'. Ele acrescenta (admiravelmente) que, de todas as razões possíveis, essa é a pior, a mais condenável.
'Transar porque pode' não significa só transar porque é fácil, porque o outro é acessível. Significa transar pelo prazer de poder. É como se a gente gostasse de bater em enfermo porque isso dá a sensação de ser forte.
O consultório do terapeuta tomado por essa fantasia se transforma num templo (ou num quarto de motel), em que as pacientes são chamadas a participar de ritos que celebram a potência do senhor.
Esse abuso dos corpos produz estragos dolorosos, porque ele se vale de uma oferta generosa de amor: “Posto que você me ama, ajoelhe-se”. É uma situação próxima à ‘ do abuso de uma criança, quando os adultos que ela ama e em quem confia se revelam sedentos de demonstrar sua autoridade pelas vias de fato, na cama ou a tapas.
Invariavelmente, o terapeuta deslumbrado pela descoberta de que ele 'pode' agir do mesmo modo com as pacientes com quem ele transa e com aquelas com quem ele não transa. A fantasia de abuso invade todo seu trabalho terapêutico, ou seja, ele não analisa nem aconselha, ele dirige e manda, pois ele goza de e com seu poder.
2) Mas há terapeutas, você me dirá, que se apaixonam mesmo por uma paciente e até casam. Concordo. Aliás, essa é a segunda possibilidade.
O curioso é que, em regra, os analistas que se apaixonam pelas pacientes que os amam são recidivistas. Eles se casam com várias pacientes, uma atrás da outra. Um psicanalista famoso, de tanto casar com pacientes, ganhou o apelido 'Divã, o Terrível'.
Conheço as desculpas: a gente trabalha duro e não tem tempo para sair na noite, onde a gente encontraria uma companheira? Afinal, não é banal que as pessoas encontrem suas metades no ambiente de trabalho? Além disso, o terapeuta se apaixona por alguém que ele conhece (ou imagina conhecer) muito bem; essa não é uma garantia da qualidade de seus sentimentos? Pode ser. Mas resta uma dúvida, que se torna quase certeza à vista da repetição.
Esses psicoterapeutas ou psicanalistas que se juntam com verdadeiras séries de pacientes devem ser tão cativos da situação terapêutica quanto suas pacientes. Explico. A paciente se apaixona porque tudo a leva a idealizar seu terapeuta. O terapeuta deveria saber que é útil que seja assim, mas também deveria saber que, de fato, sua modesta pessoa não é o remédio milagroso e definitivo que curará os males de sua paciente. Ora, é provavelmente disto que ele se esquece. O terapeuta, seduzido pela idealização de sua pessoa, como o corvo da fábula, acredita no que diz o amor de sua paciente, ou seja, acredita ser a panaceia que tornará sua paciente feliz para sempre.
Generoso? Ingênuo? Nada disso, apenas vítima, por exemplo, de uma obstinada esperança de voltar a ser o neném que, por um mítico instante, no passado, teria feito sua mãe absurdamente feliz.
A série continua porque a decepção é garantida. O terapeuta (como homem e companheiro) não é uma panaceia (ninguém é). A paciente com quem ele se casou, uma vez feita essa descoberta trivial, manifestará sua insatisfação e, com isso, fará a infelicidade do nené caprichoso com quem casou. Pronto, acaba o casamento. Entretanto, como disse, a esperança do terapeuta é obstinada; não é fácil desistir do projeto de ser aquela coisa que traz ao outro uma satisfação absoluta. Por que não tentar outra vez?
Os terapeutas recebem regularmente, em seus consultórios, os cacos desses dois tipos de desastres: o das abusadas e o das casadas e abandonadas por não se terem mostrado perfeitamente satisfeitas. São cacos difíceis de serem recolados. A decepção amorosa da paciente é violenta: afinal, ela foi enganada por um objeto de amor ao qual atribuía poderes e saberes quase mágicos.
O pior desserviço desses desastres é que, de fato, eles impedem que as vítimas encontrem a ajuda da qual precisam. Frequentemente, ao tentar uma nova terapia, elas não param de esperar que se engate uma nova relação erótica (pois lhes foi ensinado, por assim dizer, que a cura virá de um amor correspondido com seu terapeuta). Outra eventualidade é que elas nunca mais consigam estabelecer a confiança necessária para que um novo tratamento se torne possível.
3) Existe uma terceira possibilidade para os amores terapêuticos. É possível que se apaixone por sua paciente um terapeuta que não queira apenas gozar de seu poder e que não seja aflito pela síndrome de fazer a 'mamma' feliz. E é possível que uma paciente se apaixone por seu terapeuta sem acreditar que ele seja o remédio a todos os seus males.
Afinal, não é impensável que dois sujeitos, que tenham algumas boas razões de gostarem um do outro, se encontrem num consultório. Todos sabemos que um verdadeiro encontro é muito raro, e é compreensível que um terapeuta não faça prova da abnegação profissional necessária para deixar passar a ocasião. Mas, convenhamos, se esse tipo de encontro é tão raro, é difícil acreditar que possa repetir-se em série... Como diz o provérbio, errar é humano, perseverar é diabólico. Ou seja, pode acontecer uma vez numa vida. A partir de duas, a série é suficiente para provar que o terapeuta está precisando de terapia.
Abç."
submitted by clathereum2 to SuturaPsicanalitica [link] [comments]


2020.07.16 16:26 fobygrassman ENCONTRE COROAS CASADAS HOJE

ENCONTRE COROAS CASADAS HOJE Conheça coroas, MILF's, e Mulheres Maduras brasileiras reais em menos de 2 horas, garantido!
Como Pegar Uma Coroa no Brasil Escrito por uma coroa verdadeira casadas
Quero namorar com uma coroa casada! Como eu namoro com uma coroa? Quais são os melhores sites de namoro de coroas? MILFs e coroas são a mesma coisa?
Não sei dizer quantas vezes já ouvi esta pergunta como especialista em namoro.
Originalmente minha resposta foi simples, pesquise no google sites de namoro de coroas e se compromete com um casal que você goste.
No entanto, há um grande problema com sites de namoro de coroas que afirmam ser focado em torno de mulheres maduras, MILFs, e coroas que estão buscando um homem mais jovem (referido como um "boytoy" ou "filhote".....
Eles não funcionam! E aqui estão 4 razões para isso: Não se preocupe, eu também lhe direi a melhor maneira de garantir um encontro com uma coroa casada ;)
  1. Não há coroas suficientes para dar conta Isto sobre isso, pumas são uma das categorias mais populares de pornografia. Em 2018 foi mostrado que "milf" foi a terceira coisa mais procurada em sites pornográficos. Cada jovem tem uma fantasia de mulher mais velha, mas quantas mulheres mais velhas você acha que estão assistindo a esses vídeos?
  2. A competição é grande! Para cada 1 coroa há 10-20 homens jovens tentando chamar sua atenção. Suas caixas de entrada estão cheias de mensagens não lidas. Minha tia é uma coroa autoproclamada, ela se inscreveu para um site de namoro de coroas uma vez, depois de obter +100 mensagens em seu primeiro dia ela nunca voltou. Então, se você é um cara jovem à procura de uma coroa você vai encontrar alguma competição séria. Pegando sua atenção é quase impossível e mesmo se você conseguir não há nenhuma garantia que ela vai estar interessada.
  3. Coroas não precisam do site Como eu mencionei antes, coroas são muito procuradas. Elas podem gritar pela janela e conseguir uma fila de caras. As coroas são mais propensas a namorar ou dormir com alguém que elas conhecem pessoalmente, elas são da antiga assim. Então, boa sorte competindo com o seu piscineiro, jardineiro, ou filho de amigos enquanto você é apenas um cara da internet
  4. Você precisa estar entre 24-29 para ter uma chance Já existe uma quantidade gigantesca de competição, mas a situação piora. Se você não está entre 24-29 você está em uma desvantagem séria. Uma pesquisa recente de coroas determinou que a idade ideal para um boytoy é 26 anos e a faixa etária média que elas poderiam até mesmo CONSIDERAR está entre 24-29. Há obviamente umas exceções mas são uma porcentagem pequena de um grupo já pequeno.
Disse a verdade sobre sites de encontros de coroas, mas provavelmente ainda está perguntando; OK, eu concordo que os sites de namoro de coroas são um desperdício de tempo, mas o que eu faço em vez disso?
Bem, você está com sorte porque há um pequeno truque muitas vezes negligenciado para aqueles que procuram coroas, sites de infidelidade! Isso mesmo, sites de traição são ótimos para encontrar coroas.
Estão aqui 6 razões porque os sites de traição ganham de sites de coroas para encontrar mulheres maduras:
  1. A grande maioria das mulheres lá são casadas, o que significa que a idade média é de cerca de 37-38 anos, a idade de coroa ideal!
  2. Você está competindo com caras mais velhos Esta é uma vantagem em tantas maneiras. Em primeiro lugar, você vai se destacar de todos os outros caras devido à sua juventude e condicionamento físico. Imagine uma coroa gostosa procurando através de homens perto dela e vendo foto após foto de caras velhos, fora de forma. Homens como seus maridos, que não as satisfazem.... Aí eles vêm através de seu perfil! Você é jovem, você está em forma (especialmente em comparação), e você está confiante. As chances de ela escrever a você é muito maior do que as chances de uma MILF se quer RESPONDER a você em um site de coroa.
  3. Elas não estão à procura de relacionamentos Elas estão em um site de traiçao de casado por isso está muito implícito que elas querem discrição e um relacionamento principalmente sexual. Isto significa que além da primeira ou segunda reunião você é basicamente o seu peguete.
  4. Você pode se destacar com uma foto de perfil! Em sites de traição a maioria dos usuários não tem uma imagem de perfil público de seu rosto. O que é típico é uma foto de corpo como seu retrato público do perfil e então fotos reveladoras em sua galeria privada. Podem compartilhar e revogar o acesso a esta galeria com sua própria discrição com quem quer que elas querem. Entretanto já que você provávelmente solteiro você pode criar um perfil com uma foto pública que inclua sua cara. Isso vai fazer você se destacar 100x vezes mais. As chances são que as mensagens virão antes mesmo de você precisar se apresentar.
  5. Elas etsão solitárias e insatisfeitas com seus maridos. Elas estão em site de infidelidade porque carece atenção de seus maridos. Normalmente, o marido começa a tratá-las como mãe/esposa e já não como um ser sexual. Esta é a sua oportunidade de dizer que elas ainda são sexy e ainda muito desejáveis e acredite que elas precisam/querem ouvir isso desesperadamente.
  6. Elas estão prontas para explorar sexualmente. Estas mulheres estão casadas há anos e o pouco sexo que têm com os seus maridos tornou-se mecânico e "baunilha". Elas estão prontos para apimentar as coisas e são maduras o suficiente para tentar novas experiências sexuais como: BDSM, ménage à trois, dominatrix, etc.
Ok, agora você provavelmente está pensando, "OK, você me convenceu de que os sites de infidelidade são 100x melhores para pegar coroas, mas como eu faço para realmente encontrar uma coroa?" Não se preocupe, siga estas 7 dicas e você vai aumentar drasticamente suas chances de encontrar uma coroa ou MILF em um site de casos.
7 Dicas Para Pegar Coroas Nota: algumas destas dicas são para o uso em sites de traição e algumas são dicas gerais
  1. Mencione a discrição no seu perfil e na sua primeira mensagem. Estas coroas são casados e estão à procura de parceiros casados porque isso garante que ambas as partes serão o mais discreto possível. Assumindo que você não é casado ou comprometido elas vão precisar de segurança de que você é discreto e confiável imediatamente. Considere escrever algo em seu perfil que diz:
"A discreção é muito importante para mim. Eu estou procurando somente parceiras discretas que são mutuamente respeitosas". 2. Mostra que não vai pôr em risco o seu casamento A outra preocupação que as coroas casadas que procuram homens têm é que você homens mais jovens são rápidos para se apaixonar e podem representar uma ameaça ao seu casamento no futuro. Elas não querem estar em uma posição onde você está exigindo que elas se divorciem de seu marido para que ambos possam estar juntos. Elas estão em sites de traição porque elas NÃO querem se divorciar. Assim o que eu recomendo é pôr algo assim no seu perfil e/ou primeira mensagem:
"Não olhando para mudar seu status ou meu, apenas olhando para ver se eu posso encontrar uma boa conexão com limites claramente definidos". 3. Você está disponível! Uma das coisas mais difíceis de se ter um caso é a disponibilidade. Se ambas as partes estão em relacionamentos é muito, muito difícil encontrar um momento em que AMBOS podem fugir de seus cônjuges sem levantar suspeitas. Mesmo quando você concorda sobre um tempo e um lugar, algo pode surgir e um de vocês pode não ser capaz de ir. A boa notícia é que você pode trabalhar em torno de sua programação. Este é um grande bônus então deixe que ela saiba disso! Ela pode nem mesmo perceber o quanto problema programação é se esta é a sua primeira vez traindo. Diga que já que você é solteiro você pode encontrá-la sempre e onde é melhor para ela.
  1. Mostre a ela que você respeita limites. Na verdade, diga a ela que você está ansioso para ouvi-los. Novamente, coroas casadas precisam de discrição e a melhor maneira de ser discreto é estabelecer limites. Pergunte a ela se há alguma regra de discrição que ela precise que você siga. Muitas vezes, são coisas como "não me escreva entre 18h e 23h", "use palavras em código para que se alguém ver as mensagens parecerão inocentes" etc. Tudo isso permite que ela saiba que você está falando sério sobre sua discrição.
  2. Elogie ela! As coroas estão em sites de infidelidade porque seus maridos não as tratam mais como mulheres atraentes e desejáveis. Se elas têm filhos, mesmo que sejam MILFs, é provável que seus maridos as vejam como mães mais do que amantes agora. Elas estão desesperadas por validação que ainda são sensuais e desejáveis e, vindo de um homem mais jovem, isso significa ainda mais!
  3. Acho que você é jovem demais para mim / não é jovem demais para mim? Espere que essa pergunta surja muito. Não se preocupe - este é um bom sinal! Se ela está dizendo / perguntando isso é porque ela está lhe dando a oportunidade de refutar. Se ela realmente se sentisse assim, não responderia a você. Mas agora você está em uma posição crítica; como você responde a isso determinará se você consegue um encontro / relacionamento. Lembre-se de que ela não está falando sério, está testando você. Prepare uma resposta bem pensada a isso com antecedência. Eu acho que este é um bom começo:
“Você realmente se sente assim ;)?” Esta é uma maneira divertida de ir direto ao ponto" "Eu realmente não vejo as coisas dessa maneira. Estou procurando por características como maturidade, confiança, discrição e abertura. Mulheres mais maduras têm mais desses traços e você é incrivelmente sexy." 7. Elas vão pensar que você é imaturo. Imediatamente elas assumirão que você é jovem, excitado e imaturo. Você precisa refutar isso imediatamente. Inicie suas mensagens o mais maduro e profissional possível. Releia suas mensagens e verifique se a ortografia e gramática são 100%. À medida que a conversa continua, você pode se tornar cada vez mais brincalhão, mas a primeira impressão dela precisa ser que você é maduro e inteligente, e não um garoto idiota.
Então aí está, minha opinião extensa e bem pesquisada sobre: Por que sites de coroa não funcionam Onde você pode encontrar coroas REAIS Como você pode maximizar suas chances de entrar em um relacionamento causal com uma coroa Se você leu este artigo e realmente implementar essas dicas, estará dez passos à frente da concorrência e estará no caminho de namorar coroas, MILFs e mulheres maduras.
Ah, e antes que eu esqueça, a pergunta "MILFs e coroas são a mesma coisa?"
A resposta é não. MILF: MILF significa ‘Mãe que eu gostaria de comer’ em inglês. São mulheres com filhos que você acha sexy, só isso.
Coroas (ou cougars em inglês): as coroas são mais velhas, atraentes, mulheres que estão "rondando" explicitamente por homens mais jovens!
O Brasil é um país de trair coroas casadas! Uma em cada dez mulheres casadas encontrou alguém mais de 10 anos mais novo! 8% das mulheres têm encontros casuais com homens muito mais jovens. A maior diferença de idade média entre coroas casadas e amantes é de cinco a dez anos 57% dos homens tiveram um caso com uma coroa casada O estudo constatou que oito por cento das mulheres casadas tiveram um caso com um homem mais jovem Mulheres maduras também são muito atraentes para homens casados. 61% dos homens casados ​​no Brasil têm um caso extraconjugal com uma mulher mais velha. 25% dos homens casados ​​namoraram uma mulher entre cinco e dez anos mais velha. O apetite sexual das mulheres aumenta com a idade, enquanto os homens tendem a atingir o pico em seus vinte e poucos anos. Isso poderia explicar a tendência crescente de coroas casadas em busca de homens. Casados ​​com homens podem ver um declínio escasso no desejo sexual e coroas casadas, eles estão ficando cada vez mais frustrados. Eles agora optam por conhecer um cara que é mais jovem, simplesmente porque sua libido é mais semelhante.
submitted by fobygrassman to coroas [link] [comments]


2020.07.09 20:22 altovaliriano Meistres que viveram entre os Filhos da Floresta

As origens da Cidadela são misteriosas, porém a história que nos é contada por Meistre Yandel (narrador de 'O Mundo de Gelo e Fogo') é que ela teria sido criada como uma homenagem póstuma a Peremore Hightower por seu irmão, o Rei Urrigon Hightower.
Não há uma data precisa para o evento. Entretanto, como ambos Peremore e Urrigon era filhos de Uthor da Torre Alta, que era casado com Maris a Donzela, que por sua vez era filha do legendário Garth Greenhand. Sobre o Mão Verde, Meistre Yandel fala o seguinte:
Milhares de histórias são contadas sobre Garth na Campina e além dela. A maior parte é implausível, e muitas são contraditórias. Em algumas, ele é contemporâneo de Brandon, o Construtor, de Lann, o Esperto, de Durran Desgosto-Divino e de outras figuras pitorescas da Era dos Heróis. Em outras, ele aparece como ancestral de todas elas.
(TWOIAF, A Campina: Garth Greenhand)
Ainda que a maior parte das lendas indique para que Garth tenha vivido durante a Era da Aurora (ou até antes), o que podemos ter algum grau de certeza é que Garth não viveu depois da Era dos Heróis. Consequentemente, a Cidadela teria sido criada antes da chegada dos Ândalos ou, ao menos, no começo dela.
Neste contexto, pareceria óbvio que os meistres tenham tido contato com o conhecimento dos Filhos da Floresta e até tenham tido contato com eles. Porém, o conhecimento da Cidadela sobre os Filhos da Floresta parece incompleto, mesmo entre aqueles com conhecimentos sobre magia (os de elos de aço valiriano).
De fato, Brynden Rivers explica o seguinte sobre os corvos dos Filhos:
– Foram os cantores quem ensinaram aos Primeiros Homens a enviar mensagens por corvos... mas, naqueles dias, as aves podiam dizer as palavras. As árvores se lembram, mas os homens esquecem, então agora escrevem a mensagem em pergaminho e amarram em volta da perna da ave com quem nunca compartilharam a pele.
(ADWD, Bran III)
Meistre Luwin disse a Bran que poderia lhe ensinar "a língua dos corvos" (AGOT, Bran VI), porém nenhum dos corvos de Luwin fala propriamente. Além disso, o velho meistre demonstra um forte ceticismo sobre a magia, o que não combina com a postura de alguém que realmente sabe fazer os corvos falarem da forma explicada por Corvo de Sangue.
Em outra passagem do capítulo em que Bran está na caverna dos "cantores" (como os Filhos da Floresta se chamam), Jojen esclarece uma visão equivocada dos meistres sobre os Deuses Antigos:
Os meistres lhe dirão que os represeiros são sagrados para os antigos deuses. Os cantores acreditam que os represeiros são os antigos deuses. Quando os cantores morrem, tornam-se parte desta divindade.
(ADWD, Bran III)
Diante disto, a impressão que as Crônicas passam é a de que, ainda que a Cidadela e os Filhos da Floresta tenham coexistido, a ordem dos meistres acabou por captar errado os preceitos da cultura dos Filhos da Floresta, pois muita coisa se perdeu no telefone sem fio dos relatos de segunda mão que ele acabaram por reunir e estudar.
Essa impressão está errada.
Existiram meistres (no plural, mesmo) que viveram entre os Filhos da Floresta e deixaram obras sobre isso na Cidadela. Explicando sobre a fundação de Vilavelha, Meistre Yandel faz a menção ao trabalho destes meistres:
Podemos ter uma certeza, no entanto. Que homens viviam na foz do Vinhomel desde a Era da Aurora. Os registros rúnicos mais antigos confirmam isso, assim como certos relatos fragmentários que chegaram até nós por meio de meistres que viveram entre os filhos da floresta.
(TWOIAF, A Campina: Vilavelha - continua abaixo)
É importante esclarecer que não parece que os "relatos fragmentários" seja uma referência ao estado de conservação e organização das obras destes meistres, mas sim sobre a abrangência do conhecimento que foi coletado sobre a fundação de Vilavelha.
Em outras palavras, minha interpretação é de que esses meistres conseguiram poucas e esparsas informações sobre Vilavelha junto aos Filhos, mas isso não quer dizer que os relatos são incompletos em relação à cultura dos Filhos da Floresta em si. Assumir que as obras são fragmentárias em relação a tudo que os meistres presenciaram e aprenderam com os "cantores" me parece um suposição excessivamente ampla.
À par disto, o trecho em que Samwell comenta a Jon sobre as obras que encontrou na biblioteca da Muralha ganha novo significado:
Encontrei desenhos de caras nas árvores, e um livro a respeito da língua dos filhos da floresta… Trabalhos que nem a Cidadela possui, pergaminhos da antiga Valíria, contagens das estações feitas por meistres mortos há mil anos…
(ACOK, Jon I)
A fala de Samwell sempre teve duas intepretações possíveis: 1) Como Samwell não é meistre, ele apenas supõe que a Cidadela não tem estas obras; 2) Samwell realmente sabe do que está falando, mas o que a cidadela não tem são livros específicos sobre rostos nas árvores e a língua dos Filhos.
Porém, ao reler essa passagem, eu reparei que há uma vírgula depois da da parte em negrito, e não um ponto. Ou seja, Samwell não está afirmando qualificando os livros sobre os Filhos da Floresta. Apenas está enumerando os outros achados: "Trabalhos que nem a Cidadela possui, pergaminhos da antiga Valíria, etc".
De toda forma, a pergunta que fica é "quanto realmente sabe a Cidadela sobre os Filhos da Floresta?". Meistre Jellicoe era um daqueles que viveu entre os Filhos da Floresta e as informações que ele traz sobre Vilavelha são intrigantes:
Um deles, Meistre Jellicoe, sugere que o assentamento no alto da Enseada dos Murmúrios começou como um posto comercial, onde navios de Valíria, Velha Ghis e Ilhas do Verão paravam para reabastecer provisões, fazer reparos e permutar com as raças mais antigas, o que parece uma ideia tão provável quanto qualquer outra.
(TWOIAF, A Campina: Vilavelha - continuação da citação acima)
À primeira vista parece uma informação lógica. Se Vilavelha era um porto comercial no Mar do Verão, nada mais normal que receber visitas dos grandes impérios da época e das Ilhas do Mar do Verão. Porém, tendo em mente que esta informação deve ter chegado ao meistre através dos Filhos da Floresta.
Em poucas palavras, é possível que valirianos e filhos da floresta tenham se conhecido em Vilavelha. Considerando-se que a cidade provavelmente foi construída antes da Era dos Heróis, este encontro pode ter acontecido antes da Longa Noite. isto reforçaria a tese de muitos leitores de que povos do Leste também lutaram em Westeros contra os Outros, dando origem a lendas como a de Azor Ahai.
Essa conclusão revela o quão importante pode se revelar a análise dos trabalhos destes meistres na Cidadela. Talvez vejamos esta investigação ser feita nas Crônicas por Samwell, agora que ele está em Vilavelha. Talvez haja outras dicas nos livros que nos ajudem a deduzir mais informações sem termos que esperar por Ventos do Inverno. Contudo, como não as encontrei, só posso esperar vê-las nos próximos livros.
O que vcs acham?
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2020.05.12 06:02 ruanderful preciso de ajuda, por onde começar?

oi gente! é meu primeiro post aqui e vou tentar resumir minha história ao máximo. Eu sou um rapaz gay de 21 anos, mas até hoje eu ainda tenho muitas questões internas que me impedem de viver uma vida saudável emocionalmente e com relação a minha sexualidade. Aqui vai:
Quando eu tinha 11 anos, eu tive o meu primeiro “contato sexual”. Foi com o meu primo, 3-4 anos mais velho que eu. Dois pirralhos. Desde bem antes daquela época eu já sabia que tinha atração por garotos, então quando esse primo um dia chegou e começou a me tocar, algo na minha cabeça desejou aquilo e até permitiu. Obviamente, eu era uma criança, não sabendo direito o que era sexo, e claramente fui manipulado por ele pra fazer algo que eu jamais decidiria fazer por conta própria. Meu primo foi um escroto que arruinou a minha infância.
Infelizmente eu só passei a ter essa noção recentemente. Quando aconteceu, eu dizia pra mim mesmo que a culpa era minha porque “fui eu quem quis”. Isso me perseguiu por muito tempo e conflitava com a minha própria atração por garotos que realmente existia. Eu e ele tivemos outros contatos sexuais por pelo menos uns três anos. Eu tinha sonhos com ele e eu sentia muito nojo de mim mesmo porque eu realmente acreditava ser um depravado por “querer” fazer “aquelas coisas”. Eu jamais via ele como sendo o culpado de mexer com a minha cabeça e bagunçar todo o processo de descoberta natural da minha sexualidade. Eu até achava que eu precisava pedir desculpa pra ele.
Enfim, cresci, bem complexado, extremamente inseguro, e nunca me permiti processar de forma sã o que tinha acontecido. Tranquei minha homosexualidade no armário e só consegui reabrir aos 19. Mas aí quando eu finalmente tentei dar espaço pra minha sexualidade, eu tava cheio de medo, vícios, e ainda complexado. Eu sentia que eu “tinha” que sair e beijar e fazer sexo pra poder me aceitar. Que eu tinha que achar uma pessoa pra me fazer me sentir bem comigo mesmo. Isso me levou em um caminho nada saudável, quase doentio, de toda hora estar procurando alguém novo pra me validar. Era como se eu precisasse fazer aquilo, sair de um encontro casual pro outro e pro outro, viciosamente. Só que eu nunca sentia prazer no sexo, e a cada vez eu ficava mais inseguro. Minha baixa auto-estima piorou consideravelmente e eu entrei em depressão por me sentir tão miserável e vazio, mesmo tentando fazer tudo aquilo pra me validar.
Eu sou assumido pra maioria dos meus amigos hoje e muita coisa melhorou na minha cabeça desde os episódios da adolescência, mas no último ano eu entrei em uma jornada dentro meu próprio passado pra entender o que causa tanto desconforto ainda hoje e que me impede de ter uma sexualidade saudável. Eu tô começando a entender que meu vício de querer ter encontros casuais pra me sentir validado - e no final das contas nunca receber essa validação - tem a ver com o que meu primo fez. Aquilo tirou de mim a oportunidade de viver meus processos no meu tempo e de definir meus próprios parâmetros com relação a sexo, inclusive a noção de que eu não preciso de sexo ou de estar com um cara pra poder me sentir validado.
Apesar de ter começado essa jornada, eu ainda não consigo romper com esses vícios e inseguranças na minha cabeça. Eu quero restaurar minhas emoções nesse sentido mas eu não ser nem como começar. Sei que não existe fórmula secreta pra isso, mas acho que ter colocado pra fora aqui nesse post já pode ser um começo. Eu só preciso de ajuda pra descobrir o que eu posso fazer pra sair desse labirinto psicológico. MUITO obrigado se você conseguiu ler até aqui. Espero que todos estejam seguros e saudáveis e em casa Abraço
submitted by ruanderful to desabafos [link] [comments]


2020.05.05 04:14 CafeComPedro Gt do Guidão

Gt do Guidão
>Tudo começou quando finalmente consegui marcar um encontro com a deposito dos meus sonhos
>Caroline, uma loirinha linda, magra, mas com peitões, olhos azuis
>eu já tava no xaveco a muito tempo, e nunca tinha conseguido nada, depois de quatro meses de papo furado por MSN eis que ela aceita.
>pois bem, chegou o grande dia
>era uma sexta feria liguei pra ela pra perguntar aonde ela queria ir, pois não tínhamos combinado um lugar ainda
>ela disse que não tinha nada em mente e que na hora víamos isso
>ok desliguei e tracei um plano perfeito em minha mente
>a levaria para um barzinho super chique aqui da cidade pagaria tudo o que ela quisesse beber e depois iria embora por uma avenida cheia de motéis e parar na frente de um sem dizer nada
>com certeza daria certo
>comeria aquela lorinha de peitos grandes com toda a certeza
>meteria naquela bucetinha rosada sem parar e assim perderia minha virgindade
>depois começar a namorar e constituir família com a mulher dos meus sonho.
>tudo dando certo em minha vida amigos
>meu pai me emprestou o carro e ainda me deu 300 reais
> “O que, finalmente vai sair de casa em uma sexta a noite? E ainda com uma garota, toma aqui as chaves filhão e mais trezentão pra farra”
>feelsansiedade.jpg
>parecia que demorava 36 horas pra chegar as 22:00
>pra passar o tempo joguei uns games no PC
>assisti sessão da tarde
>comi umas bolachas recheadas e etc
>e claro, dei uma fapada como nunca antes tamanha a minha felicidade
>também porque não queria gozar com 14 segundos de transa
>logo como minha deusa
>antes de sair ainda li alguns contos de sacanagem pra pegar algumas dicas
>21:30
>banho tomado
>perfumado
>gel no cabelo
>vejo se minhas camisinhas que ganhei na escola ano passado estavam no meu bolso
>fui pra batalha
>meu pai estava radiante,
>abriu e fechou o portão de casa pra mim
>chego na casa dela
>toco o interfone
>ela diz que vai descer em alguns minutos
>nem acreditei quando ouvi isso vindo daquela boquinha doce que tanto imaginei colocar minha língua dentro
>ficp ali olhando pra casa dos meus futuros sogros
>ia vir muito ali ainda pensei comigo mesmo
>portão automático se abre e sai um corolla novo de dentro
>ele parou na do meu lado e uma loira estava dirigindo
>era a mãe de Caroline e era linda
>uma verdadeira milf potranca
>eu fico ali agradecendo a deus pelos bons genes que ele deu a minha futura esposa
>a milf olhou pra mim com um sorriso e disse: “Você deve ser o amigo da Carol né? Obrigado por fazer isso, ela e as amigas delas já estão descendo.”
>eu disse que não tinha problema nenhuma e que seria uma honra fazer isso para a filha dela
>ela sai dirigindo para a rua e o portão se fecha
>mas ela tinha dito ela e as amigas dela?
>fuckingmenage.url
>ouço a porta da casa se abrindo e dela sai Caroline
>com seus cabelos loiros esvoaçando
>um sorriso doce nos lábios
>vi aquela cena em câmera lenta anões
> nem acreditava que aquela deusa de seios fartos e barriguinha tanquinho estava vindo em minha direção
>e acreditei menos ainda quando ouvi mais vozes saindo pela porta e logo depois mais três garotas que nunca tinha visto na vida saindo também
>caroline chega e beija meu rosto e pergunta com a voz mai sensual do mundo
>“Demorei muito?” ,
>demorou nada
>ela vai entrando no carro
>as amigas entraram no banco de trás
>fico pensando em que porra esta acontecendo
>Caroline abre o vidro e me fala
> “vamos lindo, não quero me atrasar, hoje a pista vai ficar pequena.” , >filha da puta
>queria ir embora,mas aquela voz tem controle sobre mim
>entro no carro sem falar nada
>ligo e saio andando, sem saber direito qual era o meu destino
>feelswtfnemtemformatosaporra
>no carro com minha deusa caroline e mais tres vadias
>duas amigas gostosas
>e uma gordinha cheia de maquiagem que tomou banho de perfume de pobre e misturou com suor
>fui sacaneado pela minha deusa
>penso em parar o carro e mandar as 4 descerem,mas estou sozinho com quatro garotas dentro de um carro
>beta betoso
>nao da pra fazer nada,travo
>só consigo dirigir e seguir com as coordenadas que caroline diz
>só ouvia ela e seguia em frente ouvindo aquela voz maravilhosa e aqueles peitos gigantes balançando em cada lombada ou burado
>continuo dirigindo
>elas falam feito matracas
>ficam falando dos garotos e de quanto iam beber
>carolina manda eu virar a esqina que tem que fazer algo antes
>viro sem soltar um pio
>continuo seguindo caminho
>quando vi entrei num beco fudido
>nunca entrei naquele bairro antes
>ela manda eu encostar
>percebo que la na frente tem um grupo de meliantes olhando pro carro
>uma das vadias do banco de trás grita 'ei guidão,vem aqui
>negão de 2 metros de altura
>mistura de banha com músculos começou a andar em direção ao carro
>trava em tantas dobras que nem o batman invadiria o meu sistema
>ele chega perto do carro
>cumprimenta a amiga da caroline
>se conheciam
>feelsnaovoutercarroroubado.txt
>ela pergunta se ele tem daquela ai
>ele diz que tem que sempre tem e pergunta quanto vai querer
>a vadia diz o de sempre
>estavam negociando drogas do meu lado e trazendo pro carro do meu pai
>coração disparou
>finalizaram a negociação
>ligo o carro
>ja saindo Guidão grita pra eu parar
>paro o carro
>ele pergunta se estamos indo pra festa ale
>caroline disse que sim
>as biscates queriam ir numa rave
>começo a pensar em um monte de desculpas pra elas descerem
>Guidão pergunta se pode ir com a gente
>elas falam que sim sem nem perguntar pra mim
>só consigo tirar forçar pra falar que o carro ta lotado
>caroline agarra meu braço
>aqueles peitos gigantes roçando em mim
>ela fala que nao tem problema que ela e as amigas vao uma no colo da outra
>nao consigo responder nada só concordei com a cabeça
>guidao fala que nao da pra ir atras
>ele chega do meu lado e manda eu pular pro lado e caroline ir atras que ele vai guiando
>paro e penso que nao sabia onde estava e que se entrasse em rua errada ia ser metralhado por traficantes
>eu chego pro lado e ela vai pra tras
>ele começa a dirigir
>no carro do meu pai
>com quatro garotas
>um traficante
>indo pra uma rave
>e transportando drogas
>ele vira e pergunta se eu sei o por que do apelido dele ser guidão
>falo que não
>ele diz que o pau dele é preto e do tamanho de um guidão de bicicleta
>as vadias começam a cherar no carro ainda
>guidao vira e fala que ontem apareceu um negao morto sem os olhos e com um cabo de vassoura enfiado no cu
>ele vai pegar o celular pra mostrar a foto que tirou
>tijolo baiano atinge a porta do carro do meu lado
>arregalo os olhos e só consigo ver uma negona gorda com um molequinho no colo gritando 'GUIDÃO FILHO DA PUTA,VOLTA AQUI JA TA INDO ATRAS DE PIRANHA DENOVO'
>ela se prepara pra jogar outro
>ele consegue desviar graças as suas pericias de piloto de fuga
>ele acelera e saimos do bairro
>guidão e as vadias rindo feito hienas
>ele pula varios sinais vermelhos e fala "cara essa rave que vamos vai ser animal"
>ele pergunta qual das la de tras vou faturar
>travo e nao sei o que falar
>caroline fala ele vai ficar com fernando minha priminha,ela ta afim dele dese que entramos no carro
>penso,fernanda?
>porra era a gordinha
>minha deusa estava me empurrando a gordinha
>ela nao falava muito com as outras
>percebo que só chamaram ela pra eu ter o que fazer na rave e nao vir embora
>guidao fala que chegamos e pede vintão pro estacionamento
>ele estaciona o carro e do nada todo mundo evapora só sobrou eu no carro
>olho pra um lado e pro outro e vejo gente chapadona sem camisa,piriguetes,pessoal dançando de oculos que nem macaco
>me sinto no inferno
>tento sair de fininho e pegar o carro e fugir pro pc
>percebo que guidao pegou as chaves
>rage.jpg
>penso que nao pode piorar e vejo a gordinha me olhando
>fernanda ficou me encarando por uns minutos
>ela começa vir na minha direçao
>nao sou bonito,mas acho que da pra pegar algo melhor
>ela chega e fala oi
>eu digo oi
>ela fala doq a caroline disse no carro e diz que realmente gostou de mim
>ela queria ficar comigo,meu deus
>beta betoso,virgem,mas não era bv
>resolvo encarar pra nao passar tudo em branco
>vou pra um canto com ela e começamos a nos beijar loucamente
>ela era boa,beijava como se ofsse a ultima vez que beijaria alguem
>entro no clima,vou me empolgando
>ela tinha tetas gigantes
>começo a apertar aquelas tetas gigantes
>pego naquela bunda gigantesca
>começo a chupar os peitos dela
>ela começa a gemer cada vez mais alto
>pau ja tava pra fora
>gordinha fazendo uns movimentos retilinios uniformemente acelerados
>ela deu um grito de extase e gozou
>gozou tao loucamente que caiu no chao babando
>começou a ter espasmos musculares e começou a se mijar
>ela tava tendo uma convulsão
>fudeumateiavadia.pwp
>eu começo a gritar e algumas pessoas vem pra ajudar
>pessoas aleartórias começam a perguntar oq eu fiz pra ela
>me jogo no meio da multidão saio correndo
>me escondo no meio de duas barracas
>tomo um ar
>maos tremendo,mas pensando caralho sou foda fiz a gordinha ter uma gozada epiletica,sou foda
>estufo o peito
>cheio de coragem
>começo a procurar a caroline
>quero ficar com ela de qualquer jeito
>me pegam pelo colarinho e me jogam no chao
>sinto um cheiro de maconha
>sou rodiado por cinco japas vestidos como rapers
>um deles chega até mim com corrente de prata gigante
>ele fala que ficou sabendo que eu cheguei no mesmo carro que guidão
>eu nao respondi nada
>ele fala que mando guidao nao vender na area dele e diz que tenho 10 segundo pra falar onde ele esta ou vai me encher de porrada
>os japinhas rappers me levaram pra uma tenda no canto da rave
>me sinto na serie 24 horas
>fico uns minutos ali
>entra um japinha baixinho,de bandana e oculos escuros,sem camisa e cheio de corrente no pescoço perguntando sobre o guidao e mandando eu dar o bagulho que eu tava vendendo com o guidao
>começo a chorar falando que nao tinha nada,choro muito,que nao sabia de nada,só vim de carona com guidao que não traficava nem usava nada
>o japinha começa a rir de mim
>me pega pelo colarinho e me leva pra fora
>ele me deixa com um gordao e manda eu dar um role por ai pra achar o guidao
>penso em correr mas o gordao tava segurando meu colarinho forte demais
>vejo caroline sendo puxada por um japa era caroline
>ele chegou ate mim e pergunta se ela tava comigo no carro
>olho nos olhos da filha da puta que me colocou nessa confusão toda
>digo que não estava cmg no carro
>sou um beta betoso,nao conseguia fuder com a vadia
>japa solta ela e continuamos a procurar o guidão
>o japa gordo fica com vontade de mijar
>vamos pros banheiros quimicos
>um banheiro do lado do outro
>japa abre a porta do banheiro e da um pulo pra tras
>era guidao com uma neguinha la dentro chupando sua benga
>aquela rola era gigante
>do tamanho de um guidao de bicicleta
>tinha a espeçura de uma lata de refrigerante
>o tamanho da monstruosidade daquela rola assustou nos 3
>ficamos parado ali auns segundos
>tempo o bastante pro guidao se desgrudar da nehuinha e sair correndo igual a mil africanos atras de agua mas com as calças arriadas e uma mangueira grossa e preta balanãndo no meio das pernas
>o japa me solta e sai correndo atras dele
>o gordao fica olhando pra mim pra ver minha reaçao
>corro feito usain bolt
>consigo fugir,mas guidao ainda estava com minha chave
>precisava achar ele nao sabia como sair dali
>minha chance de sobrevivencia é o guidao
>começo a correr feito um condenado atras do guidao
>avisto caroline apontando pra mim e atras dela um japinha olhando
>japinha corre atras de mim
>a vadia me xixnovo
>levo uma rasteira e caio de boca no chao
>japinha pula em cima de mim me dando soco na cara
>levava altas bicudas quando um milagre aconteceu
>ouço um grito vindo da multidão
>"NINGUEM MECHE COM MEU HOMEM"
>era fernanda a gordinha saiu da multidão com a furia de mil mendigos
>ela derruba o japinha com um mata leão
>a gordinha era faixa preta em jiu jitsu
>ou uma gorda tremendamente apaixonada ja que finalizou o japa em poucos segundos
>peguei ela pelo braço e saimos correndo
>pergunto se ela viu o guidão
>ela diz que nao
>corremos em direçao ao muro
>faço pezinho e mando ela pualr
>adrenalina amil pra eu ter aguentado aquele saco de banha
>logo depois ela me puxa e quando vou pualr vejo caroline correndo em minha direção
>ela grita por ajuda
>japa gordao atras dela
>paro um pouco e olho pra caroline desesperada
>olho pra minha gordinha salvadora
>e pulo o muro deixo a vadia se fuder
>finalmente faço algo de que me orgulho
>começo a correr com a minha gordinha
>sim agora ela era minha
>foda-se se era gorda
>corro pro estacionamento
>tenho que levar o carro do meu pai pra casa de qualquer jeito
>lembro que ele tinha acabado de pagar o carro
>acho o carro no estacionamento
>pegou uma pedra pra jogar no vidro
>no meio do ato ouço um grito
>ABRE ESSA MERDA FILHA DA PUTA
>era guidão meu salvador
>vi ele correndo desferindo golpes de capoeira no japas que se aproximavam ate sobrar ele
>outros longe vindo em nossa direção
>ele chega perto e pede a cha
>GRITO FEITO UM MALUCO FALANDO QUE A CHAVE TA COM ELE
>ele diz que deve ter perdido no meio do boquete
>o japa gordo chega perto
>quando menos espero a gordinha se joga em cima dele pra ganharmos mais tempo
>guidao quebra o vidro do carro com um soco
>faz ligação direta
>sem nem pensar pulo dentro do carro e mando ele pisar fundo naquela merda
>ele olha pra mim e pergunta ,mas e gordinha
>FODA-SE TIRA A GENTE DAQUI
>guidao acelerou como se estivesse a 10 metros de um final de corrida
>nem vejo a troca de marcha com a tamanha habilidade conquistada em muitas fugas por esse mundo de crime afora
>de longe vejo a gordinha lutando com o gordão era muita banha pra todos os lados
>só consigo ver dali 5 japas pulando em cima da gordinha
>peço a deus pra que ela não sofra tanto
>guidao grita
>HAHAHA MOLEQUE ESSA FOI POR POUCO AUQELE JAPAS SAO UM PE NO MEU SACO
>estavamos livres e indo direto pro bairro do guidão
>adrenalina passando aos poucos
>guidao alucinado
>nunca pensei que aquele efeito das luzes passando no need for speed fosse verdade
>mas agora todas as luzes passando na minah cabeça ao som de Zeca pagodinho que o guidão tinha colocado na radio
>digo que to morto que meu pai vai me matar olha o estado do carro
>ele diz pra eu nao esquentar se eu contar toda a historia
>mas pra nao falar o nome dele se nao ele me mata e depois mata minha mae
>ele pergutna se eu tenho um cachorro que se nao tiver ele compra um e me da só pra poder matar ele tambem
>guidao para o carro na esquina e pergunta se eu queria meter naquela vadiazinha loira
>pergunta quanto eu tenho no bolso que conhece uma puta coisa fina
>ja tinha desistido de comer alguem
>entao tava contabilizando aqueles trezentão que meu pai me de pra trocar de placa de video
>chegamos na casa dele
>ele para o carro e poe aquela pemba gigante e preta pra fora e fala
>vira o cuzinho
>fudeu.jpg
>travei,sem ter o que fazer
>porra sai de casa pra comer buceta e vou ter meu cu arrombado
>meucu travou
>me preparo pra pular a janela quando ele começa a rir e fala que é brincadeira
>fico aliviado mas ele fala pra eu passar a grana
>ele leva toda minha grana
>leva meu tenis
>ele sai do carro e pula o primeiro muro que apareceu pela frente
>finalmente posso voltar pra casa
>pulo pro banco de motorista e percebo que não tem as chaves
>tento fazer ligação direta varias vezes sem muito sucesso
>ligo pro meu pai chorando e dizendo que me sequestraram e me largaram num bairro barra pesada
>um carro da policia chega e me leva pra casa
>chego em casa corro pros braços da minha mãe e do meu pai
>vou pro meu quarto
>entro no pc e falo com o irmão de caroline
>ele diz que os pais dela estão numa delegacia por suspeita de estupro
>pergunto se as amigas delas estavam com ela na delegacia
>ele diz que fernanda esta no hospital mas está bem
>fico feliz pela gordinha
https://preview.redd.it/j8ycmub8vuw41.png?width=800&format=png&auto=webp&s=a514965e538fe0c73944d27e86900e06bfffc2c9
submitted by CafeComPedro to TextoVerde [link] [comments]


2020.05.04 00:40 altovaliriano Jon Snow (Parte 4)

O primeiro capítulo de Jon é o quarto de A Dança dos Dragões e ele se inicia com Jon tendo sonhos de lobo. Dentro de Fantasma Jon adquire uma sensibilidade para saber quantos irmãos estão vivos.
Esta é uma habilidade que pode ser muito útil caso Jon venha a habitar Fantasma após ter sido morto em seu último capítulo, mas isso é assunto para o sexto livro, Os Ventos do Inverno.
No quinto livro, o que importa notar é que os capítulos de Jon começam com ele dentro de Fantasma, e terminam com ele pronunciando o nome do lobo gigante. Parece que Martin se utiliza da tendência dos leitores a desejarem histórias com fechamento de ciclo para deixar implícito o futuro de Jon.
Depois do sonho, porém, vemos um personagem diferente daquele que deixamos em A Tormenta de Espadas. Jon está mais orgulhoso, não aceita provocações de Sor Godry Farring ou de Stannis Baratheon. Os diálogos internos marcam mais presença do que suas palavras para descobrirmos seu estado espírito. Muito diferente daquele garoto que Janos Slynt e Alliser Thorne conseguiram arrancar uma confissão pesarosa de que quebrara seus votos com Ygritte.
Em verdade, a forma como Jon se impõe sobre Stannis durante todo o livro é admirável. Talvez por isso Martin tenha escolhido que víssemos Lorde Snow tratando com o rei antes do que viria a seguir com Goiva, Samwell e Janos. A mesma irredutibilidade ocorre com Melisandre, mas ela também é outra pessoa de quem o leitor foi treinado a desconfiar, por isso o novo Lorde Comandante parece prudente em não toma-la como conselheira.
Olhando em retrospectiva, porém, fica claro que Jon Snow tinha medo do que me Melisandre pudesse fazer. Afinal, suas primeiras atitudes como Lorde Comandante são todas voltadas a impedi-la de ferir os dois Aemons (o Targaryen e o filho de Mance).
Isso nos leva aos primeiros sinais de que há algo errado com Jon Snow. A princípio parece que o cargo está lhe subindo à cabeça, mas por fim acabamos por entender que, baseado no conselho que meistre Aemon deu a Aegon V (e ao próprio Jon), o recém-empossado Lorde Comandante acredita que seus sentimentos devem passar pelo filtro da maturidade e que o jeito maduro de resolver as coisas é agir em desacordo com sua idade.
Curiosamente, as lições da história deveriam alertar Jon de que Aegon V morreu tragicamente, governando em isolamento, cercado de inimigos. Talvez assim teria hesitado em ouvir Aemon neste quesito.
Pois bem. Após Jon Snow ter se mostrado competente no jogo de palavras com Stannis e Melisandre ele tenta tomar as rédeas do assunto do filho de Mance. Sabendo-se incapaz de exercer pressão real sobre a corte de Baratheon, Jon inteligentemente força o elo mais fraco da corrente: Goiva.
Em uma cena de monstruosa tirania, digna de Randyll Tarly, Jon usa a falta de força de vontade de Goiva contra ela. Usa sua submissão para força-la a abandonar o filho. Chega ao ponto de obriga-la a por uma mão sobre um chama para mostrar como a criança de Mance morreria. E completa com uma ameaça, para incentivá-la a não lhe desobedecer:
Uma coisa eu lhe prometo: no dia em que queimarem o filho de Dalla, o seu morre também.
(ADWD, Jon II)
É claro que o leitor conhece as intenções de Jon e, naturalmente, duvida que ele levaria a cabo este tipo de empreitada. Mas Goiva não sabia, como Jon está ciente. A forma exagerada como executa a manipulação lembra a ameaça que Jaime faz a Edmure, que nunca saberia que Jaime dificilmente cumpriria a promessa de atirar a criança em uma catapulta (isso porque, com a ameaça, Jaime estava tentando manter a promessa, feita à Catelyn, de que não levantaria armas contra os Tully).
Algo de semelhante acontece na conversa com Samwell. Quando dá a ordem de partir para Vilavelha, Jon esperava que o jovem intendente cooperasse alegremente. Mas Tarly fica nervoso, amedronta-se e fica na defensiva sobre suas capacidades. Jon, então, toma a decisão de matar “o menino em você e o menino nele” para se sobrepor até mesmo ao medo que Samwell tem de desobedecer o próprio pai.
Desobedecer Jon se torna mais temível do que desobedecer Randyll Tarly para Sam. Isso diz algo.
– Não vai tentar. Vai obedecer. [...]
Sam pareceu ceder. – Como meu senhor ordena. [...]
Sam fugiu dele como Goiva havia feito.
(ADWD, Jon II)
Com Janos Slynt, porém, a conversa foi totalmente diferente. Em nenhuma vez Jon pensou “mate o menino e deixe o homem nascer”. Na verdade, Jon já pensava em decapitar Janos Slynt desde o primeiro momento em que os vimos juntos em A Dança dos Dragões:
Jon deslizou o oleado pela espada bastarda, observando as luzes da manhã brincando em suas ondulações, pensando em quão fácil a lâmina atravessaria pele, gordura e tendões para separar a cabeça feia de Slynt de seu corpo. Todos os crimes de um homem eram esquecidos quando ele vestia o negro, assim como todas as alianças, ainda assim era difícil pensar em Janos Slynt como um irmão. Há sangue entre nós. Esse homem ajudou a assassinar meu pai e fez o melhor que pôde para me matar também.
(ADWD, Jon II)
Jon tem boas razões para ter um tratamento rígido com relação a Janos. Somente por intervenção de Cotter Pyke foi que o ex-Capa Douradas não conseguiu enforcar Snow. E mesmo depois disso, ainda assim o enviou para matar Mance Rayder durante uma negociação, uma missão sabidamente suicida. Então, agora eleito Lorde Comandante, era necessário que Jon lidasse rapidamente com Janos Slynt.
Caso o garoto fosse um jogador do Jogo do Tronos como Tyrion, teria angariado o apoio de alguém tão influente quanto Janos e Alliser para poder executar Janos por ter o enviado a morte de propósito. Porém, eu acredito que Jon tenha se deixado levar pela formalidade de Janos de querer justificar seus atos. Primeiro, quando precisou que Jon confessasse ter traído seus votos, e depois ao disfarçar a nova sentença como uma oportunidade de redenção:
– Mesmo assim – falou Slynt –, não quero que se diga que Janos Slynt enforcou um homem injustamente. Não quero. Decidi dar-lhe uma última chance de demonstrar que é tão leal como diz ser, Lorde Snow.
(ASOS, Jon X)
Portanto, inconscientemente, Jon Snow sente a necessidade de arranhar um subterfúgio para acabar com Slynt. Talvez enviar Janos para Guardagris tenha sido a forma encontrada por Jon para que esse subterfúgio viesse a tona.
Afinal, por que outro motivo Jon teria pensado o seguinte quando Janos pergunta “Você acha que não vejo o que está fazendo?”:
Estou lhe dando uma chance, senhor. É mais do que deu para meu pai.
(ASOS, Jon X)
A resposta violenta de Janos à ordem já era esperada. O ex-Capa Dourada o xingou e fez ameaças veladas, se negou a obedecer e ainda fez uma demonstração de violência ao sair.
– Não. – Lorde Janos levantou-se abruptamente, derrubando a cadeira para trás. – Não vou partir humildemente para congelar e morrer. Nenhum bastardo de um traidor vai dar ordens para Janos Slynt! Não estou sem amigos, fique sabendo. Aqui e em Porto Real também. Eu era Senhor de Harrenhal! Dê sua ruína para um dos tolos cegos que atiram uma pedra por você, porque eu não vou para lá. Você me ouviu, rapaz? Não vou para lá!
– Você vai.
Slynt não se dignou a responder, mas chutou a cadeira para o lado quando saiu.
(ASOS, Jon X)
Jon entretanto sabia que tudo aquilo era encenação e ameaças vazias, tanto que assim pensou ao assistir a cena:
Ele ainda me vê como um garoto, Jon pensou, um garoto inexperiente que pode ser intimidado por palavras raivosas.
(ASOS, Jon X)
No dia seguinte, Janos deu resposta similar, em público, mas não repetiu as ameças de que tinha amigos em Porto Real. Na frente dos homens da Patrulha apenas xingou novamente Jon e abertamente disse para ele enfiar a ordem no rabo. No final de A Tormenta de Espadas, mesmo que Jon tenha feito comentários sarcásticos e até tenha se revoltado quando foi sentenciado à forca, este não foi tratamento que Snow ofereceu a Janos quando este estava provisoriamente no comando.
Matar Slynt, entretanto, não era a única alternativa, como Jon bem ponderou. Como Lorde Comandante poderia prendê-lo ou força-lo a ir para Guardagris como subalterno de outro oficial. Ainda que Jon considere que seria apenas uma questão de tempo até que Slynt revidasse, estes pensamentos revelam que Snow sabia que a atitude de Slynt não era necessariamente punida com a morte. Matar Janos Slynt foi uma atitude política.
Quando Goiva se negou a obedecer Jon, ele a ameaçou. Não houve ameaças com Slynt. Na verdade, quando Jon estava coagindo Goiva e Sam a obedecerem-no, ele lembrava da lição de meistre Aemon, “mate o garoto”, indicando que deveria fazer o que achava certo, mesmo que fossem amargas.
enquanto enfrentava Slynt, Jon em nenhum momento pensou na lição de Aemon. Nem no primeiro encontro privado, nem durante a confrontação pública. Jon queria matar Slynt desde o começo. Inclusive, Martin magistralmente inseriu uma breve parágrafo entre o insulto de Janos e a ordem de Jon:
Alliser Thorne deu um tênue sorriso, os olhos negros fixos em Jon. Em outra mesa, Godry, o Matador de Gigantes, começou a rir.
(ASOS, Jon X)
Seria coincidência que o escritor tenha colocado dois homens que zombaram de Jon no passado para rir quando ele era insultado em público por um subalterno? Acho que não.
Em seus pensamentos, não constatamos que Jon estivesse ofendido pelas risadas. Porém, eu acredito que aquilo afetou a percepção de todos que estavam no recinto. As pessoas ao redor, que não estavam presentes na primeira vez que Janos insultava Jon, devem ter concluído que Jon estava estabelecendo que puniria o desafio e a zombaria com a morte.
Na cabeça de Jon, a morte de Janos era uma mensagem para Alliser Thorne e quaisquer conspiradores que estivessem ali. Um lembrete de que ele não pegaria leve com aqueles que lhe ameaçassem. Não era uma mensagem para qualquer homem que pensasse em desobedê-lo, haja vista que Jon apenas descartou as outras opções porque achava que elas beneficiavam a conspiração de Janos e Alliser.
Entretanto, as pessoas ali presentes não estavam dentro da cabeça de Jon Snow. Tampouco estavam presentes quando Goiva e Sam contestaram as ordens de Jon. O que eles viram foi que, ao primeiro sinal de desobediência, Jon decretou a morte de um subalterno. Alguns até podem ter visto além e pensado que, primeira oportunidade que lhe foi dada, Jon estava eliminando o segundo lugar na eleição ao cargo de Lorde Comandante.
Mas a punição, por mais dura e desproporcional que fosse, não era ilegal. Por isso o próprio Alliser Thorne abriu caminho para Emmet e Edd imobilizarem Janos. Ainda assim, é evidente que Jon alimentava expectativas os apoiadores de Janos se rebelassem. Na verdade, ele queria um subterfúgio para matar Alliser Thorne também. Pode ser que, inconscientemente, tenha escolhido matar Janos justamente para também acabar com Thorne:
Sor Alliser Thorne alcançou o punho da espada. Vamos lá, Jon pensou. Garralonga estava pendurada em suas costas. Mostre seu aço. Me dê motivo para fazer o mesmo.
(ASOS, Jon X)
Mas o fato é que Jon temia os eventuais eleitores de Janos Slynt que ali poderiam estar presentes. Martin fez constar um parágrafo inteiro em que Jon pensava o quanto o mundo parecia "equilibrado no fio da espada". No entanto, neste mesmo parágrafo, Martin faz uma menção breve aos homens de Stannis no recinto.
Este é outro elemento que pode ter funcionado como um freio para um eventual revolta. Ninguém em sã consciência acreditaria que Stannis seria tolerante com um motim. Especialmente quando Jon parecia ser aliado do Rei (o que deve ter ficado mais evidente quando Stannis assentiu para Jon depois a execução, parecendo aprová-la).
A caminho da execução Janos continua a esbravejar. Pela primeira vez neste dia grita que tem amigos em Porto Real, citou até o nome de Tywin e diz que não está assustado. Entretanto, quando Jon volta atrás (na verdade, apenas muda a forma de execução), uma coisa interessante ocorre.
Ficamos sabendo que Bowen Marsh parece ser um seguidor da Fé dos Sete ("Oh, os Sete nos salvaram – ele ouviu Bowen Marsh gritar"), muito embora provenha de uma Casa Nortenha. Isso é que se mostra importante ressaltar, pois que Septão Cellador foi uma dos acusadores de Jon quando Slynt havia chegado a Castelo Negro. Assim, fica menos estranho que Marsh (do Norte), Yarwick (das Terras Ocidentais) e um septão tenham mais tarde se aliado contra Jon. Essa devoção aos Sete diminui as diferenças culturais entre eles e torna a aliança mais crível. Sem falar que isso ressignifica as acusações de Janos sobre Jon ter a “marca da besta” com Fantasma (elo de warg), uma acusação que deve parecer mais abominável à luz dos Sete.
O insulto final aos conspiradores veio logo depois da cabeça de Janos ter rolado, quando, como dizem, o cadáver não havia nem esfriado. A última fala do capítulo vem de Owen Idiota, que estava sob o cadáver de Slynt pedindo suas botas a Jon, como um saqueador pedindo licença a um comandante. Esta obscenidade que pode ter soado como o escárnio final para os opositores de Jon.
Vai ter parte 5.
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2020.04.12 04:33 altovaliriano A Grande Conspiração Nortenha - Parte 7

Texto original: https://zincpiccalilli.tumblr.com/post/53134866390
Autores: Vários usuários do Forum of Ice and Fire, mas compilado por Yaede.
Índices de partes traduzidas: Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4, Parte 5, Parte 6, Parte 7

---------------------------

Sinais e Portentos

Uma das habilidades mais impressionantes doeGRRM como escritor, em minha opnião, é sua capacidade de ocultar prenúncios [foreshadows] em cenas aparentemente irrelevantes a serem revisitadas pelo leitor, que maravilhará com elas. Por exemplo:
Quando Podrick quis saber o nome da estalagem onde esperavam passar a noite, Septão Meribald apegou-se avidamente à pergunta [...].
– Alguns a chamam Velha Estalagem. Ali existe uma estalagem há muitas centenas de anos, embora esta só tenha sido construída durante o reinado do primeiro Jaehaerys […].
Mais tarde, passou para um cavaleiro aleijado chamado Jon Comprido Heddle, que se dedicou a trabalhar o ferro quando ficou idoso demais para combater. Ele forjou um novo sinal para o pátio, um dragão de três cabeças em ferro negro que pendurou em um poste de madeira. [...]
– O sinal do dragão ainda está lá? – Podrick qui saber também.
– Não – Septão Meribald respondeu. – Quando o filho do ferreiro era já um velho, um filho bastardo do quarto Aegon ergueu-se em rebelião contra seu irmão legítimo e escolheu como símbolo um dragão negro. Estas terras pertenciam então a Lorde Darry, e sua senhoria era ferozmente leal ao rei. Ver o dragão de ferro negro o deixou furioso, e por isso derrubou o poste, fez o sinal em pedaços e os atirou ao rio. Uma das cabeças do dragão foi dar à costa na Ilha Quieta muitos anos mais tarde, embora nessa época estivesse vermelha de ferrugem. O estalajadeiro não voltou a pendurar outro sinal, e os homens esqueceram-se do dragão.
(AFFC, Brienne VII)
Aqui está a essência da teoria de que Aegriff é um pretendente de Blackfyre explicada por meio de brasões. O dragão negro retornando a Westeros via mar disfarçado de vermelho. Existem inúmeros pequenas recompensa nos livros para os fãs desenterrarem e, geralmente, quanto mais importante é a história, mais difusas são as dicas. R + L = J é provavelmente o atual campeão disso, com alusões a ela freqüentemente despontando em diálogos casuais sobre Jon ou envolvendo-o. Como por exemplo, esta conversa de quando ele soltar Val na Floresta Assombrada para encontrar Tormund:
[Jon:] Você voltará. Pelo menino, se não por outra razão. [...]
[Val:] Assegure-se de que esteja protegido e aquecido. Pelo bem da mãe dele, e pelo meu. E o mantenha longe da mulher vermelha. Ela sabe quem ele é. Ela vê coisas nas chamas.
Arya, ele pensou, esperando que fosse assim.
– Cinzas e brasas.
– Reis e dragões.
Dragões novamente. Por um momento, Jon quase os viu também, serpenteando na noite, suas sombras escuras delineadas contra um mar de chamas.
(ADWD, Jon VIII)
Muito irônico que, mais cedo, em seu próprio capítulo, Melisandre olhe para as chamas e veja Jon, como ela faz há algum tempo. Jon, que é é rei e dragão (se R+L=J for verdade).
Portanto, a questão agora é se o GRRM deixou pistas que levem à Grande Conspiração Nortenha.
Mais homens de neve haviam sido erguidos no pátio quando Theon Greyjoy voltou. Para comandar as sentinelas de neve nas muralhas, os escudeiros haviam erigido uma dúzia de senhores de neve. Um claramente pretendia ser Lorde Manderly; era o homem de neve mais gordo que Theon já vira. O senhor de um braço só podia ser Harwood Stout, a boneca de neve, Barbrey Dustin. E um que estava mais perto da porta com a barba feita de pingentes de gelo devia ser o velho Terror-das-Rameiras Umber.
(ADWD, O vira-casaca)
Que escolha interessante de bonecos de neve para citar e assim chamar à atenção. No mesmo capítulo, especula-se que Manderly, Terror-das-Rameiras, Stout e a Senhora Dustin formam uma espécie de corrente humana para transmitir informações sobre os Starks (a sobrevivência de Bran e Rickon, com certeza) com o fim derradeiro de trazer a Senhora Dustin e os Ryswells para a secreta liga anti-Bolton.
Ainda mais intrigante é o fato de que isso também pode ser lido como um jogo de palavras que sugerem o apoio norte de Jon. Assim como Wylla Manderly proclama sua lealdade aos Starks durante a audiência de seu avô com Davos, dizendo que os Manderlys juravam ser sempre “homens Stark”, se Lord Wyman e seus co-conspiradores decidissem apoiar o decreto de Robb de nomear Jon seu herdeiro, eles seriam "homens de neve" [Snow men].
Outro conjunto de pistas em potencial está na escolha de músicas de Manderly durante a festa do casamento (ADWD, O príncipe de Winterfell). Por que Manderly quer que Abel contemple os Freys com uma música sobre o Rato Cozinheiro já foi discutido, mas qual das outras duas músicas ele pede pelo nome? Os tristes contos de Danny Flint e "A Noite que Terminou".
Fortenoite surgia em algumas das histórias mais assustadoras da Velha Ama. Tinha sido ali que o Rei da Noite reinou, antes de seu nome ter sido varrido da memória dos homens. Foi ali que o Cozinheiro Ratazana serviu ao rei ândalo seu empadão de príncipe e bacon, que as setenta e nove sentinelas mantiveram-se de vigia, que o bravo jovem Danny Flint foi violado e assassinado.
(ASOS, Bran IV)
---------------------------------------
[Jon:] Mance alguma vez cantou Bravo Danny Flint?
[Tormund:] Não que eu me lembre. Quem era ele?
– Uma garota que se vestiu de menino para tomar o negro. Sua canção é triste e bonita. O que aconteceu com ela não foi. – Em algumas versões da canção, seu fantasma ainda caminhava pelo Fortenoite.
(ADWD, Jon XII)
Já foi teorizado que o elemento chave da história de Danny Flint que Manderly tem em mente é a farsa por meio de uma identidade falsa. Jeyne Poole é outra garota que finge ser alguém que não é e, embora o faça sob coação, seu destino é tão terrível quanto o de Danny Flint.
Manderly pode ter desvendado a falsa Arya? Como? Na verdade, duas falsas Aryas são analisadas e julgadas não convincentes - primeiro Jeyne por Theon (ADWD, Fedor II), depois Alys Karstark por Jon (ADWD, Jon IX). Theon percebe imediatamente que os olhos de Jeyne são castanhos, não cinza. Jon também verifica o cabelo e a cor dos olhos de Alys, que combinam com os de Arya, mas percebe que ela é velha demais para ser sua irmã mais nova. O mesmo vale para Jeyne, que era a melhor amiga de Sansa e, portanto, provavelmente da mesma idade dela, alguns anos mais velha que Arya. A questão é que o estratagema dos Bolton não é perfeito, e uma pessoa familiarizada com Arya pode identificar as discrepâncias. Existe alguém assim em Winterfell além de Theon?
Os Cerwyns são bons candidatos, em minha opinião. Eles moram a apenas meio dia de viagem de Winterfell (ACOK, Bran II) e pode-se esperar que tenham visitado os Starks com frequência suficiente para observar Arya de perto. O próprio Mance Rayder é outro, tendo supostamente aparecido em Winterfell durante o festim real em A Guerra dos Tronos com o propósito declarado de espiar. Harwin, se ele é realmente o misterioso homem encapuzado que Theon encontra. Outros senhores do Norte talvez também suspeitem, pois se interessariam em Arya pelas perspectivas de seu casamento.
Por fim, “A Noite que Terminou” é aparentemente uma música que comemora a última Longa Noite e a vitória da humanidade sobre os Outros.
Muito mais tarde, depois de todos os doces terem sido servidos e empurrados para baixo com galões de vinho de verão, a comida foi levada e as mesas encostadas às paredes para abrir espaço para a dança. A música tornou-se mais animada, os tambores juntaram-se a ela, e Hother Umber apresentou um enorme corno de guerra encurvado com faixas de prata. Quando o cantor chegou à parte de A Noite que Terminou, em que a Patrulha da Noite avançava ao encontro dos Outros na Batalha da Madrugada, deu um sopro tão forte que fez todos os cães latirem.
(ACOK, Bran III)
Em conjunto, a playlist de Manderly no casamento diz àqueles inteligentes o suficiente para ouvir que ele não está se deixando enganar pelas mentiras dos Bolton, ele já derramou sangue Frey às escondidas e seu lado será o vencedor no final. Há outra singularidade em sua seleção de músicas, no entanto. Uma que sugere novamente uma conexão com Jon. Todos as três cançoes são sobre a Patrulha da Noite.
O Rato Cozinheiro era um irmão negro que se vingou, e Danny Flint queria ser um. " A Noite que Terminou " apresenta a Patrulha em glorioso triunfo sobre os Outros, salvando o reino no processo. Certamente, há outras músicas sobre garotas bonitas disfarçadas e mentirosas recebendo sua punição, ou sobre vitórias Stark sobre os ândalos, selvagens ou homens de ferro que Manderly poderia ter pedido. A menos que ele (ou GRRM!) esteja, de fato, inserindo outro ponto muito sutil com isso: que Jon Snow não tenha sido esquecido pelos vassalos leais de seu falecido pai e irmão.
E há uma terceira referência a Jon! Quais são os nomes das duas garotas que tão comovente e retumbantemente falam do amor do Norte pelos Starks? Wylla Manderly e Lyanna Mormont. Pode ser simples coincidência que uma compartilhe um nome com a ama de leite de Jon (que Ned afirmou ser sua mãe) e a outro tenha o nome da verdadeira mãe biológica de Jon (assumindo R + L = J como verdadeiro). Uma vez que estamos falando das Crônicas de Gelo e Fogo , no entanto, eu digo que provavelmente não é coincidência.
Um último potencial prenúncio tem a ver com Stannis e sua campanha para ganhar o Norte.
Stannis estendeu uma mão, e seus dedos fecharam-se emvolta de uma das sanguessugas.
– Diga o nome – ordenou Melisandre.
A sanguessuga retorcia-se na mão do rei, tentando se prender a umde seus dedos.
– O usurpador – disse ele. – Joffrey Baratheon. – Quando atirou a sanguessuga no fogo, ela enrolou-se entre os carvões como uma folha de outono e incendiou-se.
Stannis agarrou a segunda.
– O usurpador – declarou, dessa vez mais alto. – Balon Greyjoy. – Deu-lhe um piparote ligeiro para dentro do braseiro […]
A última sanguessuga estava na mão do rei. Estudou aquela por ummomento, enquanto se contorcia entre seus dedos.
– O usurpador – disse por fim. – Robb Stark. – E atirou-a para as chamas.
(ASOS, Davos IV)
Joffrey, Balon e Robb morrem nas mãos de homens, cujos planos estão em andamento muito antes de Stannis realizar qualquer ritual, não porque sejam amaldiçoados magicamente ou porque R'hllor quer que seja assim. Para que serve Stannis queimando as sanguessugas? Em seu capítulo em A Dança dos Dragões, vimos Melisandre apostar pesado nas aparências como uma maneira de conservar sua influência, mantendo os homens admirados por sua aura de misticismo. Uma demonstração de poder, a fim de recuperar a confiança de Stannis, não seria ruim após a derrota desastrosa no Àgua Negra e, por mais risíveis que tenham sido suas interpretações sobre Azor Ahai, Melisandre consegue prever eventos de importância política em suas chamas, às vezes com detalhes e precisão impressionantes.
[Jon:] Outros senhores se declararam por Bolton também?
A sacerdotisa vermelha deslizou para mais perto do rei.
– Vi uma cidade com muralhas de madeira, ruas de madeira, cheia de homens. Estandartes se agitavam sobre suas muralhas: um alce, um machado de batalha, três pinheiros, machados de cabos longos cruzados sob uma coroa, uma cabeça de cavalo com olhos flamejantes.
– Hornwood, Cerwy n, Tallhart, Ryswell e Dustin – informou Sor Clayton Suggs. – Traidores, todos. Cãezinhos de estimação dos Lannister.
(ADWD, Jon IV)
Melisandre vê nas chamas que Joffrey, Balon e Robb não demorarão muito no mundo dos vivos e orquestra uma pequena farsa para Stannis; portanto, quando a notícia de suas mortes chegar até ele, sua crença nela e em suas habilidades será reforçada. Como tudo isso é relevante para a Grande Conspiração Nortenha? Lorde Bolton é chamado por alguns de Senhor Sanguessuga pelas sanguessugas que frequentemente usa para tratamentos de saúde.
[Roose:] Tem medo de sanguessugas, filha?
[Arya:] São só sanguessugas. Senhor.
– Meu escudeiro poderia aprender alguma coisa com você, ao que parece. Sangramentos frequentes são o segredo de uma vida longa. Um homem tem de se purgar do sangue ruim.
(ACOK, Arya IX)
------------------------------
O quarto do senhor estava cheio de gente quando [Arya] entrou. Qyburn encontrava-se presente, bem como o severo Walton com seu camisão e grevas, além de uma dúzia de Frey, todos eles irmãos, meios-irmãos e primos. Roose Bolton estava na cama, nu. Sanguessugas aderiam à parte de dentro de seus braços e pernas e espalhavam-se por seu peito pálido, longas coisas translúcidas que se tornavam de um cor-de-rosa cintilante quando se alimentavam. Bolton não prestava mais atenção nelas do que em Arya.
(ACOK, Arya X)
-----------------------------
– O que você quer agora? – Gendry perguntou numa voz baixa e zangada.
[Arya:] Uma espada.
– O Polegar Preto mantém todas as lâminas trancadas, já lhe disse mais de cem vezes. É para o Senhor Sanguessuga?
(ACOK, Arya X)
------------------------------
Os olhos de Harwin desceramdo rosto de Arya para o homem esfolado que trazia no gibão.
– Como é que me conhece? – disse, franzindo a testa, desconfiado. – O homem esfolado... quem é você, algum criado do Lorde Sanguessuga?
(Arya II, ASOS)
Qyburn, Jaime e a Senhora Dustin também observam a associação de Roose com sanguessugas (ASOS, Jaime IV / ADWD, O Príncipe de Winterfell). Figurativamente falando, Stannis está novamente queimando sanguessugas para se exibir em sua guerra contra os Boltons, esperando convencer os nortenhos a apoiarem sua tentativa pelo Trono de Ferro. Mas, assim como o teatro de Melisandre não resulta em nada além de aprofundar a confiança de Stannis nela, os experimentos de Stannis em A Dança dos Dragões podem ser inúteis caso outro Stark seja proclamado rei no norte. E há uma dica de que isso acontecerá.
A voz de Melisandre era suave. – Lamento, Vossa Graça. Isso não é um fim. Mais falsos reis irão se erguer em breve para tomar a coroa daqueles que morreram.
– Mais? – Stannis parecia comvontade de esganá-la. – Mais usurpadores? Mais traidores?
– Vi nas chamas.
(ASOS, Davos V)
Em A Dança dos Dragões, mais reis falsos parecem ter substituído os que morreram, como profetiza Melisandre. Tommen assume a coroa de Joffrey e Euron a de Balon. E a coroa de Robb? Quem é o novo rei do norte?
Roose pode ter algumas ambições por lá (ADWD, O Príncipe de Winterfell), mas ele ainda não desafiou o Trono de Ferro ou os Lannisters, que o nomearam Protetor do Norte. De qualquer forma, é improvável que ele pudesse ganhar o apoio dos nortenhos, que prefeririam que um Stark os governasse. Pessoalmente, acho que a opção mais dramática para o próximo usurpador e traidor é Jon, que ganhou o respeito relutante de Stannis por um conselho honesto e pode continuar tendo discussões tensas (leia-se: divertidas!) com ele, de uma maneira que Rickon, de cinco anos de idade, bem, realmente não conseguiria.

Um tempo para lobos

Uma objeção comum à Grande Conspiração Nortenha é que, por mais persuasivo que seja, é otimista demais acreditar que GRRM permitirá que os Starks e seus aliados triunfem. Afinal, ele ganhou reputação por subverter clichês de fantasia de bem vs. Mal, e por matar ou mutilar personagens amados enquanto saboreia as lágrimas amargas de seus leitores.
GRRM é realmente tão pouco convencional? A morte de Ned Stark em A Guerra dos Tronos é frequentemente citada como o momento em que a ASOIAF rompe com as tradições de gênero, transcendendo a tendência juvenil da fantasia por finais de contos de fadas cortando a cabeça do protagonista. No entanto , eu argumentaria que não apenas os críticos da fantasia são os culpados por estereotipar e simplificar outros trabalhos como Senhor dos Anéis a ponto de não fazer sentido, em uma demonstração de memória seletiva. A própria estrutura narrativa da ASOIAF disfarça o fato de que Ned nunca foi o herói da história de GRRM, para começo de conversa.
Ned é uma figura paterna, um mentor protetor e guia do tipo que quase sempre morre, às vezes antes de o primeiro ato de uma fantasia épica terminar (vide Obi-wan Kenobi). As crianças Stark nunca se desenvolveriam de verdade por si mesmas, a menos que o “porto seguro” Ned fosse removido, assim como Harry Potter não pôde depender de Dumbledore em seu confronto final com Voldemort. Dadas as habilidades de vidente verde de Bran, Ned pode até aparecer do além-túmulo para transmitir sabedoria ou divulgar segredos como fizeram Obi-wan e Dumbledore. Tudo isso é bastante convencional. GRRM é simplesmente um mestre da desorientação, e sua manipulação é evidente em muitas das grandes reviravoltas de ASOIAF.
Robb? Nunca teve um ponto de vista. Contos da carochinha sobre reinos perdidos por coisas pequenas são tão comuns quanto as sagas de reis guerreiros heróicos vitoriosos em conquista. As lendas arturianas, por exemplo, contam sobre a fundação da utópica Camelot e a morte de Arthur nas mãos de seu filho bastardo com sua meia-irmã, e sua rainha fugindo com um de seus cavaleiros.
GRRM explora inteligentemente o desejo do leitor de ver Ned vingado. Os Starks se reúnem para distrair os leitores para o prenúncio da morte de Robb no sonho de Theon (com um banquete de mortos em Winterfell) e as visões de Dany na Casa dos Imortais, ambos em A Fúria dos Reis.
Portanto, se a previsibilidade no desdobramento de um enredo não serve como teste para teoria dos fãs, em quais critérios os leitores da ASOIAF podem confiar? Penso que a questão-chave que deve ser colocada em qualquer especulação é: "como isso faz a história avançar?"
A Guerra dos Cinco Reis está marcada pelas mortes de Ned e Robb, a primeira instigando o conflito e a segunda efetivamente encerrando-o – ou pelo menos limpando a lousa para a próxima rodada. Por outro lado, em minha opinião, é narrativamente fraca a ideia de que Jon Snow está permanentemente morto e que seu assassinato levará à queda da Muralha, pensando-se que o atentado sozinho seja capaz de trazer caos a Castelo Negro, pois assim também perderemos Jon como personagem pelo resto da série, tornando inúteis todas aquelas páginas gastas em fazer dele indivíduo e não um simples instrumento do enredo.
Voltando finalmente à Grande Conspiração Nortenha, o que vejo como um dos principais problemas de GRRM em Os Ventos do Inverno é que, depois de cinco livros e quase duas décadas, os Outros ainda não causaram muito impacto. O apocalipse dos zumbis de gelo prometido no prólogo de A Guerra dos Tronos é bom acontecer em breve ou GRRM pode ser justamente acusado de deixar sua história inchar até ficar anticlimática.
Além disso, quando os Outros invadirem inevitavelmente Westeros, eles devem fazê-lo com poder devastador, a fim de estabelecer sua credibilidade como uma ameaça ao reino. No entanto, como pode o Norte, nas condições em que se encontra em A Dança dos Dragões – já devastado pela guerra e pelo inverno, dividido pela política e pelos conflitos de sangue, além de amplamente ignorante do perigo para-lá-da-Muralha –, suportaria realisticamente esse ataque? E as casas do norte, assim como os homens, devem sobreviver em número significativo.
Caso contrário, a tarefa de vencer a Batalha da Alvorada recairá inteiramente sobre Dany, seus dragões, quaisquer forças que a acompanhem de Essos e quaisquer senhores do sul que possam ser convencidos a prestar atenção nela. Acho essa uma perspectiva bastante desagradável, sem mencionar tematicamente inconsistente com o título da série, em que apenas os seres inumano feitos de gelo desempenham papéis principais.
Se for verdade, a Grande Conspiração Nortenha tem o benefício de rapidamente unificar o Norte novamente sob o comando dos Starks, que provavelmente serão liderados por Jon como o mais velho e com mais experiência militar aparente. Isso não recupera magicamente as baixas sofridas pelo Norte durante a guerra, nem produz colheitas para alimentar seu povo faminto e com frio (a menos que Sansa conquiste o Vale), mas garante que as Casas do norte viverão para, em minha opinião, participar do objetivo final de ASOIAF.
As bases para um ressurgimento Stark foram lançadas durante Festim e Dança. Os senhores do rio derrotados estão descontentes e os nortenhos mantêm fé nos Stark. Os Frey são párias para inimigos e aliados, enquanto os Lannisters estão em declínio ignominioso; O legado de Tywin compara-se pejorativamente ao de Ned, apesar da conveniência política do primeiro ser elogiada em detrimento do idealismo rígido do último. Parece que a honra muitas vezes ridicularizada de Ned alcançou uma vitória póstuma, o amor misturado com um respeito saudável provando ser uma influência muito mais duradoura sobre as pessoas do que um reino garantido pelo medo e pela força, que não apenas morre com você, mas também transforma seus filhos em herdeiros inadequados .
Além disso, a mera existência de um complô para coroar Jon não significa que ele será rei no norte. Por acaso, acho que o maior problema nos planos que especula-se que os nortenhos têm é que, após a devida consideração, Jon recusará categoricamente a legitimação e os títulos oferecidos. Considerando que ele seja filho de Lyanna e Rhaegar e que isso o põe como o herdeiro Targaryen do trono de ferro antes mesmo de Dany, seria bastante estranho Jon ser formalmente reconhecido como o rei Stark do norte separatista; Um imperativo dramático exige que Jon seja livre para aceitar o governo de todos os Westeros, quer ele o faça ou não. Jon ouvir a intenção de Robb de reconhecê-lo um verdadeiro filho de seu pai é suficiente para completar o arco de personagens discutido na Parte 1, e os Starks sobreviventes se aliariam a Jon, independentemente de como ele fosse estilizado, por ainda serem um alcatéia.
Não há necessidade de provar o vínculo de afeto de Jon e Arya. Ao resolver a disputa pelas terras de Hornwood, Bran prefere nomear herdeiro bastardo de Lorde Hornwood tendo Jon em mente (ACOK, Bran II). Enquanto isso, Sansa ficou completamente desiludida com o futuro como rainha e quer apenas ir para casa em Winterfell, a salvo de homens que desejam seu dote. É irônico, então, que Jon é um cavaleiro direto das canções outrora queridas de Sansa, pois é um príncipe oculto, cavalheiresco e verdadeiro, seu papel confirmado pela execução que fez de Janos Slynt. Não importa as maldades infantis que Sansa fez a Jon para agradar sua mãe e decorrentes de um senso de adequação, ela pensa com carinho nele agora e entende melhor como ser um bastardo o afeta.
Lorde Slynt, o da cara de sapo, sentava-se ao fundo da mesa do conselho, usando um gibão de veludo negro e uma reluzente capa de pano de ouro, acenando com aprovação cada vez que o rei pronunciava uma sentença. Sansa fitou duramente aquele rosto feio, lembrando-se de como o homem atirara o pai ao chão para que Sor Ilyn o decapitasse, desejando poder feri-lo, desejando que algum herói lhe atirasse ao chão e lhe cortasse a cabeça. Mas uma voz em seu interior sussurrou: Não há heróis.
(AGOT, Sansa VI)
-------------------------
[Sansa] havia séculos que não pensava em Jon. Era apenas seu meio-irmão, mesmo assim... Com Robb, Bran e Rickon mortos, Jon Snow era o único irmão que lhe restava. Agora também sou bastarda, como ele. Oh, seria tão bom voltar a vê-lo. Mas estava claro que isso nunca poderia acontecer. Alayne Stone não tinha irmãos, ilegítimos ou não.
(AFFC, Alayne II)
E Rickon?
A procissão passara a não mais de um pé do local que lhe fora atribuído no banco, e Jon lançara um intenso e demorado olhar para todos eles. O senhor seu pai viera à frente, acompanhando a rainha. [...]Em seguida, veio o próprio Rei Robert, trazendo a Senhora Stark pelo braço. [...] Depois vieram os filhos. Primeiro o pequeno Rickon, dominando a longa caminhada com toda a dignidade que um garotinho de três anos é capaz de reunir. Jon teve de incentivá-lo a seguir, quando Rickon parou ao seu lado.
(AGOT, Jon I)
-----------------------------
Bran bebeu da taça do pai outro gole do vinho com mel e especiarias, [...] e se lembrou da última vez que tinha visto o senhor seu pai beber daquela taça.
Havia sido na noite do banquete de boas-vindas, quando o Rei Robert trouxera a corte a Winterfell. Então, ainda reinava o verão. Seus pais tinham dividido o estrado com Robert e sua rainha, com os irmãos dela a seu lado. Tio Benjen também estivera lá, todo vestido de preto. Bran e os irmãos e irmãs tinham se sentado com os filhos do rei, Joffrey, Tommen e a Princesa Myrcella, que passou a refeição inteira olhando Robb com olhos de adoração. Arya fazia caretas do outro lado da mesa quando ninguém estava olhando; Sansa escutava, em êxtase, as canções de cavalaria que o grande harpista do rei cantava, e Rickon não parava de perguntar por que motivo Jon não estava com eles.
– Porque é um bastardo – Bran teve de segredar-lhe por fim.
(ACOK, Bran III)
Jon tem duas vantagens adicionais sobre qualquer pessoa de fora para conseguir que Rickon o obedeça: 1) Fantasma, que pode subjugar Cão Felpudo. 2) Sua semelhança com Ned, de quem Rickon provavelmente se lembra como seu pai de tempos mais felizes. Assim como a semelhança de Sansa com Catelyn leva Mindinho a uma falsa sensação de segurança, a aparência de Jon pode reforçar sua posição como uma figura de autoridade para Rickon.
Em resumo, sinto que há boas chances de que o primeiro ato do rei Bran ou Rickon, da rainha Sansa ou de Arya seja nomear Jon seu conselheiro, confiável acima de todos os outros, e dê a ele o comando estratégico de seus exércitos, ou se não legitimá-lo como um Stark conforme os últimos desejos de Robb. E, francamente, a noção de que Stannis, Mindinho ou Manderly possamem convencer os Starks a uma disputa de sucessão mesquinha quando Jon é claramente o mais qualificado para liderar o Norte em uma segunda Longa Noite me parece implausível, contradizendo a caracterização estabelecida e a dinâmica familiar.
O que me leva à outra objeção comum a todas as variações de Jon como rei. Jon é honrado demais para quebrar seus votos, certo? Também usurpar os lugares de direito de seus irmãos enquanto eles estão vivos!
Lembremos a lição que Qhorin Meia-mão ensina a Jon: "Nossa honra não significa mais que nossas vidas, desde que o reino esteja seguro". (ACOK, Jon VII) No final de Dança dos Dragões, Jon resolveu fazer o que considerava certo e condenar o que as pessoas dizem sobre ele.
– Tem minha palavra, Lorde Snow. Retornarei com Tormund ou sem ele. – Val olhou o céu. A lua estava meio cheia. – Procure por mim no primeiro dia da lua cheia.
– Procurarei. – Não falhe comigo, pensou, ou Stannis terá minha cabeça. “Tenho sua palavra de que manterá nossa princesa por perto?”, o rei dissera, e Jon prometera que sim. Mas Val não é nenhuma princesa. Disse isso a ele meia centena de vezes. Era uma desculpa fraca, um triste farrapo enrolado em sua palavra quebrada. Seu pai nunca teria aprovado aquilo. Sou a espada que guarda os reinos dos homens, Jon recordou-se, no fim, isso deve valer mais do que a honra de um homem.
(Jon VIII, ADWD)
Apesar de sua aparência essencialmente Stark, Jon não é um clone de Ned, o qual, de todo modo, confessou uma traição que não cometeu, a fim de poupar a vida de Sansa e quase completsmente só sustenta a maior mentira da série em nome de Jon (supondo que R+L=J), por muitos anos antes disso. O entendimento de Jon sobre obrigações, juradas ou não, sempre foi flexível, porque sua própria existência é a prova de que o mais honroso dos homens pode falhar em seu dever. Se Ned, seu modelo de comportamento, não pode cumprir seus votos de casamento, como Jon pode esperar ser melhor, já que é um bastardo?
Depois de seu período com Meia-mão e Ygritte, a tarefa sísifa original de Jon, de alcançar padrões de honra impossivelmente altos, transformou-se em uma dedicação firme ao mais alto mandamento da Patrulha da Noite – ou seja, defender o reino contra os Outros. Existem inegáveis complicações emocionais por parte de Jon ao lidar com o Norte, já que ele não pode reprimir totalmente suas preocupações com a família e o lar, mas assumir o comando de nortenhos que não querem dobrar os joelhos para Stannis garantirá que o Muralha receba reforços e suprimentos necessários. Jon consideraria sua honra pessoal mais importante do que isso? Eu duvido.
Isso tudo, é claro, pressupõe que a Patrulha da Noite continue a existir de alguma forma após o fiasco do assassinato de Bowen Marsh, o que de maneira alguma é certo que ocorrerá.
Que a última cena de Jon em Dança dos Dragões faz paralelo com a morte de Júlio César é uma ideia amplamente aceita. Agora, considere que os senadores que mataram César, em vez de salvar a república romana de um tirano, precipitaram sua queda, descobrindo, para seu choque, que o povo não estava particularmente agradecido pelo assassinato de um líder popular, embora cometido em seu nome.
Guerras civis se seguiram, um império surgindo das ruínas. Ainda não se sabe se Jon é Otaviano / Augusto nesta reconstituição na fantasia. Ele tem à sua disposição um exército pessoal – depois de inconscientemente se tornar rei dos selvagens na ausência de Mance Rayder –e um contrato com o Banco de Ferro (ao que tudo indica).
Concluindo, passo a proibir que discussões posteriores a esta teoria de argumentem que uma conspiração para coroar Jon Rei do Norte esteja fora do mão para os (hipotéticos) conspiradores e os pretendentes Stark para Winterfell ou para GRRM, devido a sua aversão crônica a clichês. Ambas as afirmações foram usadas para descartar a teoria sem abordar as evidências que sustentariam a falta de substância, especialmente tendo em vista a maleabilidade de personagens e tropes nas mãos de um bom escritor (o que eu acredito que a maioria dos fãs da ASOIAF confia que o GRRM seja). Todo mundo deseja a ele boa sorte com Os Ventos do Inverno!
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2020.04.05 01:38 sublingualwart [For Sale][PayPal] A bunch of great and rare Brazilian Music Records (70s Psychedelic, 60s, Metal and more!)

artist title label catno format DISCOGS release_id status price media_condition sleeve_condition
Heitor Dos Prazeres Heitor Dos Prazeres E Sua Gente Todamérica LPP-TA-21 10", Album, Mono 9167512 For Sale 300.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Mv Bill Declaração De Guerra Porte Ilegal none 12", Blu 6356075 For Sale 150.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Sepultura Bestial Devastation Cogumelo Records 95.338-1 12", RE 5659218 For Sale 68.82 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Pink Floyd Delicate Sound Of Thunder Columbia, Columbia 77086 / 4-463161, 77087 / 4-463161 2xCass 13334898 For Sale 35.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Milton Nascimento & Lo Borges Clube Da Esquina Odeon, Odeon, Odeon 31C 264 422901/2, 31C 264 422901, 31C 264 422902 2xCass, Album 10078673 For Sale 150.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Pink Floyd The Wall Columbia, Columbia 16726, 16727 2xCass, Album, RE 13334912 For Sale 50.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Elomar Auto Da Catingueira Rio Do Gavião none 2xLP, Album 10346609 For Sale 300.0 Mint (M) Mint (M)
Hermeto Pascoal Ao Vivo Montreux Jazz Atlantic, Atlantic BR 20.052/053, Br 20.052/053 2xLP, Album 4276247 For Sale 57.3 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Lula Côrtes E Zé Ramalho Paêbirú Solar (9) LP 100.001 2xLP, Album 12090817 For Sale 1400.0 Fair (F) Very Good Plus (VG+)
Milton Nascimento & Lo Borges Clube Da Esquina Odeon, Odeon, Odeon MOAB 6005/6, SMOAB 6005, SMOAB 6006 2xLP, Album, Gat 2643883 For Sale 200.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Joy Division Die Kalten Winde Des Winters Digital Music Digital-01 2xLP, Ltd, Unofficial, Red 4745999 For Sale 800.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Azymuth Azimüth Polydor 2249 037 7" 2843709 For Sale 300.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Dom Salvador e Aboliçao Uma Vida / Folia De Reis CBS 33761 7" 4652974 For Sale 100.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Grupo Karetas Grupo Karetas Memória MCS-83.500 7" 7112866 For Sale 7.0 Good Plus (G+) Very Good (VG)
Toni Tornado Black Brasil EMI-Odeon, S.A. 31.117 7" 6652884 For Sale 115.0 Near Mint (NM or M-) Good (G)
Caetano Veloso E Os Mutantes Ao Vivo Philips 441.429 PT 7" 3671482 For Sale 628.94 Very Good (VG) Very Good (VG)
Marcos Valle Bicicleta Som Livre 401.617 7" 2815689 For Sale 67.57 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Joyce Joyce Odeon 7BD-1243 7", EP 3447284 For Sale 600.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Os Mutantes A Divina Comédia Ou Ando Meio Desligado Polydor DCPN 555.023 7", EP 6446570 For Sale 200.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Banda Black Rio Na Baixa do Sapateiro / Mr. Funky Samba Atlantic 10.035 7", Single 3018931 For Sale 112.44 Near Mint (NM or M-) Not Graded
Stryper To Hell With The Devil Victoria, Enigma Records (3) VIC-302, A-10.1145 7", Single 9444957 For Sale 20.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Flor De Cactus Festejo Matita Discos ZF-002 7", Single 9249546 For Sale 250.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Jorge Ben Descalço No Parque / Gabriela Philips 365.043 PB 7", Single 3995401 For Sale 99.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Kraftwerk Spacelab Capitol Records 31C 006 85702 7", Single 2993528 For Sale 25.0 Very Good (VG) Very Good (VG)
Sonia Santos Sacumé / Boeing 700 E Quanto Tapecar TC-304 7", Single 9950069 For Sale 222.0 Near Mint (NM or M-) Generic
Serguei De Sol A Sol Popsteel CS-004 7", Single 10606242 For Sale 390.0 Very Good Plus (VG+) Generic
Toni Tornado Eu Disse Amém / Juizo Final Odeon 7B-510 7", Single, Mono 7897449 For Sale 160.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Nirvana In Utero BMG, Geffen Records 717.8086, GEFC-24536 Cass, Album 6660328 For Sale 40.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Os Mutantes Mutantes e Seus Cometas no País do Baurets Polyfar 9 Cass, Album 13609773 For Sale 120.0 Very Good Plus (VG+) Fair (F)
Tim Maia Tim Maia Polydor 44.053 Cass, Album 8119731 For Sale 129.0 Near Mint (NM or M-) Good (G)
Yes Fragile Atlantic 2401 019 Cass, Album 11297271 For Sale 45.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Pink Floyd Soundtrack From The Film "More" Harvest 31C 264 04096 Cass, Album 12618739 For Sale 40.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
BaianaSystem Duas Cidades Polysom 33359-4 Cass, Album, RE 12390604 For Sale 25.0 Mint (M) Mint (M)
The Beatles Magical Mystery Tour Odeon 31C 064 04449 Cass, Album, RE 8941667 For Sale 60.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
The Beatles Magical Mystery Tour Odeon 31C 064 04449 Cass, Album, RE 8941667 For Sale 99.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Black Sabbath Paranoid Vertigo 7138 011 Cass, Album, RE 13631077 For Sale 99.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Iron Maiden Iron Maiden EMI 31C 264 07269 Cass, Album, RE 7618615 For Sale 50.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Metallica Kill 'Em All Vertigo 838142-4 Cass, Album, RE 9144541 For Sale 90.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Pink Floyd Animals CBS, CBS 21.116, 4-467257 Cass, Album, RE 9835901 For Sale 40.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Metallica Master Of Puppets Vertigo 838141-4 Cass, Album, RP 9680694 For Sale 90.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Iron Maiden Infinite Dreams (Live) EMI TCEM 117 Cass, Single 3699649 For Sale 99.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Rodrigo Campos (2) Bahia Fantástica Núcleo Contemporâneo none CD 4828204 For Sale 50.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Automat Automat Barclay 141.5.341 CD, Album, RE 281432 For Sale 177.0 Near Mint (NM or M-) Mint (M)
O Têrço O Têrço Discobertas DB-059 CD, Album, RE 5535887 For Sale 25.0 Mint (M) Mint (M)
As Cangaceiras As Cangaceiras Itamaraty 1970 LP 5395004 For Sale 150.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Batista Júnior Alma Negra Phoenix (20) P/88-1464 LP 10714841 For Sale 83.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Bené Fonteles Benedito Not On Label BF 0001 LP 6894091 For Sale 250.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Carlos Lacerda Piano De Informal (E Bossa) JS Discos 9.003 LP 5438196 For Sale 499.0 Near Mint (NM or M-) Very Good (VG)
Damião Experiença Adeusadolfhitler1945fim Planeta Lamma UOC SOM 088 LP 8239253 For Sale 400.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Flaviola E O Bando Do Sol Flaviola E O Bando Do Sol Solar (9) LP - 100.002 LP 3520432 For Sale 500.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Hugo Filho Paraibô HP LP-HP-0001 LP 4511230 For Sale 400.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Krisiun / Violent Hate Curse Of The Evil One / In Between The Truth Dynamo Brazilie DYN005 LP 2242160 For Sale 380.0 Mint (M) Mint (M)
Hugo Filho Paraibô HP LP-HP-0001 LP 4511230 For Sale 550.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Impacto Cinco Lágrimas Azuis CBS 137882 LP 3302418 For Sale 250.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Led Zeppelin Houses of The Holy Atlantic, Teal Discos, LDA. ATC 9455, N/A LP 13722519 For Sale 400.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Lenine & Lula Queiroga Baque Solto Philips 814 000-1 8 LP 5862825 For Sale 100.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Major Holley, Casé, Jimmy Campbell, Moacyr Peixoto The Good Neighbors Jazz Columbia LPCB-37037 LP 8075713 For Sale 400.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Moacir Santos Maestro Blue Note UALP-11894 LP 2804577 For Sale 200.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Raposa Velha Raposa Velha Not On Label (Raposa Velha Self-released) none LP 5879600 For Sale 300.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Uakti Uakti II Ariola 201.907 LP 2397715 For Sale 48.31 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Various Paiter Merewá: Cantam os Suruís de Rondônia Memoria Discos 803.146 LP 8431769 For Sale 99.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Zé Maria Zé Maria E Seu Piano De Prata Continental (3) LPP-3.044 LP 10529236 For Sale 400.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Tuca Tuca Philips R 765 037 L LP 3553202 For Sale 200.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Stress (45) Stress Pepsi LPA CL 001 LP, Album 5262967 For Sale 99.99 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
A Bolha Um Passo A Frente Continental (3), Continental (3) SLP-10.102, SLP 10.102 LP, Album 3968869 For Sale 190.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Automat Automat Harvest 31C 064 18323 LP, Album 443321 For Sale 27.0 Near Mint (NM or M-) Very Good (VG)
Brasa Seis Som Quente Hot (3) LPH - 5.006 LP, Album 12013365 For Sale 136.39 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Carlinhos Santos Todas As Águas Selo Do Artista MD LP 4298 LP, Album 10207569 For Sale 350.0 Mint (M) Near Mint (NM or M-)
Célia (2) Célia Continental (3) PPL-12.464 LP, Album 2822927 For Sale 371.25 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Clara Nunes Esperança Odeon 31C 062 421168 LP, Album 3188791 For Sale 5.0 Very Good (VG) Very Good (VG)
Conjunto Folclórico Paramaú Carimbó Musicolor (3) 1-04-405-112 LP, Album 6113179 For Sale 76.42 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Damião Experiença Cemitério Nazismo Planeta Lamma CCCP. 102 LP, Album 7585767 For Sale 300.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Damião Experiença Chupando Cana Verde No Planeta Lamma / Cheirando Alho No Planeta Lamma Planeta Lamma PLDE1999 LP, Album 9464804 For Sale 200.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Damião Experiença Planeta Guerra 1914 Planeta Lamma SSRU 097 LP, Album 10669692 For Sale 300.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Egberto Gismonti Egberto Gismonti Odeon 31C 064 422940 LP, Album 4282272 For Sale 30.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Egberto Gismonti & Academia De Danças Feixe De Luz "Todo Começo É Involuntário" EMI 066 790495 1 LP, Album 2143944 For Sale 39.33 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Elis Regina Elis Especial Philips, Philips R 765.056 L, 842.858 PY LP, Album 11041694 For Sale 67.21 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Eumir Deodato Os Catedráticos 73 Equipe 100.001-LP LP, Album 1812658 For Sale 85.96 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Francisco Mário Retratos Libertas LPTA 007 LP, Album 4790887 For Sale 50.89 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Fredera Aurora Vermelha Som Da Gente SDG 006/81 LP, Album 7486194 For Sale 25.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
The Gentlemen (3) The Gentlemen Rozenblit LP 2001 LP, Album 6739937 For Sale 80.0 Poor (P) Good Plus (G+)
George Sauma Jr. George Sauma Jr. Not On Label 992 317 LP, Album 9690235 For Sale 250.0 Very Good Plus (VG+) Good Plus (G+)
Gisa Nogueira Gisa Nogueira EMI, Odeon 31C 062 421144 LP, Album 7279204 For Sale 10.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Gisa Nogueira Gisa Nogueira EMI, Odeon 31C 062 421144 LP, Album 7279204 For Sale 9.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Goblin Prelúdio Para Matar (Profondo Rosso) - Trilha Sonora Original Do Filme RCA Victor 204.4401 LP, Album 7215572 For Sale 55.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Guilherme Arantes Guilherme Arantes Som Livre 403.6094 LP, Album 3976139 For Sale 16.0 Very Good Plus (VG+) Good Plus (G+)
Hermeto Pascoal E Grupo Lagoa Da Canoa Município De Arapiraca Som Da Gente SDG-021/84 LP, Album 2756053 For Sale 33.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Maria Bethânia Oásis De Bethânia Biscoito Fino BF 183-7 LP, Album 3944373 For Sale 350.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Mundo Livre SA Samba Esquema Noise Banguela Records M997226-1 LP, Album 10554867 For Sale 560.0 Mint (M) Mint (M)
November (3) 6:e November Sonet SLP-2530 LP, Album 2728675 For Sale 760.0 Mint (M) Near Mint (NM or M-)
Os Tatuis Os Tatuís Farroupilha LPFA-410 LP, Album 11188907 For Sale 900.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Rodrigo Campos (2) Bahia Fantastica Núcleo Contemporâneo 7898226121431 LP, Album 6915543 For Sale 227.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Stan Getz, João Gilberto Getz / Gilberto Odeon, Odeon SMOFB 291, MOFB 291 LP, Album 8019352 For Sale 120.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Tim Maia Disco Club Atlantic BR 30.068 LP, Album 173278 For Sale 99.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Balanço Trio Casa De Bamba Imperial (4) IMP 30 158 LP, Album 3976222 For Sale 180.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Banda De Pau E Corda Assim...Amém RCA 103.0175 LP, Album 7162305 For Sale 40.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Cassiano Cuban Soul - 18 Kilates Polydor 2451 090 LP, Album 2535697 For Sale 233.0 Near Mint (NM or M-) Mint (M)
Fafá de Belém Tamba-Tajá Polydor 2451 073 LP, Album 757447 For Sale 15.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
João Gilberto Amoroso Warner Bros. Records 36.022 LP, Album 2455053 For Sale 44.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
John Williams (4) Jurassic Park - Music From The Original Motion Picture Soundtrack MCA Records 170.8082 LP, Album 3763325 For Sale 300.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Jovelina Pérola Negra Jovelina Pérola Negra RGE 308.6107 LP, Album 2698660 For Sale 15.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Joyce Encontro Marcado Philips R.765.099L LP, Album 4582302 For Sale 1000.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Joyce Línguas & Amores Verve Records 849 346-1 LP, Album 5677966 For Sale 30.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Luigi Irlandini Azul E Areia Carmo LPC 011 LP, Album 11076955 For Sale 90.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
The Mandrake Memorial Puzzle Poppy, Poppy, Poppy PYS 11003 LP, Album 7337775 For Sale 73.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Marcos Valle Vento Sul Odeon SMOFB-3725 LP, Album 1350512 For Sale 231.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Mariana Ingold Cambio De Clima Orfeo 90978-1 LP, Album 9120434 For Sale 200.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Marina Lima O Chamado EMI, EMI 070 828303 1, 828303 1 LP, Album 3005076 For Sale 10.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Miguel de Deus Black Soul Brothers Underground (9) COLP 12142 LP, Album 1500939 For Sale 300.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Milton Nascimento Sentinela Ariola 201 610 LP, Album 1439182 For Sale 11.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Naná Vasconcelos Amazonas Philips 6349.079 LP, Album 3336888 For Sale 200.0 Mint (M) Mint (M)
Natan Marques And Ricardo Leao Dois Som Da Gente SDG-043/89 LP, Album 6610910 For Sale 30.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Neyde Fraga Mais Balanço Com Neyde Fraga Continental (3) PPL-12.199 LP, Album 4306150 For Sale 120.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
O Têrço O Terço Eleven ELC 25122 LP, Album 8368191 For Sale 450.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Orquestra Tropical Big Parada Forma (2) VDL 115 LP, Album 10104751 For Sale 300.0 Near Mint (NM or M-) Very Good (VG)
Quarteto Maravilha Doido Pirado Chantecler CMGS-9078 LP, Album 7962951 For Sale 247.5 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Raphael Rabello Rafael Rabello Visom LPVO 018 LP, Album 6311577 For Sale 38.17 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Renato Borghetti Renato Borghetti RCA Victor 103.0705 LP, Album 7320330 For Sale 25.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Sebastião Tapajós Violão & Amigos RCA Victor 104.7084 LP, Album 7412806 For Sale 34.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Sebastião Tapajós & João Cortez Brasilidade Visom LPVO-029 LP, Album 4420311 For Sale 25.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Semool Essais Futura Records (2) SON 02 LP, Album 2150652 For Sale 444.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Sérgio Sampaio Sinceramente Gravina sms 01 LP, Album 5570856 For Sale 200.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Som Três Som/3 Som Maior SMSD-5518 LP, Album 566913 For Sale 220.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Stan Getz, João Gilberto Getz / Gilberto Odeon, Odeon SMOFB 291, MOFB 291 LP, Album 13642247 For Sale 121.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Tim Maia Racional Vol. 2 Seroma 0004 LP, Album 170028 For Sale 750.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Tim Maia Somos America Gel Continental 1.35.404.034 LP, Album 2455469 For Sale 2.0 Good Plus (G+) Good (G)
Tim Maia Tim Maia Polydor LPNG 44.053 LP, Album 1207952 For Sale 75.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Toni Tornado B. R. 3 Odeon SMOFB 3673 LP, Album 7400875 For Sale 300.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Uakti Tudo E Todas As Coisas Barclay 823 608-1 LP, Album 2958097 For Sale 53.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Via Negromonte Via Negromonte Epic 400.021 LP, Album 9236554 For Sale 43.59 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Tim Maia Nuvens Seroma LP TM 009 LP, Album 4474601 For Sale 250.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Tim Maia Racional Vol. 1 Seroma 0001 LP, Album 170032 For Sale 400.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Agathocles Theatric Symbolisation Of Life Hellion Records none LP, Album + LP, Comp 2648086 For Sale 60.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Sepultura Morbid Visions Cogumelo Produções COG002 LP, Album, Bla 1886323 For Sale 100.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Nat King Cole Cole Español - Canta Boleros Capitol Records SW-1031 LP, Album, Duo 2692304 For Sale 5.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
BaianaSystem Duas Cidades Vinyl Land VL027 LP, Album, Gat 10491202 For Sale 120.0 Mint (M) Mint (M)
Elomar, João Omar Árias Sertânicas Rio Do Gavião RGO 001 LP, Album, gat 10727816 For Sale 300.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Hermeto Pascoal Zabumbê-bum-á Warner Bros. Records BR 36.104 LP, Album, Gat 2756097 For Sale 30.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Dom Um Romao Dom Um Philips P 632.713 L LP, Album, Mono 6119399 For Sale 650.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Rogério Duprat A Banda Tropicalista Do Duprat Philips R 765.048L LP, Album, Mono 2927620 For Sale 999.0 Near Mint (NM or M-) Very Good (VG)
Luiz Henrique A Bossa Moderna De Luiz Henrique Philips P-632.195-L LP, Album, Mono 6192021 For Sale 495.05 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Marcos Valle Mustang Côr De Sangue Odeon MOFB 3588 LP, Album, Mono 1204731 For Sale 150.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Os Cobras O LP RCA Victor BBL-1290 LP, Album, Mono 5537972 For Sale 330.0 Very Good Plus (VG+) Near Mint (NM or M-)
Os Gatos Os Gatos Philips P 632.189 L LP, Album, Mono 3530966 For Sale 410.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Os Mutantes Os Mutantes Polydor LPNG 44.018 LP, Album, Mono 1365302 For Sale 350.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Os Mutantes Os Mutantes Polydor LPNG 44.018 LP, Album, Mono 1365302 For Sale 250.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Renato E Seus Blue Caps Um Embalo Com Renato E Seus Blue Caps CBS 37473 LP, Album, Mono 2858855 For Sale 29.39 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Rogério Duprat Brasil Ano 2000 (Trilha Sonora Do Filme) Forma (2) VDL 112 LP, Album, Mono 3828958 For Sale 471.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Sérgio Ricardo Dançante No. 1 Todamérica LPP-TA-332 LP, Album, Mono 9256944 For Sale 247.5 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Victor Assis Brasil Desenhos Forma (2) FM-17 LP, Album, Mono 7082438 For Sale 500.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Various Posições Odeon MOFB 3659 LP, Album, Mono 5670979 For Sale 700.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Alacrán Alacrán Epic 144.076 LP, Album, Promo 2041787 For Sale 120.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Black Sabbath Master Of Reality Nems, Young 304.1061 LP, Album, RE 3116706 For Sale 110.0 Mint (M) Mint (M)
Black Sabbath Sabbath Bloody Sabbath Young 304.7036 LP, Album, RE 2856257 For Sale 110.0 Mint (M) Mint (M)
Los Hermanos (3) 4 Polysom 33120-1 LP, Album, RE 5970944 For Sale 112.0 Mint (M) Mint (M)
Lo Borges Lô Borges Odeon, Odeon SC 10112, SC-10.112 LP, Album, RE 3900864 For Sale 157.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Metallica Ride The Lightning Sono-Rodven S.R.-210219 LP, Album, RE 3825433 For Sale 180.46 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
El Kinto Circa 1968 Clave (4), Clave (4), Lion Productions 72 35066, 72-35066, LION-LP 107 LP, Album, RE 3519514 For Sale 39.9 Mint (M) Mint (M)
Otto Certa Manhã Acordei De Sonhos Intranquilos Noize Record Club NRC004 LP, Album, RE, Tra 8332761 For Sale 200.0 Mint (M) Near Mint (NM or M-)
Itamar Assumpção Às Próprias Custas S.A. Isca none LP, Album, Red 5907194 For Sale 149.0 Mint (M) Near Mint (NM or M-)
Sarcófago I.N.R.I. Cogumelo Produções COG007 LP, Album, RP 6869074 For Sale 200.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Módulo 1000 Não Fale Com Paredes Top Tape TT-1000 LP, Album, Tri 4309515 For Sale 399.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Led Zeppelin Led Zeppelin Atlantic 588171 LP, Album, Tur 1218217 For Sale 7000.0 Very Good Plus (VG+) Good Plus (G+)
Planet Hemp Os Cães Ladram Mas A Caravana Não Pára Chaos (3) 52.300/2-490034 LP, Album, Whi 2191774 For Sale 155.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Marinho Castellar Marinho Castellar & Banda Disrritimia Novo Mundo 526404027 LP, Album, yel 4683854 For Sale 272.25 Mint (M) Mint (M)
Jamelão Minhas Andanças RGE 320.6243 LP, Comp 7188720 For Sale 30.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Various Disc-O-Atomic Seara SE-002 LP, Comp 3835530 For Sale 22.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Egberto Gismonti Cidade Coração EMI 31C 064 422929 LP, Gat 2214477 For Sale 43.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Hermeto Pascoal Slaves Mass Warner Bros. Records BS 2980 LP, Gat 424742 For Sale 300.0 Mint (M) Mint (M)
Hermeto Pascoal E Grupo Só Não Toca Quem Não Quer Som Da Gente, Som Da Gente SDG-034/87, 992 596-1 LP, Gat 2755733 For Sale 33.0 Near Mint (NM or M-) Near Mint (NM or M-)
Overdose (11) / Sepultura Século X.X. / Bestial Devastation Mutilation Productions, Mutilation Productions MPLP 0009, MUTP 205 LP, Ltd, RE, Red 11081378 For Sale 75.0 Mint (M) Mint (M)
Overdose (11) / Sepultura Século X.X. / Bestial Devastation Mutilation Productions, Mutilation Productions MPLP 0009, MUTP 205 LP, Ltd, RE, Red 11081378 For Sale 75.0 Mint (M) Mint (M)
Overdose (11) / Sepultura Século X.X. / Bestial Devastation Mutilation Productions, Mutilation Productions MPLP 0009, MUTP 205 LP, Ltd, RE, Red 11081378 For Sale 50.0 Mint (M) Mint (M)
Chico Buarque De Hollanda Chico Buarque De Hollanda Volume 2 RGE XRLP-5.314 LP, Mono 2421797 For Sale 15.0 Good Plus (G+) Very Good (VG)
The Mitchell-Ruff Duo A Viagem Forma (2) 102 VDL LP, Mono 4585117 For Sale 400.0 Very Good Plus (VG+) Very Good Plus (VG+)
Overdose (11) / Sepultura Século X.X. / Bestial Devastation Cogumelo Records 803.248 LP, Red 6169091 For Sale 150.0 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Overdose (11) / Sepultura Século X.X. / Bestial Devastation Cogumelo Records 803.248 LP, Red 6169091 For Sale 200.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Overdose (11) / Sepultura Século X.X. / Bestial Devastation Cogumelo Records 803.248 LP, RP, Bla 1668261 For Sale 133.82 Very Good Plus (VG+) Very Good (VG)
Overdose (11) / Sepultura Século X.X. / Bestial Devastation Cogumelo Records 992 432-1 LP, RP, Bla 7074250 For Sale 90.0 Near Mint (NM or M-) Very Good Plus (VG+)
Location: All itens are shipped from and only from Brazil. Shipping: Shipping prices may differ from one country to another, but mostly I can consider it going from $30 ~ $50 considering the actual way of how postal services are handling the corona crisis.
Warning: All of the prices are in dollar.
Warning: Handling time can be somewhat slow also considering the limited shippings going because of the COVID-19.
submitted by sublingualwart to VinylCollectors [link] [comments]